Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
25Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Ensaios Não Destrutivos Aplicados à Fabricação de Vasos de Pressão Petrobrás

Ensaios Não Destrutivos Aplicados à Fabricação de Vasos de Pressão Petrobrás

Ratings: (0)|Views: 617 |Likes:
Published by FERNANDO

More info:

Published by: FERNANDO on Apr 29, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/27/2013

pdf

text

original

 
 
ENDs – ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS – APLICADOS ÀFABRICAÇÃO DE VASOS DE PRESSÃOJoão Bosco Santini PereiraPETROBRAS S. A.Renato BernardesPETROBRAS S. A.Trabalho apresentado na 6ª Conferência sobre Tecnologia de EquipamentosSalvador/BA, 19 a 21 de Agosto de 2002
6ª Conferência sobreTecnologia de Equipamentos
Sair
 
 
SINÓPSE
 No projeto dos vasos de pressão é especificado um determinado nível de inspeção para o controlede qualidade, definido na folha de dados do equipamento, e expresso pelo tipo de exameradiográfico requerido na fabricação.Em função da extensão definida para a radiografia, parcial ou total, o código de projeto e construçãodefine a eficiência das juntas soldadas, o que influi diretamente no valor das tensões máximas detrabalho admitidas no dimensionamento do vaso de pressão.Sabidamente a radiografia não é a única inspeção a ser realizada no vaso de pressão, para assegurar a qualidade da fabricação, dentre outros motivos porque somente as juntas soldadas de topo são possíveis de radiografar.Portanto, na realidade, o exame radiográfico previsto no código de projeto e construção correspondea um “sistema de controle da matéria prima e das etapas de fabricação”.Este sistema é executado através dos Ensaios não destrutivos –ENDs, desde o fornecimento dosmateriais construtivos até ao final da fabricação do vaso de pressão, o que inclui as etapas deconformação das chapas, calandragem, prensagem, rebordeamento, furação, mandrilhamento,soldagem, até ao tratamento térmico de alívio das tensões residuais e teste de pressão.A finalidade precípua deste trabalho é especificar quais os ENDs aplicáveis à fabricação de vasosde pressão, dependendo do serviço na unidade de processamento da planta industrial.Assim, a partir do nível de inspeção radiográfica, parcial ou total, prescrito no código de projeto econstrução, é selecionado o conjunto de ENDs e testes para a aceitação do vaso de pressão,compreendendo as fases de aquisição da matéria prima, etapas de fabricação, alívio térmico dastensões provenientes da fabricação e o teste de pressão de aceitação do vaso de pressão.
6ª Conferência sobreTecnologia de Equipamentos
Sair
 
 
1. Introdução
O projeto mecânico dos vasos de pressão especifica um determinado nível de inspeção defabricação, definido na folha de dados do equipamento, expresso pelo exame radiográfico requeridona fabricação.Em função da extensão da radiografia, parcial ou total, a ser aplicada no vaso, o código de projeto econstrução define a eficiência estrutural das juntas soldadas de topo. Essa eficiência de soldainfluencia diretamente o valor das tensões máximas admitidas, a considerar no dimensionamentodas partes pressurizadas do equipamento.A radiografia não é a única inspeção, a ser realizada no vaso, que vai garantir a qualidade dafabricação, pois nem todas as soldas das partes sob pressão são radiografáveis.Assim, na realidade, a extensão do exame radiográfico, definido no projeto, determina um “sistemade inspeção da matéria-prima e das etapas de fabricação”, que são os ENDs – Ensaios ou Exames Não Destrutivos – a serem executados no fornecimento dos materiais construtivos e durante afabricação, sendo aplicáveis às etapas:a) Materiais de fabricação: chapas, tubos, forjados, fundidos, consumíveis de soldagem; b) Componentes pré-fabricados adquiridos de terceiros: tampos, flanges, tubos e acessórios detubulação, válvulas, parafusos e porcas, barras e perfis;c) Operações de fabricação do tipo usinagem, prensagem, calandragem, dobramento erebordeamento;d) Ligações soldadas, aparafusadas, roscadas e mandriladas, executadas durante a fabricação emontagem do equipamento.Acresçam-se também os ensaios próprios, para as etapas de tratamento térmico de alívio das tensõesresiduais da fabricação e do teste de pressão dos equipamentos.O requisito mínimo para a inspeção das soldas pressurizadas do corpo de vasos de pressão é aradiografia parcial ou por pontos (“spot X-ray”), à medida que o serviço do equipamento na plantade processo é especial ou crítico, os requisitos de controle da qualidade da fabricação se tornammais complexos.Assim, considerando o tipo de inspeção radiográfica, parcial ou total, prescrito para as soldas detopo do corpo do vaso de pressão, é estabelecido um conjunto de ENDs e testes que se aplicam atodas as fases da fabricação e montagem do equipamento.
6ª Conferência sobreTecnologia de Equipamentos
Sair

Activity (25)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
eliasjagiello liked this
Glauco Lira liked this
Glauco Lira liked this
Glauco Lira liked this
lrcastro liked this
Paulo Lopes liked this
brunokagami liked this
marcelombs liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->