Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
46Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Teoria Geral Do Direito Civil

Teoria Geral Do Direito Civil

Ratings: (0)|Views: 2,786 |Likes:
Published by Sininhu_41

More info:

Published by: Sininhu_41 on Mar 24, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/07/2014

pdf

text

original

 
Teoria geral do direito civil
 
1
Teoria ± significa estudo dodireito civilatravés de uma teoria geral.
D
ireito das coisas;
D
ireito das obrigações; Conjunto de problemas comuns do direito civil.
D
ireito da família; Estuda as soluções do direito civil.
D
ireito das sucessões.Ramos específicos do direito civil.Código civilParte geral -2 títulos:
D
as leis, sua interpretação e aplicação; 
D
as relações jurídicas. Problema:A teoria geral do direito civil não é muito ambiciosa? Sim, todas as teorias o são.Mas uma teoria é muito difícil de fazer, mais difícil do que um parecer. Uma teoria quetenha que ser aplicada para o futuro em todos os casos é muito mais difícil de construir, pois tem que abranger muita coisa, é demasiado ambiciosa.A teoria geral é problemática.O nosso código civil no contexto internacional é muito jovem.OBGB= Burgerlidres/gesetz/bruch = zivilgesetbuch(o livro das leis civis)Alemanha Federal (1876) ± código civil ± AlemanhaCódigo civil francês (1804)Código civil italiano (1942) ± (código Mussolini ± fascista)Teoria geral do direito civil=teoria geral relação jurídica
(1945)
 
Teoria geral do direito civil
 
2
Os países mais evoluídos a todos os níveis têm códigos muito mais antigos. Os países que estão sempre a criar novas leis são os menos desenvolvidos, com menoscultura jurídica.Formação jurídica (quem tem leis mais antigas).O nosso código civil tomou como exemplo o código alemão (Allgeneinen Teil).A parte geral do código civil é de 1966, por isso já existia a cadeira teoria geralantes de existir a parte geral para o mesmo.Em 1867 foi criado o primeiro código civil ± código de Seabra.Tinha outro modelo. Seguiu o modelo francês (o código napoleónico). Não tinha parte geral. Não é forçoso que para haver a cadeira de teoria geral, haja uma parte geraldo código.Há uma corrente metodológica designada de jurisprudência dos conceitos.Parte perigosa da teoria geral ± a parte geral recorre a remissões. A parte geralfaz sentido porque há regras em comum aos diferentes ramos do direito. Para nosestarmos com constantes repetidas, vai para a parte geral aquilo pertencia à parte geral.Exemplo:Artigo 437º código civil ± direito à resolução. 
y
 
A resolução pode ser legal; 
y
 
A resolução pode ser por convenção (acordo com as duas partes). Consiste em cessar o contracto (desfazer o que foi feito).
D
ireito de umcontraente de extinguir um contracto. Num contrato ± 2 teses: tese ± art. 437º2ª tese ± art. 796ºSó se recorre a este artigo (437º) se a lei não tiver distribuído regras específicasde risco.O contrato de compra e venda, é um contrato real e obrigacional.Conteúdo da teoria geral do direito civil.O que é o direito civil;Problemas comuns àsnormas de direito civile as relações jurídicas do direitocivil.Há alguns casos que não são específicas, mas comuns a todos os casos.
y
 
O que é uma norma jurídica;
y
 
Como se classificam;
 
Teoria geral do direito civil
 
3
y
 
Como se relacionam com os princípios transpositivos;
y
 
Q
ual a previdência de norma jurídica;
y
 
Como se interpretou a norma jurídica.Art.9ºRelação jurídica ± é a relação de vida social disciplinada pelo direito. Sãovínculos que se estabelecem entre as pessoas, juridicamente relevantes.Exemplo:Relação entre vendedor e comprador Objecto mediato ±  bem; Objecto imediato ±  prestação Fonte:obter o objecto / bem OBGBassenta na relação jurídica.Há quatro tipos de relação jurídica:Obrigacional ± direito das obrigações; Real -direito das coisas; Familiar -direito da família; Sucessório -direito das sucessões. Relação jurídicaSujeito ± pessoas SingularesColectivas AssociaçaoSociedadesHumanas(valor fundamental do direito)A relaçao juridica tem limites, os principios comuns que justificam a teoria geralvaler a pena para os negocios patrimoniais e por sua vez com negocios patrimoniaisdentro da vida (intervivos). Não valem para negocios pessoais nem após a morte.Teoria geral do direito civil
Teoria geral do ordenamento jurídico civil
 
 Norma do direito civil
D
ireito objectivoConjunto de normas jurídicasFaculdade ou poder que alguém tem deexigir algo de outrem.
D
ireito subjectivoRelação jurídicaTeoria geral da relação jurídica civil
 

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->