Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
0Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
MEDCURSO 2004 - Questões de concurso (Pediatria)

MEDCURSO 2004 - Questões de concurso (Pediatria)

Ratings: (0)|Views: 7,649|Likes:
Published by MariSuzarte

More info:

Published by: MariSuzarte on Mar 17, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

05/27/2013

pdf

text

original

 
Medcurso – Pediatria Vol. 5
Legenda: VM = vermelho / VD = verde / AM = amarelo / AZ = azul / R = rosa / M = marrom1.
 
VM2.
 
AM3.
 
VD4.
 
R5.
 
AZ6.
 
M7.
 
VM8.
 
VD9.
 
AM10.
 
AZ11.
 
M12.
 
R13.
 
VD14.
 
VM15.
 
AZ16.
 
AM17.
 
M18.
 
VM19.
 
R20.
 
AM21.
 
VD22.
 
AZ23.
 
M24.
 
R25.
 
VM26.
 
AM27.
 
AZ28.
 
VM29.
 
VD30.
 
R31.
 
AM32.
 
M33.
 
AZ34.
 
VD35.
 
VM36.
 
R37.
 
AM38.
 
AZ39.
 
VD40.
 
M41.
 
R42.
 
AZ43.
 
M44.
 
AM45.
 
VD46.
 
VM47.
 
R48.
 
AZ49.
 
AM50.
 
VD51.
 
M52.
 
VM53.
 
AZ54.
 
AM55.
 
M56.
 
R57.
 
VD58.
 
AM59.
 
AZ60.
 
M61.
 
VM62.
 
VD63.
 
R64.
 
AM65.
 
VM66.
 
M67.
 
R68.
 
AZ69.
 
VD70.
 
VM71.
 
R72.
 
AM73.
 
VD74.
 
M75.
 
AZ76.
 
R77.
 
VD78.
 
AM79.
 
VM80.
 
VD81.
 
AZ82.
 
AM83.
 
M84.
 
R85.
 
VD86.
 
AZ87.
 
VM88.
 
AM89.
 
M90.
 
VD91.
 
AZ92.
 
VM93.
 
R94.
 
M95.
 
AZ96.
 
AM97.
 
VD98.
 
VM99.
 
AZ100.
 
R101.
 
VD102.
 
M103.
 
R104.
 
AZ105.
 
AM
 
RESIDÊNCIA MÉDICA - 2004 
HOSPITAL NAVAL MARCÍLIO DIAS - HNMD 
1 - Na solução de reidratação oral, preconizada pela Organização Mundialde Saúde (OMS), as concentrações de sódio, potássio e bicarbonato, emrelação a 100 ml de solução, são respectivamente:a) 20, 30, 90
v
b) 90, 30, 20c) 30, 90, 20d) 90, 20, 30
e) 20, 90, 30
RESIDÊNCIA MEDICA -2004 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE 
-
UFF 
2- Criança com sete meses, é levada à consulta no posto de saúde porapresentar há três dias fezes liquefeitas, embora sem sangue. A mãerelata que o paciente não tem se lamentado normalmente e que teve doisepisódios de vômito naquele dia.Ao exame, a criança mostra-se irritada e inquieta, notando-se o sinal da"prega" e os "olhos fundos". Ao serem oferecidos sais de reidratação oral,o lactente bebe avidamente. Para o quadro descrito, deve-se:a) administrar SRO por sonda nasogástrica em débito contínuo eantiemético, se necessáriob) internar o paciente para reidratação venosac) aplicar antitérmico e antiemético e hidratar posteriormente por via orald) liberar o paciente com orientação para continuar o tratamento em casa,logo após ter bebido SRO, avidamentee) estabelecer um plano de reidratação oral no posto de saúde para aspróximas 4 horas, com reavaliações periódicas
RESIDÊNCIA MEDICA -2004 
FUNDAÇÃO ESCOLA DE SERVIÇO PÚBLICO - FESP 
3- Adolescente do sexo masculino, com 13 anos de idade, foi levado aopronto-atendimento com queixa de dor abdominal de início abrupto. Duran-te a anamnese, verificou-se que há cerca de 10 dias passou a apresentarvómitos, diarréia e dor abdominal epigástrica do tipo pirose. Essa diarréiaera acompanhada de eliminação de muco e alternava co períodos de cons-tipação. Esse quadro evoluiu com perda ponderai semelhante à malabsorçãoda enteropatia perdedora de proteína.O hemograma apresentou anemia moderada (Hb = 9,4g/dl e Ht
27%) eeosinofilia importante (26%). A principal hipótese diagnostica e o tratamen-to, respectivamente, são:a) ancilostomíase / transfusão com papa de hemácias e albendazolb) abetalipoproteinemia/vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K)c) doença celíaca /dieta rigorosa isenta de glútend) estrongiloidíase/tiabendazol ou ivermectina
RESIDÊNCIA MEDICA - 2004 FACULDADE DE MEDICINA DA UNIV. DE SÃO PAULO - FMUSP 
4- Lactente de 9 meses de idade é internado na enfermaria com quadro dediarréia aguda e desidratação. No pronto-socorro infundiram-lhe solução cons-tituída por
1
 /a SF0,9% e
Vz 
SG5%, em 2 horas, na velocidade de 100ml/kg.Após essa expansão fora, colhidos exames que apresentam os seguintesresultados: sódio de 127mEq/l; potássio de 2,6mEq/l; gasometria com pH de7,12 e bicarbonato de 11 mEq/I. Neste período urinou duas vezes e a densida-de urinária foi de 1009. O lactente está clinicamente hidratado sem outrasalterações dignas de nota ao exame físico.A conduta nesse momento é:a) corrigir o sódio para 130mEq/l e se o lactente continuar estável, pres-crever soro de manutenção na velocidade de 50ml/kg/24h contendo
Vi 
SG5% e
1
 /
2
SF 0,9% e potássio (5mEq/kg/24h)b) corrigir o bicarbonato para 15mEq/l e se o lactente continuar estável,corrigir o sódio para 130mEq/l. Após essa correção, prescrever o soro demanutenção na velocidade de 50ml/Kg/24h contendo
1
 /z SG5% e
V2 
SF0,9%e potássio (10mEq/Kg/24h)c) corrigir simultaneamente o sódio para 130mEq/l e o bicarbonato para15mEq/l. Após essa correção, prescrever o soro de manutenção na velo-cidade de 50ml/kg/24h contendo
V2 
SG5% e
V2 
SF0,9% e potássio (10mEq/
Kg/24h)
d) prescrever o soro de manutenção na velocidade de 50ml/kg/24h con-tendo
1
 /
2
SG5% e
1
 /
2
SF0,9% e potássio (10mEq/Kg/24h)e) prescrever o soro de manutenção na velocidade de 50ml/kg/24h con-tendo
1
 /
2
SG5% e
Vi 
SF0,9%, potássio (5mEq/Kg/24h) e bicarbonato
(10mEq/kg/24h)
RESIDÊNCIA MEDICA - 2004 FACULDADE DF MFDICINA DA UNIV. DE SÃO PAULO 
-
FMUSP 
5- Lactente de 9Kg de peso está internado na enfermaria por diarréiaaguda. A prescrição correta do soro de manutenção é:a) SG5% 900ml, SF0,9% 100ml, KCL 19,1% 9ml, em 24hb) SG5% 800ml, SF0,9% 100ml, KCL 19,17o 9ml, em 24hc) SG5% 720ml, SF0,9% 180ml, KCL 19,1% 9ml, em 24hd) SG10% 800ml, SF0,9% 100ml, KCL 19,1% 4,5ml, em 24he) SG10% 720ml, SF0,9% 180ml, KCL 19,1% 9ml, em 24h
RESIDÊNCIA MEDICA -2004 FUNDAÇÃO JOÃO GOULART- PREFEITURA DO RIO 
6- Criança de dois anos de idade é atendida em uma unidade hospitalarcom história de vómitos e evacuações líquidas, sem muco ou sangue,seis vezes ao dia. Apresenta-se irritada com olhos encovados, elasticida-de da pele diminuída, língua e boca seca pedindo água.A conduta terapêutica inicial a ser adotada é:a) Terapia de reidratação oral na unidade hospitalarb) Terapia de reidratação oral no domicílioc) Antiemético e dietad) Hidratação venosa
 
PEDIATRIA - VOLUME 5/2004
RESIDÊNCIA MEDICA -2004 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ 
7- Após a primeira fase do esquema de reidratação administrado,Rafaela, uma lactente de 5 meses de idade, apresenta uma diuresede 0,1 ml/kg/hora. Ela chegou à emergência com história de diarréialíquida sem sangue iniciada há 3 dias antes acompanhada, no pri-meiro dia de doença, de vómitos alimentares. Sua mãe informavaque vinha notando apatia e diminuição da diurese. O exame físicorevelava uma criança hipoativa, hipotônica, com a fontanela anteriordeprimida, olhos muito fundos, saliva espessa, presença do sinal daprega por mais de dois segundos, pulso femoral débil, FC = 164bpm,FR = 54irpm, amplitude dos movimentos respiratórios aumentada epeso de 6kg.Para este caso, a primeira etapa do esquema de reidratação envolve osseguintes tipos de hidratação e de solução:a) Oral -111mmol/l de glicose e 90mmol/l de sódiob) Oral -140mmol/l de glicose e 45mmol/l de sódioc) Venosa - cloreto de sódio a 0,9% e glicose a 5%d) Venosa - cloreto de sadio a 20% e glicose a 10%
RESIDÊNCIA MEDICA -2003 
FACULDADE DE MEDICINA DA UNIV. DE SÃO PAULO - FMUSP 
11- Criança do sexo masculino, com 7 meses de idade, chega ao pronto-socorro com história de diarréia há 2 dias (6 episódios de fezes líquidas semsangue ou muco nas últimas 24 horas) e vómitos (3 episódios nas últimas 6horas). Ao exame físico de entrada a criança encontra-se em regular estadogeral, afebril, levemente descorada, acianótica, anictérica, frequência cardía-ca (FC) = 152 bpm, Frequência Respiratória (FR) = 38 incursões por minuto(ipm), otoscopia sem alterações, à oroscopia apresenta saliva espessa, semhiperemia de mucosas. Aparelho cardiovascular e pulmões sem alterações.Abdome flácido, turgor levemente diminuído sem visceromegalias e com ruí-dos hidroaéreos presentes. Sistema nervoso: fontanela levemente deprimida,criança hipoativa, reagindo a estímulos verbais. Aconduta é:a) hidratação parenteral com SG 5% e SF -,9% (1/2 : 1/2), 50 ml_/kg depeso em 1 horab) hidratação parenteral com SF 0,9% 20 ml_/kg de peso a cada 20 minu-tos com reavaliaçãoc) hidratação através de terapia de reidratação oral (TRO), com reavaliaçãoem 1 horad) hidratação com solução de reidratação oral através de gavageme) utilização de medicação antiemética, seguida de hidratação com solu-ção de reidratação oral
RESIDÊNCIA MEDICA - 2004 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ 
8- Os achados respiratórios encontrados têm como causa mais provável:a) Infecção no SNCb) Acidose metabólicac) Insuficiência cardíacad) Pneumonia bacteriana
RESIDÊNCIA MEDICA -2004 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ 
9- Em sua primeira etapa, o esquema de hidratação correto requer a ad-ministração de uma quantidade de líquido, em ml, num período, m horas,correspondente, respectivamente, a:a) 60 -1b) 400 - 4c)300-2d) 600 -2
RESIDÊNCIA MEDICA - 2003 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS 
-
UNICAMP 
12- Lactente, 7 meses, com diarréia líquida há 3 dias, sem muco ousangue, com febre nos dois primeiros dias do quadro (38
e
C), acompanha-do de coriza e obstrução nasal, sem vómitos. Exame físico: mucosassecas, choro sem lágrimas, turgor elástico, pulsos cheios, roncos detransmissão, abdome flácido, distendido, com ruídos hidro-aéreos aumen-tados. Assinale a alternativa
CORRETA: 
a) contra-indicar a terapia de reidratação oral devido ao aumento dos ruí-dos hidro-aéreos, sendo necessário encaminhá-lo para realização de ultra-
sonografia abdominal
b) internação para hidratação intravenosa devido ao grau de desidrataçãoc) internação para hidratação intravenosa, antibioticoterapia e realizaçãode coprocultura e exame a fresco de fezesd) terapia de reidratação oral, considerando o grau de desidratação e queo agente etiológico mais provável é víruse) terapia de reidratação oral e internação para avaliar aceitação e realiza-ção de coprocultura e exame a fresco de fezes
RESIDÊNCIA MEDICA -2004 UNIVERSIDADE DO 
5
o
™ DO RIO DE JANEIRO 
-
UERJ 
10- A causa mais provável para Rafaela apresentar a diurese descrita,após a primeira fase do esquema de hidratação, é:a) Necrose tubularb) Necrose corticalc) Insuficiência pré-renald) Trombose de veia renal
RESIDÊNCIA MEDICA
- 2003 FUNDAÇÃO ESCOLA DE SERVIÇO 
PUBLICO - FESP 
13- Em comparação com a desidratação isonatrêmica, a desidrataçãohiponáírêmica e a hipernatrêmica ocorrem, na população pediátrica, cadauma, em cerca de:a)
1
a 5%b) 10 a 15%c) 25 a 35%
d)
40 a
60%

Activity (0)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Samara Emerich liked this
Jhow Fernandes liked this
Natália Prata liked this
Marcelo Almeida liked this
Claudia Lemos liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->