Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
58Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Arte e Ensino - DIRETRIZES CURRICULARES DE ARTE PARA OS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL E PARA O ENSINO MÉDIO – SEED-PR

Arte e Ensino - DIRETRIZES CURRICULARES DE ARTE PARA OS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL E PARA O ENSINO MÉDIO – SEED-PR

Ratings: (0)|Views: 11,782 |Likes:
Published by fabianerossi
1 GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO

DIRETRIZES CURRICULARES DE ARTE PARA OS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL E PARA O ENSINO MÉDIO

CURITIBA 2008

2 SUMÁRIO

1. DIMENSÃO HISTÓRICA DO ENSINO DE ARTE 2. FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS 2.1 ARTE NA EDUCAÇÃO BÁSICA 2.1.1 Arte como fonte de humanização 2.1.1.1 Arte como forma de conhecimento 2.1.1.2 Arte como ideologia 2.1.1.3 Arte como trabalho criador 3. CONTEÚDOS ESTRUTURANTES 3.1 ELEMENT
1 GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO

DIRETRIZES CURRICULARES DE ARTE PARA OS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL E PARA O ENSINO MÉDIO

CURITIBA 2008

2 SUMÁRIO

1. DIMENSÃO HISTÓRICA DO ENSINO DE ARTE 2. FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS 2.1 ARTE NA EDUCAÇÃO BÁSICA 2.1.1 Arte como fonte de humanização 2.1.1.1 Arte como forma de conhecimento 2.1.1.2 Arte como ideologia 2.1.1.3 Arte como trabalho criador 3. CONTEÚDOS ESTRUTURANTES 3.1 ELEMENT

More info:

Published by: fabianerossi on Apr 26, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/12/2014

pdf

text

original

 
1
GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁSECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃOSUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃODIRETRIZES CURRICULARES DE ARTE PARA OS ANOS FINAIS DO ENSINOFUNDAMENTAL E PARA O ENSINO MÉDIOCURITIBA2008
 
2
SUMÁRIO1. DIMENSÃO HISTÓRICA DO ENSINO DE ARTE2. FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS
2.1 ARTE NA EDUCAÇÃO BÁSICA
2.1.1 Arte como fonte de humanização
2.1.1.1 Arte como forma de conhecimento2.1.1.2 Arte como ideologia2.1.1.3 Arte como trabalho criador 
3. CONTEÚDOS ESTRUTURANTES
3.1 ELEMENTOS FORMAIS3.2 COMPOSIÇÃO3.3 MOVIMENTOS E PERÍODOS
4. ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO
4.1 CONHECIMENTO EM ARTE4.1.1 TEORIZAR4.1.2 SENTIR E PERCEBER4.1.3 TRABALHO ARTÍSTICO4.SUGESTÕES DE ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO
4.2.1 Artes Visuais4.2.2 Dança4.2.3 Música4.2.3 Teatro5. AVALIAÇÃO6. REFERÊNCIAS
 
3
1. DIMENSÃO HISTÓRICA DO ENSINO DE ARTE
A dimensão histórica, apresentada nestas diretrizes, destaca alguns marcosdo desenvolvimento da Arte no âmbito escolar. Serão analisadas as concepções dealguns artistas e teóricos que se preocuparam com o conhecimento em Arte einstituições criadas para atender esse ensino. Conhecer, tanto quanto possível, essahistória, permitirá aprofundar a compreensão sobre a posição atual do ensino deArte em nosso país e no Paraná.Durante o período colonial, nas vilas e reduções jesuíticas, a congregaçãocatólica denominada Companhia de Jesus desenvolveu, para grupos de origemportuguesa, indígena e africana
1
, uma educação de tradição religiosa cujos registrosrevelam o uso pedagógico da arte. Nessas reduções, o trabalho de catequizaçãodos indígenas se dava com os ensinamentos de artes e ofícios, por meio da retórica,literatura, música, teatro, dança, pintura, escultura e artes manuais. Ensinava-se aarte ibérica da Alta Idade Média e renascentista, mas valorizavam-se, também, asmanifestações artísticas locais (BUDASZ, in NETO, 2004, p. 15).Esse trabalho educacional jesuítico perdurou aproximadamente por 250 anos,de 1500 a 1759 e foi importante, pois influenciou na constituição da matriz culturalbrasileira. Essa influência manifesta-se na cultura popular paranaense, como por exemplo, na música caipira em sua forma de cantar e tocar a viola (guitarraespanhola), no folclore, com as
Cavalhadas
em Guarapuava; a
Folia de Reis
nolitoral e segundo planalto; a
Congada
da Lapa, entre outras, que permanecem comalgumas variações.No mesmo período em que os jesuítas atuaram no Brasil – século XVI aoXVIII – a Europa passou por transformações de diversas ordens que se iniciaramcom o Renascimento e culminaram com o Iluminismo. Nesse processo houve asuperação do modelo teocêntrico medieval em favor do projeto iluminista, cujacaracterística principal era a convicção de que todos os fenômenos podem ser explicados pela razão e pela ciência.Nesse contexto, o governo português do Marquês de Pombal expulsou osJesuítas do território do Brasil e estabeleceu uma reforma na educação e em outras
1
Havia diferentes encaminhamentos para cada etnia, nas missões para os índios, a ênfase era nas artesmanuais, nas vilas para os portugueses, era nas artes liberais e ainda há registros de afro-descendentes queforam educados nestes seminários das vilas, mas são registros individualizados.

Activity (58)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Roberto Silva added this note
Orkut ? Baby agr é Facebook
Marilia Richter liked this
Hilca Stela liked this
Jailson Pereira liked this
Cristiano Modena liked this
Cristiano Modena liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->