Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
REMOND SÉCULO XX 59-73

REMOND SÉCULO XX 59-73

Ratings: (0)|Views: 25 |Likes:

More info:

Categories:Topics, Art & Design
Published by: Alexander Martins Vianna on Mar 28, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/03/2010

pdf

text

original

 
r
t
Ri.no!J~~.
D~xx.
$~~:
~/2.çx)2·pp.5'1-~3
4
ACRISEDASDEMOCRACIASLIBERAIS
AntesdeexaminaroprocessopeloqualaEuropaseviudenovoatirada
à
guerra,aosairdeumapazprecáriaeinstável,háquevoltarumpoucoparatráseexaminar,umdepoisdooutro,oscomponentesdacrisequeculminarácomoiníciodaguerraem1939.Veremos,assim,alternadamente:acrisedademocraciaparlamentarclássica;acriseeconômicaqueomundotemdeenfrentarapartirde1929ecujasrepercussõesinteressamtodososaspectosdavidaemsociedade;aascensãodasdoutrinasfascistasedosregimesautoririos;oproblemacriadopelaexistênciadeumregimecomunistanaUniãoSoviética.Voltaremos,porfim,aodesenrolardascrisesinternacionaisqueresultaramnadeclaraçãodeguerrade1.0desetembrode1939.Acrisedasdemocraciasencontrasuaraodesernaconjuãodosataquesquelhesodesfechadosdoexteriorpelofascismoepelocomunismoedasfalhasdeordeminterna.
É
precisamenteessacon-juãoquelheconferegravidade.Seademocracia
só
tivessetidodifi-culdadesinternas,aopinoblicaseteriaresignadoeademocraciatriunfaria.Omesmoteriaacontecidoseelativessederepelirapenasosataquesdoexterior,semencontrarcumplicidadesnointerior.Masháconcomitânciaentreossinaisdefraquezaeosataquesquelhedesfereminimigosirredutíveis,quelheculpamosprópriosfunda-mentos;ocomunismoeofascismoparecemmaisdimicos,maismo-dernos,maisadaptados,prevalecem-sedeumaeficiaquesereputasuperior,argumentamcomasdeficnciasinternasdademocraciaepretendem,emfacedoforrnalisrnodademocraciaburguesa,instaurar umaordemmaisjustaemaisigualitária.Deixemos,porora,ascrí-ticasdosadversáriosparaexaminarosdefeitosinternos.Ademocraciadiversossinaisdefraquezaque
é
precisodestacarparaperscrutar-lhesascausas.Asuacriseprovémdosentimento,
59
 
exatoouerrôneo,daínadequaçãodosprincípioseinstituiçõesdade-mocraciaclássica,istoé,liberaleparlamentar,àscircunstâncias,pro-blemasedisposõesdoesritoblico.Esse
é
oelementocomumatodosospaíses,quersetratedos EstadosUnidos,quersetratedosjovensEstadossurgidosdosescombrosdoImpérioAustro-Húngaro.Assituaçõespodemdiferirmuitíssimo;masemtodaapartevigoraamesmaimpressãodequeademocracia
nãoseadaptaàsnovascircunstâncias.Podemosagrupar
grossomodo
osdiversoscasosemdoistiposdis-tintos.Deumlado,asvelhasdemocracias,istoé,ospaísesemqueademocraciaéaformadogovernohámuitotempo,emqueestáarrai-gadanosrníbitoseinstituições,emquetambémsetornouumatradição.
É
ocasodaEuropaOcidental.Nessespaíses,ademocraciasofreprecisamenteporhaver-setor-nadoumatradão.Censuram-lheaancianidade.Elaparecedesusada, anacrônica.Carregaopesodaidade,torna-sesinônimodeumpassadoagoracaduco.Ofascíniodanovidadeoperaemfavordosseusinimigos.Poroutrolado,nospaísesqueacabamdechegaràexistência,aPolôniaressuscitada,aHungriaouaIugoslávia,aconteceocontrio: ademocracianãopodeparecer-oque
é
muitonatural-oprimidapelopassado;masparece,aocontrário,prematura,jáqueaopiniãopúblicaeasociedadenãoestãoprontasparaacolhê-Ia.
É
umame-nicademasiadocomplexa,umsistemadelicadodemaisparasociedades politicamentetoscas.Assim,aomesmotempo,exprobra-se
à
demo-cracia,nooestedaEuropa,oserumasobrevivênciaanacrônicae,noleste,umaantecipaçãoinassimivel.Nestecapítuloanalisaremosdemaneiraumpoucomaisminuciosaessesdoisramosdacrisedademocraciacssica.1.ANTECIPAÇÃOMALADAPTADAPARAOSESTADOSJOVENSNospaísesemqueétotalmentenova,ademocraciaparecemaladaptadaàscircunstânciaseaosproblemas.NosnovosEstadosqueacabamdeconstituir-seemdecorrênciadodesmembramentodoimpériodosHabsburgos,ouqueacabamdedestacar-sedoimpériodosczares,aformademocráticaimpôs-sesemdiscussão:essasnaçõesjovensadotaramcomentusiasmoasinstitui-çõesdosvencedores,aosquaisdeviamsuaindependênciaeseurenas-cimento.
60
..,
t
oexistiam,porém,ascondiçõeselementaresparaquefuncio- nassecorretamenteumregimeparlamentar.Precisamenteporhaveremestadodurantemuitotemposujeitasaodomínioestrangeiro,privadas desuapersonalidadenacional,nenhumatradiçãotiveratemponemocasodeconstituir-se;elasnãotinhampodidofazeroaprendizado progressivodeumavidapolíticaampliada. Tampoucoseprestavamaissoasestruturassociais:essapartedaEuropacarecedoequivalentedaburguesiaocidental..Faltamalias categoriasintermediáriasentreosgrandesproprietáriosdeterraseaclassecamponesaserva,ondeaadministraçãoeospartidospolíticosrecrutamnaturalmenteseuscontingentes.Ainstruçãodebasenãoestádifundida.Aclassedoscamponeses
é
analfabeta.Acrescentemosasri- validadesétnicasquesubsistemnointerior:na
Polônia,
entrepoloneseseucranianos,nospsesdaPequena
Entente,
oproblemadasminoriashúngaras.Emtodaaparteaexperiênciadasinstituiçõesdemocráticas
é
falha.Ademocraciaparlamentarfuncionamal,nãoencontraapoionumespíritopúblicoqueaindanemexiste.Mostra-seimpotenteparafundarumEstadoestável,umanaçãouniticada. Rapidamente,asinstituõesparlamentaressãovarridasporgolpesdeforça,queassubstituemporregimesautoririos.AItáliaderaoexemplocomamarchasobreRomaeoestabe-lecimentodofascismo(outubrode1922).Omodelo
é
imitado:outrospaísesseempenhamnomesmocaminhonodecênioquetranscorreentreosanosde1920e1930.NaPolônia,oMarechalPilsudski,libertadordaPolônia,res-tauradordasuaindependência,escora-senoexércitoenossindicatos:essesregimesautoritáriosencostam-secomfreqüênciaemforçaspopu-lares.Sãogeralmentemenosreacionáriosdoqueosgrandesproprie-táriosdeterras.Pilsudskiempolgaopoder;mantémcomhabilidadeafachadadaconstituiçãorevisada,masdetém,defato,arealidadedomando.Oregimeditatoriallhesobreviverá:omarechalmorreem1935;depoisdele,vemochamadogovernodoscoronéis.OMinistrodosNegóciosExteriores,CoronelBeck,pertenceaessaequipede militares.ATurquiaofereceumcasosemelhante,mascomumadiferença:aPolôniafiguraentreosvencedores,aopassoqueaTurquiaestádoladodosvencidos;nosdoispaíses,entretanto,umchefemilitarno qualseencarnaavontadedeindependênciatorna-sesenhorinconteste dopoder:MustafáKernal,quesalvouopaísdaderrotaedaruína, quederrotouosgregos,acumulatodasasfunções.
--oÉ,
aomesmotempo,presidentedanovaRepública(poisosultãofoidepostoeo
l
',
l
61
 
califadoabolido)epresidentedaGrandeAssembléia.MustafáKemalmorreráem1938,masokemalismo,despotismoesclarecidoadaptadoàTurquiadoséculoXX,lhesobreviverá:trata-sedemodernizaroEstado,tornã-loeficazeconsolidaraunidadenacionalpormeiodemétodosautoritários.NaGrécia,algunsanosmaistarde,oGeneralMetaxasestabeleceumregimededitadura.NaIugoslávia,paramanteracoesãodojovemEstadomultina-cionaltrabalhadoporforçascentrífugasemquecroataseeslovenosdificilmenteaceitamapredominânciadossérvios,oReiAlexandreIestabeleceumaespéciededitadurareal.SeuexemploseráseguidopeloReiCaroldaRomênia.NaHungria,depoisdeesmagadaaditaduracomunistadeBelaKun,oAlmiranteHorthyexercearegência:aHungriamantémficti-ciamenteaformamonárquica,masotronopermanecevazio,jáqueasgrandespotênciasseopõemàpresençadeumHabsburgono
sólio
húngaro.ImpulsionadaporMons.SeipelepeloChancelerDollfuss,aÁustriatambémseorientouparaumregimeautoritáriodetipoespecial,cristãosocialecorporativo,quepretendeaplicaradoutrinasocialdaIgreja.Aenumeraçãodessespaíses,porsimesma,ésignificativa:Po-
lônia,
Hungria,
Romênia,
Iugoslávia,Grécia,Turquia:todaaEuropaoriental,danubianae
balcânica,
quesempreestevepotica,intelectualeeconomicamenteatrasadaemrelação
à
EuropaOcidental,amesmaEuropaqueadodespotismoesclarecido,eque,doisséculosmaistarde,recorreaformasdegovernoquelheilustramaposteridade.Nessaregião,umúnicopaísconstituiexceçãoemerecesermen-cionado,poisasexceções,oraro,possuemumavirtudeiluminadora:aTchecosloquia,quepermanecefielàsinstituiçõesdemocticasatéMunique;atéodesaparecimentodo.Estadothecoslovaco,ademocraciacontinuaráaserasuaformadegoverno.Porqueessa
enclave
demo-cráticanoseiodeumaregiãototalmentesimpáticaaosregimesauto-ritários?Váriassãoascausas.Há-ashistóricas:aBoêmiarepresentavanoimpériodosHabsburgosumadasprovínciasmaisocidentalizadas.Con-tandojácomumaburguesialiberalnumerosa,ativa,esclarecida,foiumadasprimeirasregiõesaindustrializar-se.Nelaseencontraumaclasseoperárianumerosa,umsindicalismo,umasocial-democracia,Outrostantosfatoresfavoráveis.HánaTchecoslováquiaoquehavianaEuropaOcidentalefaltavaaorestodaEuropaOriental,asaber,
62
umasociedadecomplexaediferenciada,umaeconomia
parcialmenteindustrial,tradiçõespolíticas,bitosdediscuso,instruçãoelementarlargamentedifundida.Aessascausas,cumpririaajuntaraaçãodasforçaspolíticas,opapeldosJovensTchecos,omovimentodos
Sokols,
apersonalidadedeestadistasentreosquaisfigura,emprimeirolugar,oPresidenteMasaryk,fundadordaTchecosloquiaindependente.Ocontágioautoritárionãoselimita
à
EuropaOriental.Convémacrescentaraessalistadepaíses,quetinhamemcomumofatodeseremvencidosdavésperaounovosEstados,ocasodospaísesmedi-terrâneos;aItália,desdeamarchasobreRoma,comaditadurafas-cista;aEspanha,onde,comoassentimentodoReiAfonsoXIII,oMarechalPrimodeRiverasetorna,em1923,umPrimeiroMinistroautoritário,eessaditaduramilitarerealseprolongaaté1930e1931.Nodiaseguinteàseleiçõesmunicipaisdeabrilde1931,quedãomaioriaaoscandidatosrepublicanos,oreiabdicaeareblicasubstituiamonarquia.Masaexperiênciaserábreve.Podeincluir-seaEspanhanafamíliadospaísesemqueademocraciaseadaptamal.Oscincoanosdecorridosentre1931e1936foramanosdeagitação,prelúdiodagrandeguerracivilquedilaceraráaEspanhade19.36a1939,inquie-taráorestodaEuropaeprepararáainstauraçãodaditadurafranquista.EmPortugal,em1926,depoisdeunsquinzeanos,oregimerepu-blicano,atassalhado,combatidopelasfacções,foiderrubadopeloer-cito,queinstalounopoderoGeneralCarrnona,emnomedoqualgo-vernaráSalazar:ditaduratécnica,discreta;oEstadonovosubsistiuaté1974,quasecinqüentaanosdepoisdasuainstauração.Assim,portodaaEuropa,entre1920e1930,ademocraciaclássica,caracterizadapeloapegoaosprincípiosliberais,cedeopassoaregimesautoritários:aliberdaderecuadiantedaautoridade.Podefalar-sedeumaepidemiadeditaduras.Paraseterumavisãocom-pletadofenômeno,seriaprecisoligar-lheaUniãoSoviéticaeaditadurastalinistae,foradaEuropa,osregimesautoritáriosaparentados:naAméricaLatina,oBrasilcomVargas,ouoJapãocomacastamilitar.Assim,emnumerosospaíses,ademocracianãoconseguecriarraizesduráveis.Surgecomoumregimeprecário,inadaptadoàscon-dições,possibilidadesenecessidadesdosjovensEstados.
2.
SOBREVIV~NCIAANACRONICANASVELHASDEMOCRACIAS?Aomesmotempo-ouumpoucomaistarde-asinstituiçõesdademocracialiberalconhecemtambémdificuldadesnospaísesque
63

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->