Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
43Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
ARTIGO CIENTIFÍCO Discussão Teórica sobre o Ensino da Leitura

ARTIGO CIENTIFÍCO Discussão Teórica sobre o Ensino da Leitura

Ratings:

4.0

(1)
|Views: 8,025 |Likes:
Published by Daniela

More info:

Published by: Daniela on May 25, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/13/2014

pdf

text

original

 
FACULDADE ALFA
Daniela da Silva HoltzDenise RibeiroPricila Azevedo Santos
ARTIGO CIENTIFÍCO:Discussão Teórica sobre o Ensino da Leitura
Praia Grande/SP26 de maio de 2010
Discussão Teórica sobre o Ensino da Leitura
 
“Ler é compreender e compreender é sobre tudo um processode construção de significados” (Solé, Isabel. Revista Nova Escola, p.92).A proposta desse artigo é fazer uma discussão teórica sobre o ensino daleitura. Notamos que há dificuldades por parte dos educadores quanto ao fatode habilitar seus alunos para uma boa leitura. Fica então a seguinte pergunta:Como ensinar a leitura?Ao utilizamos no presente artigo uma reflexão sobre os procedimentos deleitura numa metodologia teórica, baseando-se nos livros “Texto e Leitor:Aspectos Cognitivos da Leitura” (Kleiman, 2002) e “Oficina de leitura: teoria eprática¨ (Kleiman, 1993), encontramos algumas possibilidades de como ensinar a leitura.Ângela Kleiman, propõe estratégias de leitura que facilitam a interação entre oleitor e o texto, opondo-se a leitura de “passar os olhos”, onde não se transmitinenhum ensinamento para o leitor e só o desestimula. Discute também aimportância da leitura não apenas em sala de aula, mas também a importânciada leitura para a vida.Segundo Kleiman (1993, p. 10), “ao lermos um texto, qualquer texto, colocamos em ação todo nosso sistema de valores, crenças e atitudesque refletem o grupo social em que se deu nossa sociabilização primária, istoé, grupo social em que fomos criados”.A Lei 11.645 de 10 de março 2008, diz que: “o desenvolvimento dacompetência leitora é um processo de aprendizagem progressiva,indispensável para que os estudantes adquiram os conhecimentos de todas asáreas”.E em “Oficina de leitura: teoria e prática¨ (Kleiman, 1993, p 10), “o ensino daleitura é o ensino de estratégias, e o desenvolvimento de habilidadeslingüísticas são necessárias para o ato de ler”.Kleiman (2002) afirma que “A compreensão de um texto é um processo que secaracteriza pela utilização de conhecimento prévio: o leitor utiliza na leitura o
 
que ele já sabe ao longo de sua vida. Segundo Kleiman (2002) “há outrosconhecimentos relativos ao
 
conhecimento prévio: conhecimento lingüístico,conhecimento textual e conhecimento mundo, que juntos formam oconhecimento prévio.O conhecimento lingüístico, é o conhecimento gramatical, isto é, acompreensão da gramática, fonética, acentuação, organização, e conjunçãodos verbos. Sendo assim, uma estratégia cognitiva, ou seja, operações para oprocessamento do texto, que se apóiam no conhecimento de regrasgramaticais e no conhecimento do vocabulário. Propor o ensino do vocabulário,é uma maneira de criar condições para o leitor iniciante ampliar seu conjuntode palavras instantaneamente (dicionário mental do leitor).Já o conhecimento textual, é o conjunto de noções e conceitos sobre o texto.Existem vários tipos de texto que são classificados pela sua estrutura, podendoser: narrativo, expositivo ou descritivo.A estrutura do texto narrativo é caracterizada pela marcação temporalcronológica e pela casualidade; a estrutura do texto expositivo é organizada por componentes ligados entre si, por diversas relações lógicas, tais como:problema e solução, e por fim, a estrutura do texto descritivo, que pode ser reconhecido por certos efeitos descritivos, como: um efeito de listagem.Na sala de aula, o professor pode elaborar uma atividade onde os alunos leiamum texto, por exemplo, um Conto de Fadas, e peça aos alunos que façam adescrição dos personagens. Assim, estará trabalhando a estrutura do textodescritivo. Num outro dia, o professor pode pedir para que os alunosreconstruam a história lida, exercitando então a estrutura do texto narrativo.Quanto ao conhecimento de mundo, pode ser adquirido formalmente ouinformalmente. O conhecimento formal é de caráter enciclopédico e oconhecimento informal são as experiências e o convívio em sociedade. Emsala de aula, é importante que o professor e os alunos interajam, trocando suasexperiências e conhecendo novas culturas, ampliando assim, seuconhecimento de mundo.

Activity (43)

You've already reviewed this. Edit your review.
JussarahSousa liked this
1 hundred reads
1 thousand reads
Deuza Camargo liked this
Socorro Carvalho liked this
Isabella Silva Gomes added this note
Vc é mt linda.l
Hellen Atrícia liked this
Claudia Torres liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->