Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
17Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
EM BUSCA DA MEMÓRIA

EM BUSCA DA MEMÓRIA

Ratings: (0)|Views: 1,096 |Likes:
REsenha e comentário acerca do livro de Eric Kandel "Em Busca da Memória" traduzido para o português no ano passado. Discussão de algumas posições filosóficas de Kandel.
REsenha e comentário acerca do livro de Eric Kandel "Em Busca da Memória" traduzido para o português no ano passado. Discussão de algumas posições filosóficas de Kandel.

More info:

Categories:Types, Research, Science
Published by: Joao de Fernandes Teixeira on May 26, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/04/2013

pdf

text

original

 
EM BUSCA DA MEMÓRIA
– Eric Kandel. São Paulo, Companhia das Letras. 2009.Tradução de Rejane Rubino.Resenhado por João de Fernandes TeixeiraPublicado também em www.filosofiadamente.orgExiste hoje em dia uma pergunta insidiosa que não parece poder ser calada tãocedo: será nossa consciência apenas um produto do cérebro? De nossos genes?Essa é uma questão que tem longa história. Na filosofia da mente contemporâneaela aparece sob a forma de um debate acerca da validade do reducionismo. Reduzir,nesse caso, é rastrear uma determinada função cognitiva a algum tipo de mecanismocerebral. O reducionismo tem sido a ideologia esponnea dos neurocientistas,sobretudo após o desenvolvimento das novas cnicas de neuroimagem e deeletrofisiologia do neurônio. São essas técnicas que permitem fazer os novos mapas docérebro e localizar neles onde se manifesta a mente.É com uma proposta desse tipo que Eric Kandel (prêmio Nobel de fisiologia oumedicina em 2002) abre seu livro
 Em busca da memória
, recentemente traduzido para o português. Numa prosa agradável, ele nos relata a evolução da neurociência nos últimos150 anos, começando com as descobertas de Galvani, de Ramón y Cajal (o neurônio)até chegar às suas próprias pesquisas. Kandel conta, então, como conseguiu, após anosde investigação, correlacionar os movimentos da
 Aplysia
(um tipo de lesma marinha)com suas bases neuronais e moleculares. O movimento de que ele nos fala é o de retrair as guelras, que é correlacionado com mecanismos cerebrais e moleculares desse pequeno animal.Encontrar um caminho cerebral para esse movimento da
 Aplysia
consumiu boa parte da vida desse pesquisador. Ele nos fala da adoção do “método reducionista” nassuas pesquisas, algo que nada mais é do que o que se chama em ciência cognitiva deestratégia
top
 
down
: começar pela identificação de um comportamento ou uma funçãocognitiva e ir, numa ordem descendente, em direção a seus correlatos neurais, bioquímicos, moleculares e genéticos. O pressuposto é o de que animais simples como a
 Aplysia
 podem servir de modelo para organismos mais complexos como os sereshumanos.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->