Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Cartões telefônicos

Cartões telefônicos

Ratings:

4.0

(2)
|Views: 872 |Likes:
Published by dailtontec
Cartões telefônicos.

Bom, vou tentar resumir o máximo. O cartão telefônico funciona no principio básico da indutância (ver qualquer curso básico de eletrônica pra entender melhor).

Sensor do telefone e cartão.

Funcionam como indutor e induzido. Cada 2 pares de pontos ( I~I ) onde os extremos dos"I" são cada ponto e o "~" é a substancia que serve como "ponte" indutora.

Cada 2 pares de pontos do cartão se interligam por uma substancia (não sei qual é a usada) que é altamente Indutiva e sensível a carga eletrostatica, isto é, alteram campos, redirecionam cargas elétricas e se oxidão com eleticidade, já os sensores dos telefones são formandos por uma especie de, detectores de variação indutiva, podese dizer assim, indutores e geradores de cargas eletrostatica. Assim os pontos ( I~I ) do cartão estão ligados por um material indutivo , quando o cartão e colocado no telefone esses pontos acionam também os pontos do sensor do telefone, pois essa substancia serve como uma espécie de ”ponte” para ativar por indução os pontos do sensor telefônico (não a contato direto) e assim detectar que há uma unidade presente! Essa informação e levada para para a area lógica do telefone que é vista no visor como uma unidade.

Quando uma unidade e quebrada.

A central manda um pulso invertido, alternado mais ou menos numa freqüência de 12 Hz, esse sinal e detectado pela parte lógica do telefone e é convertido em uma carga eletrostática de maior intencidade e direcionada para um dos 2 pares de pontos que interligam o cartão, essa carga e absorvida pela substância do cartão que a faz praticamente oxidar quase que por total (*mais as vezes sobram pequenas quantidades) isso acontece a cada queda de unidade, de 2 em 2 pares de pontos (I~I) e a localização no cartão em que vai haver o próximo “bombardeio” eletrostático e aleatória! Sendo que a unidade lógica do telefone deve detectar que teve uma queda de unidade após cada pulso invertido, caso contrario a ligação e interrompida.
Tudo isso acontece por indução, não há um contato direto entre os pontos do cartão com os pontos dos sensores, eles ficão apenas proximos um dos outros.

A tinta do cartão telefonico server apenas para proteger a substancia e suas ligações.

Muitas substancias na natureza são indutoras de campos, metais ,semimetais, o carbono na forma de grafite, etc, mais nem todas se oxidam com um campo eletrostatico direcionado. Um exemplo é se voce colar um pedaço de papel aluminio, ou qualquer outro metal no cartão, o telefone vai detectar unidades a mais, isso é logico pois vai fechar várias duplas de pares de pontos, mais o aluminio não vai se oxidar com o pulso eletrostatico, logo não vai haver uma queda de unidade e a ligação deve cair.

*Quando o pulso eletrostático não consegue oxidar por total a substancia, sobra uma pequena quantidade. Antes bastava esfregar um objeto metálico para espalhar melhor o que sobrou da substancia e redefinir a “ponte” entre os pares de pontos do cartão, assim eram criadas novas unidades. Mais parece que as operadoras já corrigiram isso.

* definiçao de unidade, I~I mais ou menos esse Formato no cartão telefonico
Cartões telefônicos.

Bom, vou tentar resumir o máximo. O cartão telefônico funciona no principio básico da indutância (ver qualquer curso básico de eletrônica pra entender melhor).

Sensor do telefone e cartão.

Funcionam como indutor e induzido. Cada 2 pares de pontos ( I~I ) onde os extremos dos"I" são cada ponto e o "~" é a substancia que serve como "ponte" indutora.

Cada 2 pares de pontos do cartão se interligam por uma substancia (não sei qual é a usada) que é altamente Indutiva e sensível a carga eletrostatica, isto é, alteram campos, redirecionam cargas elétricas e se oxidão com eleticidade, já os sensores dos telefones são formandos por uma especie de, detectores de variação indutiva, podese dizer assim, indutores e geradores de cargas eletrostatica. Assim os pontos ( I~I ) do cartão estão ligados por um material indutivo , quando o cartão e colocado no telefone esses pontos acionam também os pontos do sensor do telefone, pois essa substancia serve como uma espécie de ”ponte” para ativar por indução os pontos do sensor telefônico (não a contato direto) e assim detectar que há uma unidade presente! Essa informação e levada para para a area lógica do telefone que é vista no visor como uma unidade.

Quando uma unidade e quebrada.

A central manda um pulso invertido, alternado mais ou menos numa freqüência de 12 Hz, esse sinal e detectado pela parte lógica do telefone e é convertido em uma carga eletrostática de maior intencidade e direcionada para um dos 2 pares de pontos que interligam o cartão, essa carga e absorvida pela substância do cartão que a faz praticamente oxidar quase que por total (*mais as vezes sobram pequenas quantidades) isso acontece a cada queda de unidade, de 2 em 2 pares de pontos (I~I) e a localização no cartão em que vai haver o próximo “bombardeio” eletrostático e aleatória! Sendo que a unidade lógica do telefone deve detectar que teve uma queda de unidade após cada pulso invertido, caso contrario a ligação e interrompida.
Tudo isso acontece por indução, não há um contato direto entre os pontos do cartão com os pontos dos sensores, eles ficão apenas proximos um dos outros.

A tinta do cartão telefonico server apenas para proteger a substancia e suas ligações.

Muitas substancias na natureza são indutoras de campos, metais ,semimetais, o carbono na forma de grafite, etc, mais nem todas se oxidam com um campo eletrostatico direcionado. Um exemplo é se voce colar um pedaço de papel aluminio, ou qualquer outro metal no cartão, o telefone vai detectar unidades a mais, isso é logico pois vai fechar várias duplas de pares de pontos, mais o aluminio não vai se oxidar com o pulso eletrostatico, logo não vai haver uma queda de unidade e a ligação deve cair.

*Quando o pulso eletrostático não consegue oxidar por total a substancia, sobra uma pequena quantidade. Antes bastava esfregar um objeto metálico para espalhar melhor o que sobrou da substancia e redefinir a “ponte” entre os pares de pontos do cartão, assim eram criadas novas unidades. Mais parece que as operadoras já corrigiram isso.

* definiçao de unidade, I~I mais ou menos esse Formato no cartão telefonico

More info:

Published by: dailtontec on May 10, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/20/2010

pdf

text

original

 
Cartões telefônicos.
Bom, vou tentar resumir o máximo. O cartão telefônico funciona no principio básicoda indutância (ver qualquer curso básico de eletrônica pra entender melhor).
Sensor do telefone e cartão.
Funcionam como indutor e induzido. Cada 2 pares de pontos( I~I )onde osextremos dos"I"são cada ponto e o"~"é a substancia que serve como "ponte" indutora.Cada 2 pares de pontos do cartão se interligam por uma substancia (não sei qual éa usada) que é altamente Indutiva e sensível a carga eletrostatica, isto é, alteramcampos, redirecionam cargas elétricas e se oxidão com eleticidade, já os sensoresdos telefones são formandos por uma especie de, detectores de variação indutiva,podese dizer assim, indutores e geradores de cargas eletrostatica. Assim os pontos( I~I )do cartão estão ligados por um material indutivo , quando o cartão ecolocado no telefone esses pontos acionam também os pontos do sensor dotelefone, pois essa substancia serve como uma espécie de
”ponte”
para ativar porindução os pontos do sensor telefônico (não a contato direto) e assim detectar quehá uma unidade presente! Essa informação e levada para para a area lógica dotelefone que é vista no visor como uma unidade.
Quando uma unidade e quebrada.
A central manda um pulso invertido, alternado mais ou menos numa freqüência de12 Hz, esse sinal e detectado pela parte lógica do telefone e é convertido em umacarga eletrostática de maior intencidade e direcionada para um dos 2 pares depontos que interligam o cartão, essa carga e absorvida pela substância do cartãoque a faz praticamente oxidar quase que por total (*mais as vezes sobrampequenas quantidades) isso acontece a cada queda de unidade, de 2 em 2 pares depontos (I~I) e a localização no cartão em que vai haver o próximo “bombardeio” eletrostático e aleatória! Sendo que a unidade lógica do telefone deve detectar queteve uma queda de unidade após cada pulso invertido, caso contrario a ligação einterrompida.Tudo isso acontece por indução, não há um contato direto entre os pontos do cartãocom os pontos dos sensores, eles ficão apenas proximos um dos outros.A tinta do cartão telefonico server apenas para proteger a substancia e suasligações.
Muitas substancias na natureza são indutoras de campos, metais,semimetais, o carbono na forma de grafite, etc, mais nem todas se oxidamcom um campo eletrostatico direcionado. Um exemplo é se voce colar umpedaço de papel aluminio, ou qualquer outro metal no cartão, o telefonevai detectar unidades a mais, isso é logico pois vai fechar várias duplas depares de pontos, mais o aluminio não vai se oxidar com o pulsoeletrostatico, logo não vai haver uma queda de unidade e a ligação devecair.

Activity (5)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
IURCHRISTIAN liked this
IURCHRISTIAN liked this
sparckdog liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->