Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
24Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
2 - GERENCIAMENTO DE PROJETOS - ARTIGO 1

2 - GERENCIAMENTO DE PROJETOS - ARTIGO 1

Ratings:

4.5

(2)
|Views: 2,516 |Likes:
BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO GERENCIAMENTO DE PROJETOS – Prof. M.Sc. Diógenes Lima Neto - ARTIGO 1 O presente texto foi extraído de artigo homônimo contido no livro “Gerenciamento de Projetos na Prática”, de Roque Rabechini Júnior e Marly Monteiro de Carvalho (Organizadores), pela Editora Atlas.

BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO GERENCIAMENTO DE PROJETOS – Prof. M.Sc. Diógenes Lima Neto - ARTIGO 1 O presente texto foi extraído de artigo homônimo contido no livro “Gerenciamento de Projetos na Prática”, de Roque Rabechini Júnior e Marly Monteiro de Carvalho (Organizadores), pela Editora Atlas.

More info:

Published by: Diógenes Lima Neto - MSc, MPA, MBA on May 20, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF or read online from Scribd
See more
See less

08/04/2013

pdf

 
F
ORTIUM
– E
DITORA
 
E
T
REINAMENTO
L
TDA
. – CNPJ: 07075247000116SRTVN Qd. 701 Conjunto P – Ed. Brasília Rádio Center, subsolo - Brasília – DF - CEP: 70390-090http://www.fortium.com.br 
BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃOGERENCIAMENTO DE PROJETOS – Prof. M.Sc. Diógenes Lima Neto- ARTIGO 1 -
O presente texto foi extraído de artigo homônimo contido no livro “Gerenciamento de Projetos na Prática”, de RoqueRabechini Júnior e Marly Monteiro de Carvalho (Organizadores), pela Editora Atlas.
Perspectivas da gestão de projetos
“1.1 As duas ondas na Gestão de Projetos A área de Gestão de Projetos tem assumindo maior importância nas empresas, quetêm passado por um processo de transformação, organizando-se para poder dar respostaseficazes e ágeis às questões ambientais e organizacionais.Na década de 90, houve forte retomada em gerenciamento de projetos no Brasil e nomundo, e essa retomada pode ser vista em forma de ondas.Na primeira onda, foram tratadas as questões básicas de gerenciamento de projetos.Nessa onda, proliferaram os cursos de treinamento fundamentais, houve maior atenção nasáreas básicas, com maior concentração na gestão do escopo e do acompanhamento de prazose custos através do uso de cronogramas físico-financeiros, acompanhados de uso maisintensivo da tecnologia de informação na disponibilização das informações do projeto e nautilização de softwares aplicativos desta área.Nestes aspectos, a primeira onda proporcionou maior eficiência às empresas nogerenciamento de projetos. O uso de técnicas e práticas ajudou-as no desenvolvimento deseus empreendimentos através de melhor eficiência na utilização dos recursos. Como diriaPeter Drucker em seu Clássico artigo da Harvard (1963) sobre eficiência e eficácia, permitiu fazer as coisas de forma correta, mas isto tudo ainda é pouco; as empresas agora precisam deum gerenciamento de projetos profissional, sobretudo; para conseguir atingir seus resultadosmais rapidamente, é preciso ser eficaz, ou seja, fazer a coisa certa. A primeira onda criou o caldo de cultura necessário para o surgimento da segundaonda, o que é a gestão de projetos em âmbito organizacional. O desenho da segunda onda emgerenciamento de projetos, além de cumprir os requisitos da primeira, deverá produzir maisresultados: ser mais eficaz! Nesta edição, o gerenciamento de projetos, para poder se apresentar de forma mais profissional, precisa ser desenvolvido com mais criatividade e com menos intuição. A segundaonda deverá levar o gerenciamento de projetos como uma alternativa de inovação da própriaatividade gerencial. A segunda onda deve levar em conta, definitivamente, a integração das áreas deconhecimento em gestão de projetos. Enquanto na primeira onda os gerentes de projetosaprenderam a desenvolver seus empreendimentos, administrando isoladamente escopo, prazos, custos e qualidade, na segunda onda é necessário aprimorar algumas áreas deconhecimento, como é o caso do gerenciamento de riscos em projetos. O uso de técnicas de
GERENCIAMENTO DE PROJETOS – Prof. M.Sc. Diógenes Lima Neto

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->