Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
110Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
UNIDADE 1: LIBRAS, Cultura Surda e Comunidade

UNIDADE 1: LIBRAS, Cultura Surda e Comunidade

Ratings: (0)|Views: 11,200|Likes:
Published by drifelizmalheiro

More info:

Published by: drifelizmalheiro on Mar 06, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/20/2013

pdf

text

original

 
UNIDADE 1: LIBRAS, Cultura Surda e Comunidade Surda
“A LEITURA DO MUNDO PRECEDE A LEITURA DA PALAVRA” 
Paulo Freire
 
A LIBRAS é a língua da comunidade surda brasileira. Tem suas regrasgramaticais próprias, possibilitando assim, o desenvolvimento linguístico dapessoa surda, favorecendo o seu acesso aos conhecimentos existentes nasociedade.
 
Os
sinais
são formados a partir de parâmetros, como a combinação domovimento das mãos com um determinado formato num determinado lugar,podendo este lugar, ser uma parte do corpo ou um espaço em frente ao corpo.
 
Os parâmetros da LIBRAS são:
Configuração das mãos;
Locação;
Movimentos;
Orientação das mãos;
Expressão facial e/ou corporal.
 
Nesta combinação se obtém o sinal. Portanto, produzir sinais é combinar esses parâmetros para a formação das frases e textos num determinadocontexto.
 
Há uma grande confusão e discussão em torno da aceitação ou não daLIBRAS por alguns ouvintes, devido às influências e preconceitos sociais, maspode-se verificar alguns pontos importantes que devem ser considerados:
A LIBRAS é a língua das comunidades surdas: foi criada e é usada pelossurdos no Brasil;
O
desenvolvimento lingüístico, cognitivo, afetivo, sociocultural eacadêmico
não dependem da audição, mas sim da aquisição edesenvolvimento da língua de sinais;
A LIBRAS facilita e propicia o desenvolvimento lingüístico e cognitivo dacriança surda, favorecendo a produção escrita, servindo de apoio para aleitura e compreensão dos textos.
Introdução aos estudos sobre LIBRAS
Muitas pessoas acreditam que a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) é oportuguês nas mãos, na qual os sinais substituem as palavras. Outras pensamque é linguagem como a linguagem das abelhas ou do corpo. Muitas pensamque são somente gestos iguais ao das línguas Orais. Entre as pessoas que
 
acreditam que é uma língua, há algumas que crêem que é limitada e expressaapenas informações concretas e que o é capaz de transmitir idéiasabstratas.Pesquisas sobre LIBRAS m sendo desenvolvidas, mostrando que, estalíngua é comparável em complexidade e expressividade a quaisquer línguasorais. Esta língua não é uma forma do português; ao contrário, tem suaspróprias estruturas gramaticais, que deve ser aprendida do mesmo modo queoutras línguas. A LIBRAS difere das línguas orais por utilizar outro canalcomunicativo, isto é, a visão em vez da audição. A LIBRAS é capaz deexpressar idéias sutis, complexas e abstratas. Os seus usuários podem discutir filosofia, literatura ou política, além de esportes, trabalho, moda, etc. A LIBRASpode expressar poesia e humor. Como outras línguas, a LIBRAS aumenta ovocabulário com novos sinais introduzidos pela comunidade surda em respostaà mudança cultural e tecnológica. (Quadros e Karnopp, 2004) A LIBRAS não é universal. Assim como as pessoas ouvintes em paísesdiferentes falam diferentes línguas, também as pessoas surdas por toda partedo mundo usam línguas de sinais diferentes. A LIBRAS foi criada e desenvolvida por surdos do Brasil para a comunicaçãoentre eles e existe há tanto tempo quanto a existência das comunidades desurdos. A maior divulgação da língua de sinais no Brasil começou quando foifundado o Instituto Nacional da Educão dos Surdos (INES) em 1857,chamada, então, de mímica. Sendo o INES a única escola para surdos por muitos anos; funcionando em regime de internato, recebia alunos de todas asregiões do Brasil, os quais, ao voltarem para suas cidades, nas rias,difundiam essa língua por todo país. Assim, a LIBRAS difere da língua desinais de Portugal. Como havia professor que dominava a Língua de SinaisFrancesa no INES, na sua fundação, a LIBRAS hoje traz um pouco dascaracterísticas desta língua de sinais francesa e difere da língua de sinais dePortugal, embora os dois países, Brasil e Portugal tenham historicamentedividido a mesma língua oral.A partir de um Congresso em Milão, Itália, em 1880, a filosofia educacionalcomeçou a mudar na Europa e, conseqüentemente, em todo mundo. O métodocombinado que utilizava tanto sinais como o treinamento em língua oral foisubstituído em muitas escolas pelo todo oral puro, o oralismo. Muitaspessoas acreditavam que a única forma possível para que as crianças surdasse integrassem ao mundo dos ouvintes seria falar e ler os lábios. E assimmuitas escolas passaram a insistir com os alunos surdos para queentendessem a língua oral e aprendessem a falar. Os professores surdos jáexistentes nas escolas, naquela época, foram afastados, e os alunosdesestimulados a usarem a língua de sinais (mímica), tanto dentro quanto forada sala de aula. Era comum a prática de amarrar as mãos das crianças paraimpedi-las de fazer sinais. Isso aconteceu também no Brasil. Mas apesar dessas tentativas de desestimular o uso da ngua de sinais, a LIBRAScontinuou sendo a língua preferida da comunidade surda. Os surdos, quandoviram que o uso de sinais estava proibido, reconheceram e consideram a
 
LIBRAS como sua língua natural, a qual reflete valores culturais e guarda suastradições e heranças vivas.
O que é Surdo?Comunicação espaço-visual Experiência visualComunidade surdaCultura surdaLíngua brasileira de sinaisIdentidade surdaQuem são os surdos?
Considera-se pessoa surda aquelaque, compreende e interage com omundo por meio de experiênciasvisuais, manifestando sua culturaprincipalmentepelo uso daLibras. 
O que é língua brasileira de sinais?
Uma língua como idiomaComunicação pelas mãosNão é mímicaÉ captada pela visão, pelasexpressões faciais e pelosmovimentos corporaisNão é linguagemÉ uma língua natural

Activity (110)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Ligia Moura liked this
Quero aprender tudo sobre a LIBRAS!
Manoela Da Silva Cunha added this note
Muito útil pra quem deseja mais informações sobre a surdez e a utilidade da linguaguem dos sinais por eles utilizada!
Manuela Santos added this note
caroline surda amigos muitos deus libras allan surdo amorr bjss xauu ssrsrrs
Marcos Aurélio Matos added this note
gostei!
Margarida Mello added this note
aluiziacruz@ig.com.br aluna do curso de Libras do municÍpio de São GONÇALO SALA DE RECURSOS
Margarida Mello added this note
TEM PROFESSORES QUE REALMENTE ROTULA DE DEFICIENTE MENTAL .NÃO QUE ESTE NÃO CONSIGA APRENDER E PODERÁ SER INCLUSO .ACREDITO QUE O SER HUMANO TEM CONDIÇÃO DE APRENDER SEMPRE .

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->