Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Boletim Abr 2010

Boletim Abr 2010

Ratings: (0)|Views: 10 |Likes:
Published by jcruz

More info:

Published by: jcruz on Apr 18, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/12/2014

pdf

text

original

 
S
EMEADO
BOLETIM MENSAL DA IGREJA DE CRISTO NA VILA GUILHERME ABRIL DE 2010 AV. CONCEIÇÃO, 1400 - VILA GUILHERME - 2909-5631

Sr. Ricardo era um irmãomuito amado por toda acongregação. Eu ainda era criançae ele me parecia já ter mais de 100anos. Provavelmente não tinha. Eraum homem de oração que aprendia admirar. Quando eu ainda eracriança conheci asua dificuldadepara ir a igreja queficava bem longede sua casa. Ele jáestava debilitadopor causa da idadee era o únicodiscípulo de Jesusda sua casa. Umdia ele faleceu.Acho que foi oprimeiro velórioque fui na igreja.Nunca me divertitanto.A família,mesmo não sendoda igreja, acreditava que era lá queele gostaria de passar os seusúltimos momentos, mesmofalecido. Eu e as demais criançasficamos literalmente debaixo docaixão dele rindo e brincando.
ORA ÃO
Por: João Cruz
Continua na próx. Pág.
 
Descobri naquele primeiro velórioque os demais velórios de cristãosnão encontraria a tristeza domundo, mas a alegria da vitória."Preciosa é aos olhos do SENHORa morte dos seus santos" (Sl116:15).A oração, na prática, é aconversa aberta e íntima quetemos com Deus. É, Deus nãoprecisa ser informado quemsomos, o que fazemos, quais sãoas nossas necessidades e quais osnossos pecados. Através da oraçãomostramos submissão, amizade,dependência, e batemos na portade Deus.Contei acima a história dosr. Ricardo, um homem de oração.Na congregação local, com suamorte, ninguém tinha dúvidas deque ele tinha sido apenastransferido da igreja daqui debaixo para a lá de cima. Deus oconhecia muito bem, eles sempreestavam conversando. Vi e sabiaque eles conversavam horas,como dois bons amigos. Acho quea oração é uma forma de marcarum encontro pessoal com Deus edizer para Ele que não vemos ahora.Sobre a oração, temosmuita coisa para aprender, masvamos ficar só na teoria? Não,oração é necessidade prática. Amelhor forma para aprender sobreoração é na prática. Eu mesmoreconheço a necessidade de mededicar mais à oração. Confessoque muitas vezes prefiro a prática.Um irmão disse certa vez: “Quersaber se seus planos são de Deusou dos homens? Avalie quantotempo você passa em oração.Mas vamos a algunsensinamentos básicos:Poderia escrever umgrande texto sobre oração, mas
~
2
~
Escola da Bíblia
está precisandode alunos. Se você conhece alguémque gostaria ou precisa estudar aBíblia, entre em contato conosco queestaremos à disposição para ensinar aPalavra de Deus.

Continuação da capa
“Que farei, pois? Orarei com o espírito, mas também orarei com a mente; cantarei com o espírito, mas também cantarei com a mente.”~ 1 Co 14:15 ~

Continua na pg. 05…
 
 
A igreja que se reúne no bairrode Jardim das Flores na capitalpaulistana celebra neste mês deabril seu 46° aniversário. E, emtantos anos, há muitas histórias,muitas vidas, muitas lições, muitasangústias e muitas vitórias a seremcelebradas.
 
Se comparada com aexpectativa de vidade uma pessoaé
 
uma jornada longae que não pode serfruto de ideologiaou vontade humana,mas efeito davontade e do poderde Deus. Pois,apesar de nestalonga jornadamuitas vidas teremsido alcançadas e mudadas pelaproclamação do evangelho,inúmeras em cada geraçãoabandonaram o Caminho apósexperimentar algum tipo deconflito.
 
A falta de graça na vida dealguns irmãos, ao longo das eras,tem sido uma arma eficaz na mãodo inimigo de nossas almas.Quantas não foram as vezes, nãoobstante a uma imensidão deavisos e exortações, em que afofoca e a maledicência fizeramninho em nosso meio,despedaçando anos de esforços efazendo com que irmãos maisfracos se sentissem feridos edecepcionados desistissem deperseverar.
 
Sei que estecenário repete emtoda a parte, vistoque o inimigo quetemos é
 
um
 
inimigo, cujamissão
 
é
 
o fracassoda igreja como obrade Deus paratestemunhas suabondade a estemundo, e de seus membros que acada dia de perseverança é glóriapara nosso Salvador e proclamaçãode seu bom aroma se espalhandopara aqueles que se salvam.
 
Mas, há
 
um alentoincomparável na certeza de que oEspírito do Senhor tem cuidado desua igreja todos os dias desde quenosso Mestre foi recebido nos
 ANGÚSTIAS
~
3
~Continua
na
pág.
08
Por: Francisco Bezerra
“(...) permanecendo firmes na fé, sabendo que os irmãos que vocês têm em todo omundo estão passando pelos mesmos sofrimentos”. (1 Pedro 5.9)
c o n v i d a d o
d o
m ê s

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->