Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
16Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Roteiro de Leitura - Dom Casmurro

Roteiro de Leitura - Dom Casmurro

Ratings: (0)|Views: 4,635 |Likes:
Published by AleSandi
Dom Casmurro, Machado de Assis, Roteiro de Leitura
Dom Casmurro, Machado de Assis, Roteiro de Leitura

More info:

Published by: AleSandi on May 24, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/11/2013

pdf

text

original

 
MACHADO DE ASSIS
UM POUCO SOBRE O AUTOR
 Joaquim Maria Machado de Assis nasceu em 1839, no Rio de Janeiro, e aí morreu em 1908. Trabalhoucomo tipógrafo e revisor, tornando-se logo colaborador da imprensa carioca, como cronista earticulista. Casou-se em 1869 com a portuguesa Carolina Xavier de Novais, companheira que muito oestimulou na carreira literária. Foi também o primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras, queajudou a fundar em 1897. Destacou-se principalmente no romance e no conto, embora tenha escritoainda poesias — Crisálidas, Falenas, Americanas, Ocidentais —, crônicas, peças de teatro e críticaliterária. A característica marcante da literatura machadiana é a profundidade da análise psicológica aque submete seus personagens, procurando investigar os motivos secretos do comportamentohumano. Deixou publicados os seguintes livros de contos: Contos fluminenses, Histórias da meia-noite,Histórias sem data, Várias histórias, Páginas recolhidas, Relíquias da casa velha. Mais tarde, váriosoutros contos esparsos foram reunidos e incorporados à sua obra. Como romancista, deixou:Ressurreição, A mão e a luva, Helena, Iaiá Garcia, Memórias póstumas de Brás Cubas, Quincas Borba,Dom Casmurro, Esaú e Jacó, Memorial de Aires. Machado de Assis é o principal autor do Realismobrasileiro e um dos maiores escritores de nossa literatura.
Dom Casmurro
COMENTÁRIOS SOBRE A OBRAA habilidade de Machado de Assis em criar um clima de incerteza e ambigüidade atinge o ponto maisalto em Dom Casmurro, seu romance mais famoso.A intenção de Bentinho, ao rememorar sua história, é tentar resgatar o tempo passado, talvezcompreender o que aconteceu entre ele e Capitu.Para isso, chega a ponto de mandar construir uma casa como aquela onde viveu a infância e aadolesncia: “O meu fim evidente era atar as duas pontas da vida, e restaurar na velhice aadolescência.Pois, senhor, não consegui recompor o que foi nem o que fui. Em tudo, se o rosto é igual, a fisionomia édiferente. Se só me faltassem os outros, vá; um homem consola-se mais ou menos das pessoas queperde; mas falto eu mesmo, e esta lacuna é tudo.”.Como a história é narrada pelo próprio personagem depois de muito tempo em que viveu os fatos,temos um relato marcado pela ambigüidade, que não esclarece definitivamente se o adultério ocorreurealmente ou tudo não passou de um terrível engano de marido ciumento.Importa observar ainda que em Dom Casmurro, assim como em outras obras, Machado de Assisdesenvolve uma profunda análise psicológica dos personagens. Em muitas passagens, aliás, o leitor éconvidado a refletir com o narrador sobre a atitude de determinados personagens, e essa “conversa”com o leitor é também um traço tipicamente machadiano.Este romance é considerado a obra-prima de Machado de Assis e da literatura brasileira. Se a figurafascinante de Capitu, que prende a atenção do leitor, transforma a questão do adultério no pontocentral do romance, não podemos nos esquecer de que a obra apresenta vários outros pontos deinteresse, pois oferece um rico painel da sociedade brasileira da época, revelando-nos as relações declasse e os meios de ascensão social, a influência da Igreja na vida cotidiana, além de observaçõesdesencantadas sobre a condição humana.
Roteiro de Leitura
Antes da leitura1. É possível a uma pessoa contar com objetividade fatos que a marcaram profundamente e queocorreram há muito tempo? Por quê?2. Como definir os “ciúmes”? Comente um caso vivenciado por você?3. Pesquise o que é o “realismo psicológico” na obra de Machado de Assis.Durante a leitura1. Assinalem algumas passagens que exemplifiquem o procedimento constante do autor em dialogarcom os leitores, incorporando- os à narrativa e levando-os a refletir sobre o que está sendo narrado.2. Machado de Assis é famoso por sua linguagem irônica. Assinalem as passagens irônicas queencontrarem durante a leitura para depois as comentar.
 
Depois da leitura1. Explicar por que a utilização de um narrador-personagem contribui para reforçar a ambigüidade danarração.2. Apontar as diferenças sociais que há entre a família de Bentinho e a de Capitu.3. Destacar alguns episódios que mostram as diferenças de personalidade entre Bentinho e Capitudurante a adolescência.4. O narrador diz que José Dias “sabia opinar obedecendo”. O que isso revela sobre a personalidade de José Dias e sua condição de agregado?5. Podemos afirmar que Escobar e Capitu têm em comum certas características de personalidade.6. Explicar a solução encontrada por Escobar para livrar Bentinho da vida religiosa.7. José Dias define os olhos de Capitu como os de “uma cigana oblíqua e dissimulada”. Explicar o quepode estar sugerido nessa definição.8. Com base em passagens do texto, explicar o conceito que a prima Justina tinha de Capitu e de seurelacionamento com Bentinho.9. Os capítulos 32 e 123 têm o mesmo título: “Olhos de ressaca”. O que significa essa expressão e oque há de comum entre esses capítulos?10. No capítulo 124, no momento em que devia fechar o ataúde, Bentinho teve ímpetos de “atirar à ruao caixão, defunto e tudo”. Como se pode explicar esse sentimento de Bentinho?11. Só no capítulo 145, o leitor fica sabendo que Capitu morreu. De que forma é narrada sua morte?Reflita sobre a forma como o narrador conta a morte da mulher que tinha sido a grande paixão de suavida. Compare-se, por exemplo, com a descrição da morte de José Dias, feita no capítulo 143.12. No final do livro, o narrador recorda vários fatos que, a seu ver, confirmavam que ele realmente nãosoubera perceber que Capitu o traíra com Escobar: “Agora lembrava-me tudo o que então me pareceunada” (capítulo 140). Apontem passagens do romance que possam confirmar as suspeitas de Bentinho.Depois, apontar passagens que possam negar essas suspeitas.13. No capítulo 10, ao comparar a vida a uma ópera, o narrador diz: “Cantei um duo terníssimo, depoisum trio, depois um quatuor...”. Explicar a que momentos de sua vida se refere o narrador.Sugestões para complementar seu conhecimento.
nas telas do cinema:• Dom. Dir. Moacyr Góes. Recente adaptação de Dom Casmurro para o cinema. Seria interessantecomparar esse filme com o antigo Capitu, dirigido por Paulo Cesar Saraceni.
nas ondas do somO amor é o tema mais presente na música popular. Façam uma seleção de letras de músicas quepossam ser relacionadas ao tema central de Dom Casmurro. Nossa dica:• Dom de iludir, de Caetano Veloso. Comentar a inteligente letra da canção, que fala sobre o dom deiludir que toda mulher teria. Será?
nos enredos do realCapitu é uma das figuras mais fascinantes da literatura brasileira. Ao longo do romance, encontramosvárias referências a respeito da criação e educação das meninas no século XIX. Se quiserem seaprofundar no estudo sobre a história da mulher na sociedade patriarcal brasileira do século XIX,sugerimos as seguintes fontes de pesquisa:• História das mulheres no Brasil –– Mary Del Priore (org.), São Paulo, Contexto• História da vida privada no Brasil (vol. 2) — Império: a corte e a modernidade nacional –– Luiz Felipede Alencastro, São Paulo, Companhia das LetrasAinda hoje vemos exemplos de ciúmes doentios, como o do namorado da menina Eloá. Comente assemelhanças entre esse caso real e o ciúmes de Bentinho.DICAS DE LEITURA
do mesmo autor• Quincas Borba. Neste romance, temos outra figura feminina marcante — Sofia, misteriosa e sedutora.• Memórias póstumas de Brás Cubas. As irreverentes e sarcásticas “memórias” de um autor defunto,numa das obras mais originais da nossa literatura.• A cartomante e outros contos –– São Paulo, Moderna. As melhores histórias curtas de Machado deAssis, exemplos de finas análises psicológicas.
de outros autores

Activity (16)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Juliana Mara added this note
O o filme dom conseguiu apresentar de maneira satisfatoria as caracteristica da obra de machado de assis ?justifique
Johana Alecrim liked this
Pedro Emanuel liked this
Soleane Oliveira liked this
Thaíssa Dias liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->