Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
32Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Artigo - Ética e Moral

Artigo - Ética e Moral

Ratings: (0)|Views: 3,343 |Likes:
Published by fabiocamargo21

More info:

Published by: fabiocamargo21 on Mar 30, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/01/2013

pdf

text

original

 
475
Contrapontos - volume 8 - n.3 - p. 475-488 - Itajaí, set/dez 2008
CONTRAPONTOS
*
Mestre em Educaçãopela UNICID.Licenciado emFilosofia pela PUC-SP.Membro da diretoria da Associação Brasileira deEducadores Lassalistas(ABEL). E-mail:
roque.amorim@lasalle.org.br 
Correspondência:Rua Santo Alexandre,93 – Vila Guilhermina.São Paulo/SP. CEP:03542-100 Artigo recebido em09/09/2008 Aprovado em29/10/2008
Resumo
O artigo apresenta, inicialmente, um panorama descritivo das conseqüências dorelativismo ético e do eclipse da moralidade, tanto do ponto de vista social quantodo ponto de vista filosófico. Em seguida, a partir da definição de ética e moralassumida por Yves de La Taille, o texto apresenta algumas inferências possíveis sobrea concepção de ética, presentes nas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Cursode Graduação em Pedagogia. Finalmente, são apresentadas algumas perspectivasque a discussão sobre ética e moral pode assumir na Educação e, especificamente,na formação de professores.
 Abstract
Firstly, this article gives a descriptive overview of the consequences of ethicalrelativism and moral decline, from both social and philosophical perspectives.Secondly, based on the definition of ethics and moral of Yves de La Taille, itpresents some possible inferences on the concept of ethics, present in the NationalCurricular Guidelines for Graduate courses in Pedagogy. Finally it presents someperspectives on the role of ethical and moral discussion in the Education, focusing,more specially, on its role in teacher training
Palavras-chave
Ética. Formação inicial do professor. Moral.
Key words
Ethics. Initial teaching training. Morality.
SOBRE FORMAÇÃO DE PROFESSORESE O DESAFIO DA ÉTICA E DA MORAL
1
TEACHER TRAINING AND THE CHALLENGE OF ETHICSAND MORALITY
Roque do Carmo Amorim Neto
*
011-artigo11-475-490.indd 475
011-artigo11-475-490.indd 475
4/2/2009 14:28:16
4/2/2009 14:28:16
 
CONTRAPONTOS
476
Sobre formação de professores e o desafio da ética e da moralRoque do Carmo Amorim Neto
Discutir ética e moral, em qualquer área da ação humana hoje, apresenta-se comoum desafio. Em se tratando da educação e, especificamente, da formação deprofessores, um desafio com proporções ampliadas. Isso se deve não apenas pelaemergência do chamado “homem light”, expressão do relativismo ético, ou ainda,pela gradual extinção do termo “moral”. Também se deve à própria complexidadedo processo de formação do professor que exige muito mais do que somente umaabordagem técnico-intelectual e instrumental.No Brasil, a normatização para o preparo ao exercício da docência, a Resoluçãodo Conselho Nacional de Educação, que institui as Diretrizes CurricularesNacionais para o curso de Graduação em Pedagogia e licenciatura, situa a formaçãode professores numa perspectiva integradora, que visa formar sujeitos éticos ecomprometidos com a construção de uma sociedade realmente justa. As Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de Graduação em Pedagogialevam em conta o atual contexto da sociedade humana, quando fazem referênciaao agir ético e aos princípios éticos; o que ocorre, diversas vezes, como um objetivoa ser alcançado. Isso desencadeia inúmeras possibilidades de ação, especialmente,nas instituições de ensino superior. Atualmente, ao refletir sobre a formação deprofessores, torna-se possível ultrapassar a polarização dicotômica entre, porexemplo, teoria e prática, formação pessoal e formação profissional.Partindo de uma abordagem hermenêutica - que possibilite algumas inferências etambém a atribuição de sentidos -, o objetivo deste artigo é apresentar os elementosque circundam a formação inicial de professore, especialmente através das diretrizesdo Curso de Pedagogia, do ponto de vista da ética e da moral, a fim de identificarquais as conseqüências e desafios que emergem, nesta formação em particular, tendoem vista o exercício de precisão conceitual dos termos ética e moral.
Do relativismo ético ao eclipse da moral
 A emergência do “homem lightI”, identificada por Enrique Rojas (2004), dá-se baseadana tetralogia niilista: hedonismo, consumismo, permissividade e relativismo.O hedonismo, aqui, é compreendido como ideologia e comportamento do“sentir-se bem, custe o que custar”. Esta ideologia tem sido levada ao extremo,
011-artigo11-475-490.indd 476
011-artigo11-475-490.indd 476
4/2/2009 14:28:21
4/2/2009 14:28:21
 
477
Contrapontos - volume 8 - n.3 - p. 475-488 - Itajaí, set/dez 2008
CONTRAPONTOS
chegando à perda de ideais e de sentido para a vida, numa busca compulsiva denovas e excitantes sensações. Portanto, ao considerar esta busca como a finalidadeda vida, tudo passa a ser permitido, numa pretensa onipotência que relativiza tudoe torna a relativização absoluta, inclusive em relação às regras de convívio social.Hedonismo, permissividade e relativismo são embalados pelo consumo; dessemodo, parece existir um novo mandamento praticado, diariamente e com frenesi,nos seus templos, os shoppings: “você é tão valioso, amado e estimado, quanto oseu poder de aquisição”. A vida do planeta encontra-se em risco em função deste consumo irresponsável: crisede energia, secas, inundações, inversão climática, fome, imigrações... E, diante disso,parece descabido que os medidores de riquezas das nações estejam baseados em suacapacidade de consumo. Não se trata apenas de consumir, mas de consumir produtoslight. Pior, não se trata apenas de ingerir estes produtos, trata-se de levar uma vidalight: superficial, sem conteúdo, sem sentido, na qual o importante é sentir-se bem eaproveitar o momento com frivolidade. As conseqüências disso vêem-se disseminadasentre as várias faixas etárias, não apenas entre jovens e adolescentes.O habitat natural do “homem light” é a sociedade do espetáculo, na qual não hátempo para a consistência intelectual ou para a reflexão. O alimento intelectual eideológico é bastante frágil, não havendo necessidade de refletir sobre coisa alguma,pois o que conta é aquilo que chama a atenção, o que atrai é ser divertido, o ideal éter um comportamento ousado, é ser considerado “chocante”. É neste contexto quea moda, embora passageira, é definidora da conduta de tantas jovens anoréxicas oubulímicas, e o corte de cabelo de uma “celebridade”, como um valor, é comentadoe imitado, imediatamente, em todos os continentes.Na sociedade do espetáculo e do entretenimento, regida pelo “homem light”, estádisseminada a cultura do zapping, que tenta abarcar tudo sem se interessar pornada. Como naquele costumeiro exercício de passear por vários canais televisivos,sem prestar atenção verdadeira em nenhum deles; olha-se tudo sem real interesse,nada prende a atenção. Uma silenciosa celebração ao tédio.Outra vertente desta cultura está no mundo virtual, possibilitando uma interatividadeainda maior do que a do controle-remoto, mas mantendo um útil anonimato que podeser usado de forma, muitas vezes, destrutiva. A gravidade das proporções a que esteanonimato chega pode ser mostrada em um único exemplo: o adolescente brasileiro,Vinícius Gageiro Marques, de 16 anos, incitado ao suicídio, teve morte acompanhada
011-artigo11-475-490.indd 477
011-artigo11-475-490.indd 477
4/2/2009 14:28:21
4/2/2009 14:28:21

Activity (32)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Moniery Silva liked this
Jose Bernardi liked this
Brenda Escarllet liked this
viniciussilveira liked this
gi_loma9703 liked this
Anete Ferraz liked this
Adriana Oliveira liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->