Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
1Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
provadireitocivil

provadireitocivil

Ratings: (0)|Views: 278|Likes:
Published by mesmeriz3

More info:

Published by: mesmeriz3 on Mar 18, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

03/18/2010

pdf

text

original

 
Centro Sulamericano de Ensino Superior - CESULFaculdade de Direito de Francisco BeltrãoDireito Civil – Teoria Geral IProf. Guilherme Soares2º bimestre/20071º Período
PROVA DE DIREITO CIVIL
NOME: ______________________________________________________________________________ DATA:___/___/_____ TURNO:_________________ 
1. Assinale a alternativa CORRETA:
a) Cinco anos depois de passada em julgado a sentença que concede a abertura da sucessãoprovisória, poderão os interessados requerer a sucessão definitiva e o levantamento dascauções prestadas.b) Se o ausente não for casado, a curadoria caberá aos filhos maiores, se houver, ou aos pais,nesta ordem, desde que não haja impedimento que os iniba de exercer o cargo.c) Se o ausente aparecer, e ficar provado que a ausência foi involuntária e justificada, perderáele, em favor do sucessor, sua parte nos frutos e rendimentos.d) O cônjuge do ausente, sempre que não esteja separado judicialmente, ou de fato por mais dedois anos antes da declaração da ausência, será seu legítimo curador.e) Decorridos três anos do desaparecimento do ausente que houver deixado representante,poder-se-á requerer a abertura da sucessão definitiva dos bens do ausente.
2. Em relação aos direitos da personalidade, assinale a alternativa CORRETA:
a) O exercício de alguns direitos da personalidade pode ser limitado mediante declaraçãoexpressa do titular, através de instrumento público.b) Ninguém pode ser constrangido a submeter-se a tratamento médico ou intervenção cirúrgicaque traga risco à sua vida.c) Quando há violação dos direitos da personalidade, deve-se pedir a indenização pelas perdas edanos, mas não é possível a propositura de ação para que se faça cessar a lesão.d) Não é possível a disposição do corpo com objetivos altruísticos, no todo ou em parte, paradepois da morte.e) As pessoas naturais e as pessoas jurídicas são titulares dos mesmos direitos da personalidade.
3. Em relação aos bens, e de acordo com o Código Civil, assinale a afirmação CORRETA:
a) Se a herança for constituída apenas por bens móveis, é tratada como um bem móvel.b) As edificações, quando separadas do solo e conservando sua unidade, durante o período deremoção para outro local, são consideradas bens móveis.c) A energia elétrica é um bem móvel.d) Os bens imóveis podem ser fungíveis.e) As peças de vestrio expostas à venda em uma loja que vende roupas o bensinconsumíveis, pois uma peça de roupa não é destruída imediatamente pelo seu uso normal.
4. Pela classificação dos bens é CORRETO afirmar:
a) bens indivisíveis são aqueles que quando fracionados não sofrem prejuízo em seu uso;b) uma biblioteca é um bem singular, pois seu proprietário pode vender separadamente cada umdos livros que a compõe.c) principais e acessórios são categorias de bens considerados em si mesmos;d) consideram-se imóveis para efeitos legais, dentre outros, o direito à sucessão aberta;e) O fato de a coletividade ter interesse na conservação de uma obra de arte cuja propriedade éde uma pessoa natural, faz com que essa obra de arte seja considerada um bem público.
5. Assinale a alternativa CORRETA:
a) as associações se caracterizam pela organização com objetivos econômicos;
1
 
b) a inscrição do ato constitutivo das pessoas jurídicas de direito privado assegura-lhes o começoda existência legal, decaindo em quatro anos o direito de anular tal constituição por defeito doato respectivo;c) as fundações podem ser constituídas para fins religiosos, morais, culturais, de assistência oueconômicos, desde que expressamente consignados no ato de constituição.d) são pessoas jurídicas de direito privado: as associações, as sociedades, as fundações, asorganizações religiosas e os partidos políticos;e) O prefeito do município é uma pessoa jurídica de direito público.
6. Com relação às pessoas jurídicas, conforme dispõe o Código Civil, é CORRETOafirmar que:
a) as organizações religiosas não têm personalidade jurídica;b) extinta a fundação, seu patrimônio será revertido ao instituidor ou aos seus herdeiros;c) a fundão somente podeconstituir-se para fins religiosos, morais, culturais ou deassistência, as sociedades, porém, poderão ser constituídas para qualquer fim.d) os partidos políticos são pessoas jurídicas de direito público.e) os órgãos de uma pessoa jurídica não têm personalidade própria, pois seus atos são imputadosà pessoa jurídica que eles presentam.
7. LUIS INÁCIO, Procurador do Município de Curitiba, exercendo suas funções públicasde maneira efetiva naquela cidade, tem residência estabelecida no município deCampo Largo. Caso LUIZ INÁCIO adquira uma doença mental e venha a ser interditado judicialmente, qual será o seu domicílio após a interdição?
a) Campo Largo, haja vista que a enfermidade causará o seu afastamento das atividades, ficandorecolhido apenas ao seu lar localizado nesse município.b) Será o domicílio do seu representante ou assistente.c) Será o domicílio de eleição.d) Curitiba, pois os servidores públicos têm domicílio fixado pela lei.e) Dependerá da espécie de incapacidade que atinja Inácio, pois se ele for apenas relativamenteincapaz ele não estará sujeito ao domicílio necessário.
8. Após a morte de seu estimado pai, um famoso cantor, SUÉLIO tem conhecimento deque será, em breve, publicado um livro que revela detalhes íntimos da vida do seu pai,sem que o falecido ou qualquer de seus parentes tenha sido consultado sobre apublicação. Diante disso:
a) SUÉLIO nada poderá fazer quanto a este fato, pois com a morte de seu pai extinguiu-se apersonalidade do morto, sendo inadmissível que alguém queira exigir a proteção jurídica de umdireito cujo titular já não mais existe.b) SUÉLIO nada poderá fazer quanto a este fato, pois sendo os direitos de personalidadeclassificados como direitos personalíssimos, eles não são transferidos para os herdeiros dofalecido.c) SUÉLIO poderá impedir a publicação do livro, pois embora a personalidade das pessoasnaturais termine com a morte, a proteção aos direitos da personalidade transcende a própriavida de seu titular, como estabelece o Código Civil de 2002.d) SUÉLIO poderá impedir a publicação do livro, mas apenas se detalhes da sua vida pessoalforem revelados na obra.e) SUÉLIO o podeimpedir a publicão do livro, mas podeexigir danos morais,posteriormente à publicação, caso detalhes da sua vida pessoal sejam revelados na obra.
9. MARIA DOS ANJOS, brasileira, doméstica, solteira, descobre, aos 23 anos de idade,que, em seu registro de nascimento, seu nome consta como Mariana dos Anjos.Interessada em adequar seu registro ao nome pelo qual sempre foi conhecida, elaprocura um advogado para saber se isto é possível. Deverá o advogado
:a) Informá-la da impossibilidade da mudança, haja vista que o prenome do registro não asubmete ao ridículo.b) Informá-la da impossibilidade da mudança, haja vista que, em razão de sua idade, ela nãopoderá utilizar da possibilidade de alteração imotivada prevista no art. 56 da Lei de RegistrosPúblicos.
2
 
c) Informá-la da impossibilidade da mudança, pois o nome é um direito-dever, logo, inalterável.d) Informá-la da possibilidade da mudança, a qual seria autorizada pelo art. 58, parágrafo único,da Lei de Registros Públicos.e) Informá-la da possibilidade da mudança, pois a jurisprudência vem admitindo a alteração doregistro para substituir o prenome ali constante pelo prenome de uso.
10. Analise as alternativas abaixo e assinale a alternativa CORRETA:
I – A morte presumida somente pode ser declarada após prévia declaração de ausência,com a abertura da sucessão definitiva.II – A existência legal das pessoas jurídicas de direito privado, como regra, independe deregistro, bastando a aprovação de seu contrato social pelo Poder Executivo.III – A proteção dos direitos da personalidade aplica-se, no que couber, às pessoas jurídicas.a) As assertivas I e III são verdadeiras.b) As assertivas II e III são verdadeiras.c) Todas as assertivas são verdadeirasd) As assertivas I e II são falsas.e) A assertiva três é verdadeira somente se feita a ressalva de que não há no Código Civil de2002 norma expressa que trata dos direitos da personalidade com relação às pessoas jurídicas.
11. Sobre a personalidade jurídica e a capacidade de exercício, assinale a alternativaCORRETA:
a) Sabendo que a capacidade de exercício é a medida da personalidade jurídica, pode-se afirmarque, sendo os menores de 16 (dezesseis) anos absolutamente incapazes, não são eles dotadosde personalidade jurídica.b) Todas as pessoas naturais, mesmo as absolutamente incapazes, são dotadas de direitos dapersonalidade, conceito este que não é sinônimo de personalidade jurídica.c) Os viciados em tóxicos, nos sistema do Código Civil de 2002, são absolutamente incapazes; noque se equiparam aos pródigos.d) A personalidade jurídica do absolutamente incapaz sem discernimento para os atos da vidacivil somente é subtraída após a sentença de interdição.e) Embora dotadas de personalidade, as pessoas jurídicas não possuem capacidade de fato, porisso devem ser representadas para que possam praticar atos da vida civil.
12. Sobre as pessoas jurídicas, assinale a alternativa CORRETA:
a) Nas pessoas jurídicas constituídas sob a forma de associações, não há entre os associados, nostermos do Código Civil, direitos e obrigações recíprocos.b) Nos termos do Código Civil, as sociedades existem como pessoas jurídicas desde o instante emque é firmado o contrato social.c) A desconsideração da personalidade jurídica da pessoa jurídica implica a sua despersonalizaçãopara todo e qualquer fim.d) A desconsideração da personalidade jurídica da pessoa jurídica gera a responsabilizaçãopatrimonial dos administradores, jamais estendendo, porém, os efeitos das obrigações dapessoa jurídica ao patrimônio dos sócios não administradores.e) A dissolução da pessoa jurídica extingue todas as relações jurídicas das quais ela participe, porisso, após a averbação da dissolução no seu registro, a pessoa jurídica não mais poderá cobraros seus créditos nem pagar as suas dívidas.13.
MODESTO compra de AQUILINO um apartamento localizado na cidade de FranciscoBeltrão. Ao mudar-se para o apartamento, MODESTO sente falta de uma imponenteescultura que adornava a sala do imóvel. Contata, então, AQUILINO, exigindo desteque restitua a escultura, à medida que ela em muito embelezava o imóvel. AQUILINOresponde que a escultura o fez parte do necio, pois ela o era parte daconstrução, havendo sido colocada no imóvel por ele próprio, após ter sido compradaem uma viagem internacional; além de que em nenhum momento foi citada nonegócio como objeto da compra e venda, a qual se referia, nos termos do contrato,apenas ao apartamento, sem mencionar os objetos que se encontravam no seuinterior. Diante desses fatos, responda as questões a seguir:
3

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->