Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Curso de Biosseguranca Cap 5 Efeitos Biologicos Das Radiacoes Ionizantes

Curso de Biosseguranca Cap 5 Efeitos Biologicos Das Radiacoes Ionizantes

Ratings: (0)|Views: 118 |Likes:
Published by solermaia

More info:

Published by: solermaia on Mar 20, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/17/2012

pdf

text

original

 
CAPÍTULO 5EFEITOS BIOLÓGICOS DAS RADIAÇÕES IONIZANTES
Os efeitos biológicos da radiação são a conseqüência de uma longa série deacontecimentos que se inicia pela excitação e ionização de moléculas no organismo. Hádois mecanismos pelos quais as alterações químicas nas moléculas são produzidas pelaradiação ionizante: efeitos diretos e indiretos. No processo de interação da radiação com a matéria ocorrem ionização e excitaçãodos átomos e moléculas provocando modificação (ao menos temporária) nas moléculas. Odano mais importante é o que ocorre no DNA.
Efeitos físicos
: 10
-13
s
Efeitos químicos
: 10
-10
s
Efeitos biológicos
: minutos-anos, é a resposta natural do organismo a um agenteagressor, não constitui necessariamente em doença. Ex: redução de leucócitos.
Efeitos orgânicos
: são as doenças. Incapacidade de recuperação do organismodevido à freqüência ou quantidade dos efeitos biológicos. Ex: catarata, câncer,leucemia.
Efeitos da radiação ionizante nos serem humanosClassificação dos efeitos Biológicos
Classificação segundo a Dose Absorvida: Estocásticos ou Determinísticos
Classificação segundo ao Tempo de Manifestação: Imediatos ou Tardios
Classificação segundo ao Nível de dano: Somáticos ou Genéticos
Efeito Estocástico:
Leva à transformação celular. Sua causa deve-se a alteração aleatória no DNA deuma única célula que continua a se reproduzir. Quando o dano ocorre em célulagerminativa, efeitos genéticos ou hereditários podem ocorrer.
 Não apresenta limiar de dose: o dano pode ser causado por uma dose mínima deradiação. Tumores altamente malignos podem ser causados por doses baixas eoutros benignos por doses altas. A severidade é constante e independente da dose;
1
 
A probabilidade de ocorrência é função da dose;o diceis de serem medidos experimentalmente, devido ao longo peodo delatência.
 Exemplos
: câncer, (leucemia de 5 a 7 anos; tumores sólidos de 15 a 10 anos ou mais),efeitos genéticos.A severidade de um determinado tipo de câncer não é afetada pela dose, mas sim, pelo tipo e localização da condição maligna. Os resultados até o momento parecem indicar que, em indivíduos expostos, além de câncer e tumores malignos em alguns órgãos,nenhum outro efeito estocástico é induzido pela radiação.
Efeito Determinístico:
Leva à morte celular 
Existe limiar de dose: os danos só aparecem a partir de uma determinada dose.
A probabilidade de ocorrência e a gravidade do dano estão diretamente relacionadascom o aumento da dose.
Geralmente aparecem num curto intervalo de tempo;
 Exemplos
: catarata, leucopenia, náuseas, anemia, esterilidade, hemorragia, eritema enecrose.
A morte de um pequeno número de células de um tecido, resultante de exposição àradiação, normalmente não traz nenhuma conseqüência clínica observável. Para indivíduossaudáveis, dependendo do tecido irradiado, nenhum indivíduo apresentará dano para doses de atécentenas ou milhares de miliSieverts. Acima de um valor de dose (limiar), o número de indivíduosmanifestando o efeito aumentará rapidamente até atingir o valor unitário (100%). Isto decorre dasdiferenças de sensibilidade entre os indivíduos. O quadro a seguir resume os conceitos acima:
EFEITO ESTOCÁSTICOEFEITO DETERMINÍSTICO
A probabilidade depende da doseA gravidade depende da doseEFEITO HEREDITÁRIOEx.: anormalidades hereditárias------------------------------------EFEITO SOMÁTICOEx.: cânceres, leucemiaEx.: anemia, esterilidade, catarata
Efeitos Somáticos e GenéticosEfeitos Somáticos
são aqueles que ocorrem no próprio indivíduo irradiado. Podemser divididos em efeitos Imediatos e efeitos Tardios. Nos
Efeitos Genéticos
os danos provocados nas células que participam do processo reprodutivo de indivíduos que foramexpostos à radiação, podem resultar em defeitos ou mal-formações em indivíduos de suadescendência.Os
Efeitos Somáticos
das radiações são aqueles que afetam apenas os indivíduosirradiados, não se transmitindo para seus descendentes. Os efeitos somáticos classificam-seem:
2
 
Efeitos imediatos
: aqueles efeitos que ocorrem em um período de horas até algumassemanas após a irradiação. Como exemplos de efeitos agudos provocados pela ação deradiações ionizantes pode-se citar eritema, queda de cabelos, necrose de tecido, esterilidadetemporária ou permanente, alterações no sistema sangüíneo, etc.
Efeitos tardios
: quando os efeitos ocorrem vários meses ou anos após a exposição àradiação. Exemplos dos efeitos crônicos são: o aparecimento de catarata, o câncer, a anemiaaplástica, etc.
HormeseHormese
significa algum evento que é perigoso em altas doses, mas torna-se benéfico em baixas doses. Os exemplos mais comuns são os elementos químicos presentesno corpo humano tais como Li, Cd, Se, radiação UV, que são essenciais ao nossoorganismo porem se tornam letais se presentes em altas doses no nosso organismo. Osestudiosos que apoiam essa teoria acreditam que a Hormese vale para as radiaçõesionizantes. De acordo com essa teoria, em baixas doses, o sistema imunológico ficariaativado. No entanto esses são apenas estudos epidemiológicos.
Efeitos da exposição pré-natal
A exposição pré-natal pode ser perigosa para o embrião ou feto devido a sua altaradiosensibilidade. Estudos baseados nas explosões nucleares de Hiroshima e Nagasakidemonstraram as seguintes correlações entre efeitos mais prováveis e a fase de gestaçãoquando ocorreu a irradiação.
Época da GestaçãoEfeito mais provável
0-3 semanas
falha de fixação do embrião, morte.3 semanas em diante
má formação no órgão que estiver se desenvolvendo naépoca da exposição.
maior probabilidade de ocorrência de câncer no recém-nascido.
redução do QI.8-15 semanasredução de 30 pontos de QI/Sv.
retardo mental severo.16-25 semanasredução < que 30 pontos de QI/Sv.
retardo mental severo.Toda a gravidez
câncer infantil (1/50.000).
 Fonte: ICRP 57 (1990)
Propriedades dos sistemas biológicos
Reversibilidade
: mecanismo de reparo das células é muito eficiente. Mesmo danosmais profundos são capazes de ser reparados ou compensados.
3

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->