Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
13Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
A espiritualidade na educação: algumas questões

A espiritualidade na educação: algumas questões

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 322 |Likes:
Comunicação elaborada para ser apresentada no V SEMINÁRIO ARTE E IMAGINÁRIO NA EDUCAÇÃO - tema: IMAGINÁRIO, ARTE E EDUCAÇÃO DA ALMA, na UFMA, em 2014.
Comunicação elaborada para ser apresentada no V SEMINÁRIO ARTE E IMAGINÁRIO NA EDUCAÇÃO - tema: IMAGINÁRIO, ARTE E EDUCAÇÃO DA ALMA, na UFMA, em 2014.

More info:

Categories:Types, School Work
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/28/2014

pdf

text

original

 
UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO V SEMINÁRIO ARTE E IMAGINÁRIO NA EDUCAÇÃO IMAGINÁRIO, ARTE E EDUCAÇÃO DA ALMA A espiritualidade na educação: algumas questões Adilson Marques
 – 
 doutor em Educação/ USP Professor da Fundação Educacional São Carlos Eixo três: educação e espiritualidade Resumo: Esta comunicação apresenta algumas questões para se pensar o tema espiritualidade na educação, sobretudo, na educação de adultos e idosos. Partindo das reflexões de Feyerabend que sugere que a educação deve ser independente das religiões e também da ciência, a espiritualidade pode ter sua cidadania reescrita no processo educativo. E aqui apresentamos uma proposta de curso, fundamentada no que estamos chamando de Gerontagogia Holonômica, com duração de 15 horas, no qual o tema espiritualidade é discutido com idosos, sem alienação ou tentativa de doutrinação. O curso possui quatro temas gerais: 1 - o conceito de espírito, refletindo sobre os vários sentidos em que o termo foi utilizado ao longo da história; 2 - o conceito de consciência, refletindo se este é um epifenômeno do cérebro, ou se ela é independente, um atributo do espírito; 3 -
na hipótese do espírito existir, se ele “evolui” ou se ele já é “perfeito”, refletindo a partir das contribuições das principais
religiões; 4 - a relação entre a faticidade e a transcendência na vida cotidiana, refletindo sobre alguns fenômenos como a telepatia, a clarividência etc. Todos os encontros terminam com algum exercício bioenergético: meditação, visualização curativa, chi kung etc. Em mais de 10 anos de experiência com a Gerontagogia Holonômica o tema espiritualidade, dentro da perspectiva apresentada acima, atrai pessoas das mais diferentes religiões, em um ambiente que prioriza e favorece a cultura de paz e o respeito pela diversidade religiosa. Palavras-chaves: Educação. Espiritualidade. Cultura de paz
 
Introdução:
Em seu mais famoso livro “Contra o método”,
Paul Karl Feyerabend (2007) questiona a valoração da ciência no mundo moderno ocidental. Entendendo-a como fruto de uma ideologia repressiva, na qual se encontra, de forma dissimulada, atitudes elitistas e racistas, ele defende a seguinte ideia: uma sociedade pluralística deveria também se proteger do cientificismo. Um de seus argumentos é de vital importância para se pensar também o processo educativo. Ele afirma que as suposições científicas não são suficientes para determinar quais problemas merecem ser resolvidos ou julgar o mérito de outras fontes de saber, como a religião, a arte e as chamadas pseudociências, por exemplo. Dentro desta  perspectiva, da mesma forma que o estado laico não se vincula a uma religião, deveria também se separar da ciência para a consolidação de uma sociedade livre, ou seja, para que todas as tradições passassem a ter iguais direitos e igual acesso aos centros de poder e decisão.  No caso da educação, sobretudo de idosos, colocar em prática as ideias de Feyerabend é permitir também aos próprios alunos decidir sobre o conteúdo das disciplinas, aprofundando temas que possuem interesse, mesmo que não sejam aqueles elegidos por psicólogos, pedagogos, filósofos ou cientistas racionalistas, quase sempre  presos a um cientificismo de cunho ideológico e partidário. A proposta da Gerontagogia Holonômica, compreendendo que o cotidiano, a história de vida, os valores pessoais e a singularidade de cada aluno devem ser valorizados no processo educativo, pois seu axioma básico parte da aceitação que a parte também contém o Todo, valoriza essa iniciativa e, quando isso é feito, o tema espiritualidade costuma se destacar. Obviamente que não estamos aqui defendendo a reintrodução no processo educativo de um ensino voltado para doutrinação ou para proselitismo religioso, mas compreendendo que a espiritualidade é um dos assuntos que mais intrigam a humanidade, refletindo diretamente sobre questões básicas como Quem somos? De onde viemos? Para onde vamos?, a Gerontagogia Holonômica não pode deixar de lado o tema em nome de uma pretensa educação laica que confunde a busca espiritual autêntica com doutrinação religiosa.
Métodos e resultados
 
Em 2003, partindo das teorias sobre a imaginação de Kant (1994), interpretadas  por David-Ménard (1996) e Kneller (2010), até chegar à proposta de Gilbert Durand (1992, 1995 e 1996) de uma arquetipologia do imaginário, idealizei um programa de Gerontagogia Holonômica com o objetivo de auxiliar no processo de individuação na  pessoa idosa, trabalhando com o seu imaginário e sua relação com o sagrado e o transcendental, entre outros temas, inserindo, assim, a dimensão simbólica do envelhecimento no processo antropolítico que passei a chamar de (re)envolvimento humano, apresentado, originalmente,
na tese de doutorado “nossas lembranças mais
 pessoais podem v
ir morar aqui”, defendida em 2003, na Faculdade de Educação da
USP. Colocando em prática este programa na Universidade Aberta da Terceira idade (UATI), em São Carlos, a partir de 2004, foi possível constatar o valor e a importância do tema espiritualidade e da religião para os idosos. E, apesar da maioria dos  participantes relatar a opção pelo catolicismo (82 %, em dados coletados em 2011), os idosos que se inscrevem no curso manifestam interesse em conhecer outras doutrinas religiosas ou filosofias espiritualistas, inclusive, visitar locais sagrados, como templos  budistas, e não se incomodam em participar de atividades normalmente associadas ao
movimento esotérico “nova era”
, como meditação, yoga, tai chi chuan etc., reconhecendo o benefício destas práticas em suas vidas, mesmo quando não concordam com suas concepções teóricas ou doutrinárias. E a principal conclusão a que chegamos, neste dez anos de trabalho, é que a dimensão espiritual não pode ser menosprezada no processo de envelhecimento, pelo m
enos no cenário “pós
-
moderno” em que nos encontramos,
onde, apesar de tantas mudanças tecnológicas e processos de secularização e profanação da vida, a consciência da (in)finitude e a busca espiritual autêntica que os idosos manifestam não parece ser apenas
“ópio” ou uma fuga para velhos indefesos, mas a afirmação de uma
forma de  pensar e agir no palco da vida humanizada onde a metanoia, ou o processo de individuação, realizou-se completamente ou caminha para esse fim.
Um estudo de caso: A espiritualidade na perspectiva da Gerontagogia Holonômica
O envelhecimento humano se tornou uma preocupação socioeconômica e cultural na sociedade contemporânea. O aumento da expectativa de vida é acompanhado  por novos campos de trabalho, como é o caso da Gerontologia, e uma infinidade de

Activity (13)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Jpscribd liked this
sindronio liked this
rfbzi liked this
Marco Trozidio liked this
reikdal liked this
Regina Pinheiro liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->