Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
111Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O Sistema Fiscal do Moçambique Pós Independência - Breve Historial

O Sistema Fiscal do Moçambique Pós Independência - Breve Historial

Ratings:

3.5

(1)
|Views: 28,554|Likes:
Published by Gil Cambule

More info:

Categories:Types, Research, Law
Published by: Gil Cambule on May 14, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/13/2015

pdf

text

original

 
O sistema Fiscal post-independênciaMoreira Rêgo
O Sistema Fiscal do Moçambique PósIndependência(Breve Historial)Moreira Rêgo
Sumário
IntroduçãoI. O sistema fiscal moçambicano pós-independênciaII. Primeira reforma de 1978A) A resolução 5/77 da Assembleia Popular1.1. Fins da reformaIII. A segunda reforma de 19871. Impostos adoptados pela reforma de 1987A) DirectosB) Indirectos, ou sobre despesas2. Efeitos da reformaIV. A terceira reforma de 20021. O sistema tributário de 2002A) Tipos de impostos da última reforma1. Tributação directa2. Tributação indirectaConclusãoBibliografia
1
 
O sistema Fiscal post-independênciaMoreira Rêgo
INTRODUÇÃO
Neste trabalho, abordaremos a matéria relacionada com a históriado sistema fiscal moçambicano post-independência. Trata-se de umbreve excursus histórico que apresentará as três grandes reformas dosistema tributário moçambicano face à realidade social queMoçambique percorreu desde a independência até aos nossos dias.Não se trata de um enfoque histórico cabal, mas breves trechos queelucidarão a primeira grande Reforma Tributária de 1978, a segundade 1987 e a terceira de 2002, segundo a nomenclatura de Dr. IbraimoIbraimo
1
, contudo sem querermos sair da linha do nosso professor, Dr. Teodoro Waty que apresenta seis Reformas, designadamente as de1978, 1982, 1987, 1997, 1999 e 2003, pom, todas elas seoenglobadas naquelas três supracitadas.Em breve trecho, a Reforma de 1978 visava uma adequação aosprincípios constitucionais do recém-criado Estado moçambicano, comoo de justiça social, próprio do Socialismo (art. 13 CRPM) e à qualidadedo pessoal profissional existente. Também consta o problema dodeclínio das receitas provindas da Contribuição Industrial e do Impostode Consumo; a de 1987, em função da implementação do Programapara a Reabilitação Económica, consequência da Reforma anterior quepermitiu o enfraquecimento da colecta e a consequente agravante,que resultou do mercado paralelo, vulgo “candonga” que tinhadebilitado e tornado ineficaz o Sistema Fiscal até então vigente. Aqui,revitalizou-se a política dos impostos directos. Durante este período,duas situações ocorreram: a introdução no Sistema Fiscal de ImpostosAutárquicos pela Lei 11/97 de 31 de Maio e a Introdução do IVA(Imposto sobre Valor Acrescentado) e do ICE (Imposto sobre Consumos
1
Ibraimo Ibraimo,
O Direito e a Fiscalidade,
 p. 90ss
2
 
O sistema Fiscal post-independênciaMoreira Rêgo
Específicos)
2
e; a última Reforma que só apresenta diferença de datas(2002 e/ou 2003) em função dos autores supracitados, mas mesmoconteúdo, refere-se à aprovação da Lei Base do Sistema Tributário(15/2002 de 25 de Junho). Nesta, estabelecem-se as bases para aimplementação do novo Sistema de Tributão do rendimento,obedecendo a princípios de unidade e progressividade, as garantias eobrigações do contribuinte e Administração.Queremos, desde já, referir que seguiremos a linha orientadora doDr. Ibraimo Ibraimo por apresentar de forma sintética as três Reformase, ainda, por a sua síntese não pôr em causa as diversas Reformas queocorreram até a última, a de 2002. Apesar disso, não prescindiremosda referência bibliográfica do Dr. Waty.Para a elaboração deste trabalho recorremos a livros e entrevistacom pessoas que viveram a época post-independência e sentiram opulsar das Reformas ocorridas, principalmente a de 1987.Seguiremos uma metodologia que facilitará a leitura desteopúsculo.Desde já, o nosso tema tratará de abordar o sistema fiscal dandoenfoque à primeira Reforma (I), à segunda Reforma (II) e à terceiraReforma (III).Não se trata do cúmulo de toda a história do direito fiscal post-independência, mas uma ilustração das situações que ocorreram até aúltima Reforma.Moreira Rêgo
I. O SISTEMA FISCAL MOÇAMBICANO PÓS-INDEPENDÊNCIA
A proclamação da Independência total e completa de Moçambique ea adopção do socialismo em 1977 trouxe uma grande virada para osistema fiscal que se pretendia de justiça social. Por assim dizer, como
2
Teodoro Waty,
 Introdução ao direito Fiscal,
 p.210ss
3

Activity (111)

You've already reviewed this. Edit your review.
denio liked this
Anifa Luana liked this
Michaque Magaia liked this
Marcos Matusse liked this
GilCrysantoNgudax added this note
preciso dessa ajuda. pode contactar-me atraves do meu numero de cel: 849075367
GilCrysantoNgudax added this note
na verdade preciso uma explicacao oral para reforcar a nha defesa acerca do sistema tributario mocambicano, quais foram as primeiras revolucoes..
1 thousand reads
1 hundred reads
Mercio Jeque added this note
informacao util que precisa ser desenvolvida tendo em conta a realidade actual

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->