Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
25Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
TA-artrose,coxatrose,artroplastia da anca

TA-artrose,coxatrose,artroplastia da anca

Ratings:

4.78

(32)
|Views: 56,548|Likes:
Published by enfermagemPT

More info:

Published by: enfermagemPT on May 01, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
See More
See less

07/02/2013

 
 Artrose, Coxatrose e Artroplastia da Anca
1 A ARTROSE E AS AFECÇÕES MÚSCULOESQUELÉTICASDEGENERATIVAS OU DOENÇAS REUMÁTICAS
Segundo MOURAD (1994, p.97) as afecções sculo-esqueticas esorelacionadas com o decorrer dos anos, o envelhecimento, o efeito de desgaste causado pelo uso continuo, o “mau trato”, os traumatismos e a acção dos efeitos do desenrolar de outros tipos de fenómenos sobre os tecidos articulares e em suas imediações. Asafecções degenerativas tendem a piorar com o tempo, podendo levar à incapacidade,implicando a realização de tratamento.Os tecidos músculo-esqueléticos primários vítimas de afecções degenerativassão as múltiplas camadas de cartilagem que recobrem os extremos do osso. À medidaque a cartilagem se deteriora, afecta também de forma secundária outros tecidosarticulares. Quando estes mecanismos degenerativos são na realidade processos, e nãoentidades patológicas, denominam-se por doenças quando ocasionam sintomatologia.O progresso da Medicina permitiu modificar nos últimos anos, e sobretudo nesteséculo, a qualidade de vida, mas também a longevidade da espécie humana. Assim, aesperança de vida actual é maior duas vezes da que existia no início do século. Estaevolução na qualidade e quantidade de vida do homem resultou da capacidade de tratar com eficácia a principal causa de morte até há alguns anos: a infecção.Como resultado desta modificação, existem cada vez mais indivíduos idosos namaioria dos países da civilização ocidental e, consequentemente, cada vez mais doenças próprias desse envelhecimento populacional: doenças cardiovasculares, cancro,hipertensão, diabetes e doenças reumáticas. Entre estas, algumas são muito mediáticas por serem cada vez mais responsáveis por mortalidade, mas outras, como as doençasreumáticas, deverão ser igualmente consideradas. Na verdade, se não condicionam amorte, são responsáveis por grande sofrimento, incapacidade e consumo de recursosfinanceiros a nível individual e social. “Doenças reumáticas” é uma designaçãogenérica que abrange o conjunto das doenças que afectam o aparelho locomotor. Entreestas, a mais comum é a artrose, afectando cerca de 20 % da população (cerca de 2milhões de pessoas em Portugal). De um ponto de vista muito simplificado, as doenças
 IPG – ESEnfG 
3
 
 Artrose, Coxatrose e Artroplastia da Anca
reumáticas podem dividir-se, de acordo com o tipo de expressão clínica principal queapresentam, nos seguintes grupos:
1. Artrites
Doenças caracterizadas por uma inflamação das articulações. Têm causas muitodiversas (auto-imunes, infecção, microcristais como o ácido úrico) e são as que põemmaiores problemas pela urgência do diagnóstico correcto e pela possibilidade denalgumas destas doenças poder atingir outros órgãos do corpo além das articulações, provocando nestas últimas situações de artroses.
2. Artroses
Devem-se ao desgaste das superfícies articulares, apresentam geralmente poucos sinais de inflamação. O seu aparecimento vem na sequência do envelhecimentodo organismo.
3. Doenças da coluna vertebral
Pela elevada freqncia merecem um destaque especial. o de todosconhecidas as dores na coluna cervical (cervicalgias) ou na coluna lombar (lombalgias).Por detrás destas queixas poderão estar processos de desgaste articular (artrose) ou deartrite (inflamação) das articulações da coluna, neste último caso o diagnóstico énecessariamente urgente para a exclusão de doenças graves.
4. Tendinites
São causadas muitas vezes por esforços de sobrecarga (ex: desporto, actividade profissional), mas podem também ocorrer em associação a outras doeas, queinflamatórias (ex: espondilite anquilosante, artrite reumatóide), e ainda a artroses.
5. Doenças do osso
Incluem-se aqui as doenças que atingem primariamente o osso: infecções,tumores benignos e malignos, descalcificação (osteoporose). Podem ser causa de dor mas no caso da desmineralização do esqueleto (osteoporose), a dor só existe quandoocorre uma fractura óssea.
 IPG – ESEnfG 
4
 
 Artrose, Coxatrose e Artroplastia da Anca
2 – ARTROSE
2.1– DEFINIÇÃOSegundo, MANUILA [et al.] (2001, p.80) artrose define-se por: “
 Alteraçãodestrutiva das cartilagens ou das fibrocartilagens articulares, de naturezadegenerativa. As suas principais localizações são: a anca (coxartrose), o joelho(gonartrose), a coluna vertebral (cervicartrose, dorsartrose, lombartrose), as mãos(rizartrose do polegar).Sinónimos: osteoartrite degenerativa (por influência anglo-saxónica), artrite seca deformante, artrite crónica degenerativa, reumatismo crónico degenerativo”.
Fig. 1
– 
(a)
Lombartrose;
(b)
Gonartrose;
(c)
Coxartrose;
(a)(b)( c)
 
Fig. 2
– Artrose da mãoFonte:http://www.lpcdr.pt./html/osteoartrose.htmFonte: Mourad, Leona A. – Ortopedia; s. Ed.Madrid, 1994. ISBN – 0-8016-3438-5
 IPG – ESEnfG 
5

Activity (25)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Sara Gomes added this note|
não dá para fazer download !
anamarlu liked this
Ana Dias liked this
miinc17 liked this
Ritiele Costa liked this
Nuno Pires liked this
LGround07 liked this
LGround07 liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->