Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
20Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Emigração

Emigração

Ratings: (0)|Views: 2,704 |Likes:
Published by ap-esseia

More info:

Published by: ap-esseia on Mar 30, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/21/2013

pdf

text

original

 
 
FUNDAMENTAÇÃOTEÓRICA
Emigração
 
 
1
Olhai, olhai, vão em manadas 
Os emigrantes…
 Uivos de dó pelas estradas,Junto dos cais, nas amuradas 
Das naus distantes…
 Velhinhas, noivas e crianças,Senhor! Senhor! 
 Ao voar das últimas esp’ranças
 Crispam as mãos, mordendo as tranças,Loucas de dor! Lá vão levados, lá vão levados,
Pelo mar alto…
 
 Adeus, ó noites nos eirados…
 Adeus, ó beijos perfumados,
Beijos d’Agosto à luz do luar!...
 Adeus, divinos horizontes,Inda a cantar nos olhos seus! Adeus, manhãs doirando os montes! Erva do campo, água das fontes,
P’ra sempre… adeus! 
 Lá vão levados, mar sem fundo,Longe das noivas e dos pais!...
Terras, Jesus! Nos fins do mundo…
 Voltarão? Quando, mar profundo? 
1
 
Desde o princípio dos tempos que o Homem deixa o lugar onde nasceue se desloca para novos locais. Os motivos são muitíssimo variados,combinando-se entre si e levando milhões de pessoas a, durante toda a
1
 
Finis Patriae (1890), 6.ª ed., p.56. In SERRÃO, Joel
 –
 
A Emigração Portuguesa 
. Lisboa: Livros Horizonte 1977.
O fenómeno da emigração em Portugal
 
 
2
História, deixar o seu local de origem e mudar-se para um novo sítio em buscade uma vida melhor.Actualmente, com a crescente mutação do mundo para uma aldeiaglobal, é cada vez mais fácil a deslocação, tornando-nos, mais do que pessoascom diferentes nacionalidades, cidadãos do mundo.O fenómeno da emigração tem estado presenteao longo dos tempos, sendo um factor determinantepara a estrutura do mundo actual. Responsável porconflitos culturais, pela reconstrução de cidades emruínas, por piadas infames e tantos outros aspectos, aemigração é fonte de controvérsias e debates, sendoapenas unânime o facto de que, se os povos nãotivessem começado a deslocar-se, o mundo que hojeconhecemos não seria o mesmo.Devido a um conjunto de condicionalismos históricos e geográficos,coube a Portugal e Espanha a tarefa de iniciar a expansão europeia
no “novomundo”.
 Desde inícios do século XV até meados do século seguinte, Portugalvive a aventura dos Descobrimentos, dando início, mesmo sem o saber, a umadas formas mais primárias da emigração: a colonização.Desde a conquista de Ceuta, em 1415, logo seguida da descoberta daMadeira (1419), passando pela descoberta do Brasil, em 1500, e pelas Áfricas,os portugueses tiveram não só a missão de chegar a terras até entãodesconhecidas, mas também de as povoar e de as moldar à imagem da suametrópole. A expansão ultramarina trouxe, assim, consequênciasdemográficas, levando vários marinheiros a ficar-se pelas terras descobertas eum número considerável de portugueses a deslocar-se para os novos solos doimpério. À capital do reino vinham parar escravos importados, trabalhando no
 A emigração portuguesa
Figura 1
 –
Símbolos da emigração.
   F  o  n   t  e  :
     h     t     t    p    :     /     /    w    w    w .    w    e     h    e    a    r     t     i     t .    c    o    m
 

Activity (20)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Renata Alves liked this
Marina Silva liked this
Ady Didite liked this
Carolina Mestre liked this
Zé Pedro Mendes liked this
Geisa Lopes liked this
Hugo Silva liked this
Carla Antunes liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->