Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
34Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Historia Geral Da Educacao Fisica (A LINHA DOUTRINARIA ALEMÃ)

Historia Geral Da Educacao Fisica (A LINHA DOUTRINARIA ALEMÃ)

Ratings: (0)|Views: 14,666|Likes:
Published by gagaufera
Texto do Livro: História Geral da Educação Física, MARINHO, Inezil P. 2ª ed. São Paulo: CIA Brasil. Editora, 1980.
Texto do Livro: História Geral da Educação Física, MARINHO, Inezil P. 2ª ed. São Paulo: CIA Brasil. Editora, 1980.

More info:

Published by: gagaufera on Mar 21, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

07/31/2013

pdf

text

original

 
Texto do Livro: História Geral da Educação Física, MARINHO, Inezil P. 2ª ed. São Paulo: CIABrasil. Editora, 1980. Trabalho realizado por Leonardo Delgado
HISTÓRIA GERAL DA EDUCAÇÃO FÍSICA
Inezil Penna Marinho
A LINHA DOUTRINARIA ALEMÃ
Basedow deve ser considerado como o verdadeiro precursor dalinha doutrinária alemã que viria encontrar em Guts-Muths o seu consolidador.Johann Bernhard Basedow (1723-1790) era filho de umhamburguês, fabricante de cabeleiras, e, desde cedo, teve no ensino suapreocupação máxima. Foi professor primário na sua cidade natal (Hamburgo)e, posteriormente, ensinou filosofia moral e literatura na Ritteracademia, umaescola para nobres situada em Soroe, na Dinamarca. Nesta escola, ocurriculum era curioso e extravagante, pois ao lado da literatura figurava oensino da ginástica, a prática da esgrima, da equitação e da dança. Enquantodesenvolvia sua atividade de mestre nesta escola dinamarquesa, Basedow iadeixando que sua imaginação fosse paulatinamente, desenhando, em suamente, o plano de educação que viria a ser sua obra máxima. Uma escola,onde o treinamento físico e mental marchassem paralelamente e trouxessem àeducação dos jovens de seu tempo, um cunho que possibilitasse odesenvolvimento integral da personalidade humana.Durante vários anos, Basedow perdeu-se em conjeturas e estudos,e, quando parecia que sua reforma educacional iria esboroar-se diante daincompreensão ambiente, o aparecimento de "Emílio" deu-lhe nova alma,restituindo-lhe a confiança esmaecida e tangeu-o para a luta, que haveria designificar o seu triunfo e a sua glória. A coincidência de suas idéiaseducacionais com os métodos de Rousseau, expostos no "Emílio", animaram-no a retomar a campanha iniciada com ardor e entusiasmo pouco comuns.Uma série de planos para a escola modelo, onde a educação física fossetratada no mesmo nível que a intelectual, despertou a atenção dos educadoresda época. Mas a solidariedade dos que o escutava não passava daquelasolidariedade espiritual, que não demanda esforços e não possibilita também arealização material das coisas.Todavia, seus esforços haveriam de encontrar eco, haveriam deimpressionar alguém e foi fora dos quadros de educadores que Basedow pôdeconseguir quem lhe possibilitasse a realização material de sua reforma. Oduque de Anralt o convidou para estabelecerem Dessau a sua escola. Nasceu,então, em 1774, o Philantropinum, nome dado ao estabelecimento queconcretizava os ideais do educador germânico. O Philantropinum foi a primeiraescola dos tempos modernos a ter um cunho fundamente democrático, pois,seus alunos provinham indiferentemente, de todas as camadas sociais. Foitambém, a primeira escola a incluir a ginástica no curriculum, no mesmo planodas matérias chamadas teóricas ou intelectuais. Nos seus primeiros anos defuncionamento, o Philantropinum lutou com sérias dificuldades. Após um ano emeio de existência, o total de seus alunos atingia a modesta cifra de 15. Osmétodos usados por Basedow, porém, conseguiram convencer e atrair os
 
Texto do Livro: História Geral da Educação Física, MARINHO, Inezil P. 2ª ed. São Paulo: CIABrasil. Editora, 1980. Trabalho realizado por Leonardo Delgado
educadores da época. E, quando mais tarde, foi obrigado a deixar a direção desua escola, teve a alegria de ver suas idéias e seus métodos servindo de basea inúmeras instituições que sobreviveram e deram à educação do jovemalemão um caráter diferente do até então usado.No Philantropinum, Basedow reservava 5 horas por dia para oestudo, 3 horas para a recreação, que compreendia a prática da esgrima, daequitação, da dança e da música, e de outras 2 horas para os trabalhosmanuais. Basedow ainda prescrevia o treinamento militar e as excursões a pé.No verão aconselhava pequenas incursões no campo, onde os alunospoderiam pescar e caçar, e, em contacto com a natureza, estudar a geografia eas ciências naturais. Contudo, Basedow, guardou da Ritteracadenne de Soroefundas reminiscências. Introduziu no Philantropinum práticas que se habituaraa ver naquela escola dinamarquesa. Assim, os "exercícios para oscavalheiros", que constavam de lições semanais de dança e esgrima para osalunos mais velhos e seis lições por semana, de equitação - constituíram ascontribuições daquela escola para nobres, na qual Basedow começou aconceber sua proveitosa reforma nos métodos de educação.Mas Basedow teve auxiliares preciosos no seu empreendimento.Não foi só que conseguiu pôr em prática toda aquela sua maravilhosaconcepção. John Frederich Simon foi um auxiliar eficiente e notável. Graças aele, o Philantropinum recebeu inovações que se transformaram em verdadeirosmotivos de glória para a instituição de Basedow.Simon compreendeu que as crianças de tenra idade não poderiamreceber a mesma educação que as demais. Cogitou então de estabelecermodelos diferentes de trabalhos e introduzir modificações no sistema. Então,surgiram a "ginástica grega", e uma série de jogos ou competições de corridas,lutas, lançamentos e saltos semelhantes àquelas que tinham lugar naspalestras gregas. Ainda Simon preocupou-se com as instalações materiais quepossibilitassem a realização das provas. Tanques de salto foram construídosbem como diversos aparelhos para ginástica. Escadas, balanços, barras deramuma fisionomia própria à escola. Os jogos ganhariam com Simon um novoalento. Eram dirigidos por um professor e atendiam às diferençascondicionadas pelas idades dos alunos.Johann Jacob Du Toit foi outro colaborador eficiente de Basedow.Com ele, novas variedades de exercícios vieram compor o quadro da educaçãofísica. A natação, a patinação, o canto, o tiro ao alvo, as marchas, as excursõesa pés os exercícios de levantar e transportar sacos com os braços acima dacabeça ou ainda na horizontal, até que as dores acusassem o fim de suasresistências musculares, foram as novas modalidades acrescidas ao sistemausado no Philantropinum.Com estas inovações no curriculum escolar, o Philantropinum seperfilou como uma escola sui generis. Seus resultados foram excelentes, masnão suficientes para mantê-lo aberto por muito tempo. Em 1793, fechoufinalmente suas portas depois de abrir um, caminho mais luminoso para aeducação dos jovens daquele tempo. Todavia, seu exemplo proliferou e várias
 
Texto do Livro: História Geral da Educação Física, MARINHO, Inezil P. 2ª ed. São Paulo: CIABrasil. Editora, 1980. Trabalho realizado por Leonardo Delgado
escolas apareceram em solo germânico tendo por base o sistema usado noPhilantropinum. Na Suíça e em Mannheim duas instituições surgiram, mastiveram também a mesma vida efêmera. Caberia a Salimann, um ex-professordo Philantropinum, criar uma instituição que atravessaria séculos e seria aherdeira dos sistemas que celebrizaram Basedow Foi o SchnepfentalEducational Instltute, cuja existência foi de um labor fecundo pela causa daeducação física.Finalmente Basedow, com sua reforma educacional concretizada noPhilatropinum, merece as honras de ser o primeiro educador moderno quecolocou a educação física em uma posição de importância no curriculumescolar.Guths Muths, considerado o pai da ginástica pedagógica moderna,nasceu em Quedlinburg, a 9 de agosto de 1759, e realizou seus estudosclássicos na Universidade de Halle. Em maio de 1785, foi levado por Salzmannpara Schnepfental, onde se consagrou fundamentalmente à ginástica, emborade 1800 a 1835, tenha publicado trabalhos de geografia e de pedagogia. É naobra "A Ginástica para a juventude", publicada em 1793, que Guts Muthsexpõe os seus princípios pedagógicos. Em 1817 publica "Livro de Ginásticapara os filhos da Pátria", oferecido à nobreza e ao povo de seu país. Publicaainda numerosos outros livros, dentre eles, em 1798, um tratado de natação.Escreve ele:
"Eu bem sei que uma verdadeira teoria da ginástica deverá ser fundadasobre bases fisiológicas e que a prática de cada exercício ginásticodeverá ser calculada segundo a constituição de cada indivíduo. Não sedeve, entretanto, procurar esta perfeição em meu trabalho, porque nãoestá baseado mais que sobre as experiências conscienciosas dumaprática de oito anos, que me convenceu de que a ginástica énecessária à educação e que, tal e qual eu a dou aqui, com seus,diversos exercícios, longe de ser nociva, ela é extremamente útil tantopara o espírito quanto para o corpo".
Admirador das antigas concepções gregas e influenciado pelosgrandes humanistas, esposa os princípios seguintes;1 - O homem é uma unidade física e espiritual.2 - A debilidade do corpo conduz à da alma.3 - A mais alta cultura intelectual, sem educação corporal não produzmais que uma personalidade incompleta, falta de saúde, de alegriade viver, de beleza corporal, de força de resistência, de velocidade,de vontade e de coragem. Cada qual deve ser um todo e não umfragmento humano.4 - A ginástica natural dos povos primitivos deve nos civilizados, sersubstituída por uma arte ginástica; esta pode ser militar, atlética, oumédica, mas a única arte ginástica de real valor para todos é aginástica pedagógica; ela fortifica a alma e o corpo e tem uma altasignificação social e patriótica; ela é o meio educativo fundamentalpara toda a nação.5 - O dever mais alto do Estado e dos mestres é o de organizar aginástica pedagógica e de a propagar: querer o fim é aplicar os

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->