Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
178Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Apostila Matemática - Geometria Descritiva Básica

Apostila Matemática - Geometria Descritiva Básica

Ratings:

4.83

(6)
|Views: 35,123|Likes:

More info:

Published by: Matemática Mathclassy on May 15, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

06/09/2013

pdf

text

original

 
 
GEOMETRIA DESCRITIVABÁSICA]Paulo Sérgio Brunner Rabello
Professor Adjunto da Universidade do Estado do Rio deJaneiroEx-Professor Efetivo da Universidade FederalFluminenseEx-Professor da Universidade Santa ÚrsulaLivre-Docente em Construção CivilEspecializado em Geometria e Representação Gráfica
 
 
APRESENTAÇÃO
Ao elaborar o presente trabalho nossa grande preocupação foi produzir um texto simples e abrangente o bastante para descrever com amaior clareza possível os princípios, os mecanismos e as aplicações daGeometria Descritiva.Este livro destina-se, principalmente, aos alunos de graduação emmatemática, engenharia e arquitetura, podendo ser utilizado em qualquer curso superior onde seja necessário conhecer formas e figuras geométricasatravés de suas projeções ou por qualquer outra pessoa que se interesse peloassunto.Aqui trataremos de assuntos que eram objeto de disciplinaespecífica do antigo curso científico (posteriormente, segundo grau) que, por força da reforma do ensino de 1961, deixou de fazer parte do núcleodas disciplinas obrigatórias. Por esta razão, inicialmente são abordados osfundamentos da Geometria Euclideana sob um enfoque um pouco diferentedo habitual, estabelecendo conceitos e proposições que, obedecendorigorosamente os princípios euclideanos, tornam mais simples o seuentendimento.As analogias feitas entre os conceitos considerados primitivos e asobservações e fatos do dia-a-dia, permitem compreender em que bases aGeometria se apóia. São introduzidos, também, os conceitos de elementosimpróprios que permitem esclarecer, sob outra ótica, a noção de paralelismo. É interessante observar que tal fato não altera, em essência,qualquer princípio estabelecido por Euclides.Em seguida é explicado como se processa a projeção de uma figuranuma superfície plana, procurando simplificar o entendimento do fenômenogeométrico através de comparações com projeções cinematográficas oucom as sombras produzidas pelo Sol.A posição do centro projetivo (próprio ou impróprio) e o númerode planos de projeção (um ou mais), utilizados nas projeções de uma figuradeterminam o sistema projetivo utilizado, que é específico para o conjuntode operações projetivas que se fizerem necessárias. A mudança de umcentro projetivo ou de um plano de projeção faz com que o sistema sejaoutro, embora a base de ambos seja a mesma.Métodos Projetivos, Descritivos ou de Representação Gráfica, sãoconjuntos de procedimentos que, utilizando um sistema projetivoespecífico, permite caracterizar e resolver problemas de uma figura através
 
 
de suas projeções. São mencionados como exemplos de métodosdescritivos, os métodos mongeano, das projeções cotadas e o métodoaxonométrico.Com base em tais conhecimentos, foi possível apresentar, de umaforma geral, os procedimentos que devem ser adotados para representar as projeções de figuras geométricas do espaço, sejam elas planas ou não. No final, são estudados os métodos auxiliares que nada mais são doque procedimentos especiais que permitem trabalhar com figuras do espaçoquando alguma de suas partes (ou toda a figura) não está projetada emverdadeira grandeza. É usual denominar tais métodos de descritivos o quenão faz sentido, pois o método descritivo adotado é o próprio métodomongeano.Assim sendo, longe da pretensão de ser um tratado sobre o assunto,esperamos que as pessoas que se iniciarem no estudo da GeometriaDescritiva encontrem nesse trabalho uma fonte confiável de consulta e aosmais experientes no assunto, que formulem suas críticas e sugestões paraque possamos oferecer, no futuro, um trabalho melhor.Finalizando, cabe um agradecimento especial aos ilustres professores Mendel Coifman, Léa Santos de Bustamante, NorbertinoBahiense Filho, Alcyr Pinheiro Rangel e José Luiz Marques Coelho daSilva pelo imenso saber e pelo entusiasmo repassado a todos os seus alunose admiradores que, como nós, tiveram a honra de conhecê-los e de ter tido aoportunidade de absorver o que nos foi possível de seu vasto conhecimento.
Cabo Frio, 5 de junho de 2005

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->