Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
11Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
PROVA ENEM 2007 FINAL AMARELA

PROVA ENEM 2007 FINAL AMARELA

Ratings:

4.67

(3)
|Views: 3,813 |Likes:
Published by FBayeux
ENEM - Material sobre O ENEM
ENEM - Material sobre O ENEM

More info:

Published by: FBayeux on May 10, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/06/2012

pdf

text

original

 
 
1
Confira se, além deste CADERNO DE QUESTÕES, quecontém a proposta de redação e 63 questões objetivas, vocêrecebeu o seguinte material:a) CARTÃO-RESPOSTA destinado à marcação dasrespostas da parte objetiva da prova;b) FOLHA DE REDAÇÃO para elaboração da redaçãoproposta.2 Verifique se o seu nome e o número de sua inscriçãoconferem com os que aparecem no CARTÃO-RESPOSTA ena FOLHA DE REDAÇÃO e se a cor de seu CADERNODE QUESTÕES coincide com a indicada nesta capa e norodapé de cada página. Em caso de divergência, notifiqueimediatamente o fiscal.3 Após a conferência, assine seu nome nos espaços própriosdo CARTÃO-RESPOSTA e da FOLHA DE REDAÇÃO,utilizando caneta esferográfica, de preferência, de tinta preta.4 No CARTÃO-RESPOSTA, marque, para cada questão, aletra correspondente à opção escolhida para a resposta,preenchendo todo o espaço compreendido no círculo, a lápispreto n.° 2 ou caneta esferográfica de tinta preta. Preenchaos campos de marcação completamente, sem deixar espaçosem branco.5 No CARTÃO-RESPOSTA, marque, no espaço próprio, aopção correspondente à cor de sua prova:
1 – Amarela; 2 – Azul; 3 – Branca; 4 – Rosa
.Se você assinalar mais de uma opção de cor ou deixar todosos campos em branco, sua prova objetiva será anulada.6 Não dobre, não amasse nem manche o CARTÃO-RESPOSTA ou a FOLHA DE REDAÇÃO. Eles somentepoderão ser substituídos caso estejam danificados na barrade reconhecimento para leitura óptica.7 Para cada uma das questões objetivas, são apresentadas5 opções, identificadas com as letras
A
,
B
,
C
,
D
e
E
. Apenasuma responde adequadamente à questão. Você deve,portanto, assinalar apenas uma opção em cada questão.A marcação em mais de uma opção anula a questão, mesmoque uma das respostas esteja correta.8 O tempo disponível para esta prova, incluído o de elaboraçãoda redação, é de
cinco horas
. Recomenda-se que você nãoultrapasse o período de uma hora e meia para elaborar suaredação. O inscrito com necessidades educacionais especiaisque, por esse motivo, necessita de maior tempo para arealização de suas atividades escolares disporá de 1 (uma)hora a mais para fazer a sua prova, desde que tenhacomunicado previamente a sua necessidade ao INEP.9 Reserve os 30 minutos finais para marcar seu CARTÃO-RESPOSTA.Os rascunhos e as marcações assinaladas no CADERNO DEQUESTÕES não serão considerados na avaliação.10 Quando terminar a prova, entregue ao fiscal este CADERNODE QUESTÕES, o CARTÃO-RESPOSTA, a FOLHA DEREDAÇÃO e assine a LISTA DE PRESENÇA.11 Você somente poderá deixar o local de prova após decorridas2 horas do início da aplicação da prova. Caso permaneça nasala por, no mínimo, 4 horas após o início da prova, vocêpoderá levar este CADERNO DE QUESTÕES.12 Você será excluído do exame caso:a) utilize, durante a realização da prova, máquinas e(ou)relógios de calcular, bem como rádios, gravadores,
headphones 
, telefones celulares ou fontes de consulta dequalquer espécie;b) ausente-se da sala em que se realiza a prova levandoconsigo o CADERNO DE QUESTÕES, antes do prazoestabelecido, e(ou) o CARTÃO-RESPOSTA e(ou) a FOLHADE REDAÇÃO;c) deixe de assinalar corretamente o campo do CARTÃO-RESPOSTA correspondente à cor de sua prova.
CONSÓRCIO CESGRANRIO-CESPE(UnB)
LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES SEGUINTES.
PROVA 1 – AMARELA
EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO
Ministério da Educação
Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP)
 
 
ENEM 2007
 
PROVA 1 — AMARELA — PÁGINA 1
ENEM 2007
 
Ninguém = Ninguém
Engenheiros do Hawaii
Há tantos quadros na paredehá tantas formas de se ver o mesmo quadrohá tanta gente pelas ruashá tantas ruas e nenhuma é igual a outra(ninguém = ninguém)me espanta que tanta gente sinta(se é que sente) a mesma indiferençahá tantos quadros na paredehá tantas formas de se ver o mesmo quadrohá palavras que nunca são ditashá muitas vozes repetindo a mesma frase(ninguém = ninguém)me espanta que tanta gente minta(descaradamente) a mesma mentiratodos iguais, todos iguaismas uns mais iguais que os outros
Uns Iguais Aos Outros
Titãs
Os homens são todos iguais(...)Brancos, pretos e orientaisTodos são filhos de Deus(...)Kaiowas contra xavantesÁrabes, turcos e iraquianosSão iguais os seres humanosSão uns iguais aos outros, são uns iguais aos outrosAmericanos contra latinosJá nascem mortos os nordestinosOs retirantes e os jagunçosO sertão é do tamanho do mundoDessa vida nada se levaNesse mundo se ajoelha e se rezaNão importa que língua se falaAquilo que une é o que separaNão julgue pra não ser julgado(...)Tanto faz a cor que se herda(...)Todos os homens são iguaisSão uns iguais aos outros, são uns iguais aos outrosA cultura adquire formas diversas através do tempo e do espaço. Essa diversidade se manifesta naoriginalidade e na pluralidade de identidades que caracterizam os grupos e as sociedades que compõem ahumanidade. Fonte de intercâmbios, de inovação e de criatividade, a diversidade cultural é, para o gênerohumano, tão necessária como a diversidade biológica para a natureza. Nesse sentido, constitui opatrimônio comum da humanidade e deve ser reconhecida e consolidada em benefício das geraçõespresentes e futuras.
UNESCO.
Declaração Universal sobre a Diversidade Cultural
.
 Todos reconhecem a riqueza da diversidade no planeta. Mil aromas, cores, sabores, texturas, sons encantam as pessoasno mundo todo; nem todas, entretanto, conseguem conviver com as diferenças individuais e culturais. Nesse sentido, ser diferente já não parece tão encantador. Considerando a figura e os textos acima como motivadores, redija um textodissertativo-argumentativo a respeito do seguinte tema.
OOddeessaaffiiooddeesseeccoonnvviivveerrccoommaaddiiffeerreennççaa 
Ao desenvolver o tema proposto, procure utilizar os conhecimentos adquiridos e as reflexões feitas ao longo de suaformação. Selecione, organize e relacione argumentos, fatos e opiniões para defender seu ponto de vista e suas propostas,sem ferir os direitos humanos.Observações:
Seu texto deve ser escrito na modalidade padrão da língua portuguesa.
O texto
não
deve ser escrito em forma de poema (versos) ou narração.
O texto com até 7 (sete) linhas escritas será considerado texto em branco.
O rascunho pode ser feito na última página deste Caderno.
A redação deve ser passada a limpo na folha própria e escrita a tinta.
 
 
ENEM 2007
 
PROVA 1 — AMARELA — PÁGINA 2
ENEM 2007
 
Questão
1
Não só de aspectos físicos se constitui a culturade um povo. Há muito mais, contido nas tradições, nofolclore, nos saberes, nas línguas, nas festas e emdiversos outros aspectos e manifestações transmitidos oralou gestualmente, recriados coletivamente e modificados aolongo do tempo. A essa porção intangível da herançacultural dos povos dá-se o nome de patrimônio culturalimaterial.
Internet: <www.unesco.org.br>.
Qual das figuras abaixo retrata patrimônio imaterial dacultura de um povo?
A
 
Cristo Redentor 
 
B
Pelourinho
 
C
Bumba-meu-boi
D
 
Cataratas do Iguaçu
E
Esfinge de Gizé
 
Figuras extraídas da Internet.
Questão
2
 
Sobre a exposição de Anita Malfatti, em 1917, que muitoinfluenciaria a Semana de Arte Moderna, Monteiro Lobatoescreveu, em artigo intitulado
Paranóia ou Mistificação
:Há duas espécies de artistas. Umacomposta dos que vêem as coisas e emconseqüência fazem arte pura, guardados oseternos ritmos da vida, e adotados, para aconcretização das emoções estéticas, osprocessos clássicos dos grandes mestres. (...) Aoutra espécie é formada dos que vêemanormalmente a natureza e a interpretam à luz dasteorias efêmeras, sob a sugestão estrábica dasescolas rebeldes, surgidas cá e lá como furúnculosda cultura excessiva. (...). Estas considerações sãoprovocadas pela exposição da sra. Malfatti, ondese notam acentuadíssimas tendências para umaatitude estética forçada no sentido dasextravagâncias de Picasso & cia.
 
O Diário de São Paulo
, dez./1917.
Em qual das obras abaixo identifica-se o estilo de AnitaMalfatti criticado por Monteiro Lobato no artigo?
A
 
Acesso a Monte Serrat – Santos
 
D
 
Nossa Senhora Auxiliadora eDom Bosco
B
 
Vaso de Flores
E
 
A Boba
 
C
 
A Santa Ceia

Activity (11)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Douglas Gomes liked this
Ana Marceli liked this
neuzap liked this
Larissa Soares liked this
jacksonlopes2009 liked this
Bllc liked this
brunomelosabadi liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->