Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
12Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
ESPORTE, ESCOLA E TRANSFORMAÇÃO SOCIAL

ESPORTE, ESCOLA E TRANSFORMAÇÃO SOCIAL

Ratings:

4.33

(3)
|Views: 10,216|Likes:
Published by REMS_

More info:

Published by: REMS_ on May 20, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

11/04/2012

pdf

text

original

 
ESPORTE, ESCOLA E TRANSFORMAÇÃO SOCIAL
 Sávio ASSIS DE OLIVEIRA
Mestrando em Educaçãopela UFPE, bolsista CAPES Secretaria Estadual do CBCE / PE
 RESUMOO artigo é uma síntese da monografia de conclusão do curso de especializaçãoem Pedagogia do Esporte na UFPE, sob o título "As Dimensões da ReflexãoPedagógica na Obra do Professor Doutor Jorge Olimpio Bento Acerca do Esportena Escola". O estudo se propôs a identificar: os nexos internos da produção doautor e seus determinantes; o projeto histórico ao qual se vincula; o trato com oconhecimento; a correspondência ou não das proposições diante das necessidadesde transformação social. Foram analisadas 7 publicações do autor, utilizando-se ométodo da análise de conteúdo, buscando-se desvendar seu "conteúdo latente". De posse dos principais conceitos foram analisadas 3 dimensões básicas na obra: a prática esportiva e a questão da saúde; o esporte enquanto fenômeno cultural e aorganização das aulas de Educação sica. Verificamos a inadequão das proposições às necessidades e desafios da Educação sica em nosso país,especialmente no Nordeste.Palavras-chave:Educação Física - Esporte - Escola
INTRODUÇÃO
 A Educação Física no Brasil vem convivendo com grandes polêmicas a respeito desua legitimação, geradas por diferentes visões de ciência, sociedade, escola, poder eeducação. Quando menos, por diferentes leituras das condições políticas e sociais. No entanto, mais recentemente tem-se evidenciado maior preocupação nosentido de explicitar as concepções que dão suporte e justificam programas e procedimentos adotados por diferentes vertentes.Nesse estudo analisamos o esporteenquanto tema, enquanto conteúdo que é tratado na escola.Procuramos analisar como se dá o trato do esporte na escola, na produção de umdeterminado autor, o Dr. Jorge Olimpio Bento, Professor da Faculdade de Ciênciasdo Desporto e Educação Física da Universidade do Porto - Portugal. A escolha doautor justifica-se pela influência de suas propostas no Brasil, especialmente emPernambuco, ao menos na esfera das escolas de formação de professores.
 
SITUANDO O TRABALHO DO AUTOR 
 Do material acessível, selecionamos livros e textos que pudessem nos dar umavisão abrangente da produção do autor e nos permitisse um estudo responsável. Sãoeles:Desporto "matéria" de ensino (1987)Para uma Formação Desportivo-Corporal na Escola (1989)Pedagogia do Desporto: uma disciplina credível da ciência do Desporto (1990)Profissionalidade, Ciência da Profissão e Competência Profissional na Formaçãodo Pedagogo do Desporto e Educação Física (1991)Desporto, Saúde, Vida - em defesa do desporto (1991)Desporto na Escola e o Desporto no Clube (1991) Novas Motivações, Modelos e Concepções para a Prática Desportiva (1992)Cabe um esclarecimento inicial quanto ao significado da palavra desporto. NoBrasil o termo significa o mesmo que esporte, inclusive na maioria dos dicionários. Nas diferenciações, toma-se"esporte" como o jogo ou a modalidade e "desporto"como o esporte federado (modalidade organizada/praticada a partir das federações).Em Portugal e na obra sobre a qual nos debruçamos, o termo corrente é desporto. Nos dois primeiros trabalhos o autor utiliza os termos Educação Física e Desportocomo distintos. Afirma que não são necessárias rupturas com a terminologiautilizada em Portugal, até então, para se obter um "modelo português" (1989: 42). Nos demais trabalhos toma apenas "Desporto" com uma dimensão plural,utilizando "Educação Física" apenas para referenciar uma teoria ou um período passado. Afirma ainda que, enquanto as outras disciplinas recebem o nome da áreaa que se encontram ligadas, Educação Física não referencia o domínio cultural deonde extrai os conteúdos de ensino e aprendizagem (1991c: 4).Esclarecida essa questão, passamos à abordagem do conteúdo da obra. O materialselecionado permitiu uma análise tanto das propostas relacionadas à EducaçãoFísica e ao esporte na escola quanto a noções e conceitos acerca da educação,escola, saúde e outros.Alguns conceitos ou idéias, sustentados pelo autor, que julgamos importantes paraa nossa análise:
 
- a educação é um fenômeno social que transporta um caráter nacional. As ciênciase disciplinas que têm como objeto a educação se constróem, também em cada país,com base na elaboração de respostas às respectivas necessidades, iluminadas por dados, princípios e experiências do campo internacional (1989:107);- a escola é um espaço de ciência, cultura e vida (1989:105). Um local de formaçãomultilateral e de realização das possibilidades naturais e sociais dedesenvolvimento e aperfeiçoamento do homem como ser bio-social (1989:77);- o ensino deve ser caracterizado pela relação ciência e disciplina escolar e pelaorientação e justeza dos conteúdos em relação à concretização do objetivo daformação (1987:79);- a aprendizagem é um processo que está profundamente inscrito na esfera dasocialização, assumindo-se como um dos fatores principais do desenvolvimento decada ser. O desenvolvimento não é uma sequência linear de pontos sempre maisaltos, mas sim um processo como um espiral (1987: 67/74);- a Educação Física tem por objetivo o aperfeiçoamento físico no que diz respeito àapropriação do mínimo, socialmente necessário, em capacidade de rendimentocorporal (1989: 35);- a Educação Física tem a função de iniciação, a tarefa de criar o fundamento sobreo qual se desenvolvem o interesse e o sentido de iniciativa e autonomia dos alunosem relação à atividade esportiva. Tem o papel de contribuir para que a práticadesportiva se transforme numa necessidade vital e motivar, simultaneamente, paraum estilo de vida fomentador de saúde (1989: 40/43/47);-a Educação sica é uma disciplina predominantemente orientada para acompetência desportivo-motora, para a formação da capacidade de rendimentocorporal (1989:88);- o rendimento e a capacidade de render o as categorias didáticas maisimportantes para a estruturação do ensino em Educação Física e para a práticadesportiva em geral (1989:18);- o desporto não existe mais apenas no singular. Ele é plural no que diz respeito amotivações, intenções, finalidades, condições e modelos (1991a:53);- o desporto pode ser como um modelo de pensamento e ação representativo dos princípios e valores da sociedade de rendimento industrial, como um campo privilegiado de socialização e exercitação para uma vida nela (1992:17);- o desporto é um sistema humano, social e moralmente bom (1992:133);umsistema educativo que não garanta a revelação e - o estímulo de talentos de todos os

Activity (12)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Breno Freitas liked this
Bianca Pereira liked this
Edvar Júnior liked this
Fabiano Rocha liked this
Ana Rufino liked this
kelsromaria liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->