Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword or section
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Organização e Gestão de Museus - Estudo e Análise para um Modelo Sustentavel - Tese

Organização e Gestão de Museus - Estudo e Análise para um Modelo Sustentavel - Tese

Ratings:
(0)
|Views: 79|Likes:
Published by salome4444

More info:

Published by: salome4444 on May 27, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/24/2013

pdf

text

original

 
 FACULDDA UNIV
Salomé Car
ORGANIZDissertaçãoMuseologia
 
Trabalho e
Professor D
Junho de 2
 
ADE DE LETRASERSIDADE DO PORTO
alhido Videira de Abreu
ÇÃO E GESTÃO DE MUSEUS
: Estudo e
MODELO Sde Mestrado emectuado sob a orientação do
utor Rui Centeno
08
análise para um
STENTÁVEL
 
 
ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE MUSEUS: Estudo e análise para um
MODELO SUSTENTÁVEL
 
iii
 À Clarinha e ao Araújo
 
ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE MUSEUS: Estudo e análise para um
MODELO SUSTENTÁVEL
 
iv
RESUMO
Os factores de mudança e progresso verificados ao nível nacional e internacional, econcretamente no que ao papel dos museus diz respeito, colocaram na actualidade umnovo paradigma –
modelos de gestão dos museus
– e trouxeram a debate questõesrelacionadas com a sua missão e sustentabilidade.As novas necessidades culturais e económicas implicam hoje debates actualizados,tendo presente, entre outros, os seus fins e resultados práticos validados. Portugal, quesempre soube observar e aplicar ao longo do século XX algumas políticasmuseológicas, sociais e culturais dos grandes museus internacionais, assiste nestemomento a uma certa resistência em inovar e aplicar um modelo de gestão que seja etorne as instituições museológicas mais autónomas e por consequência, maissustentáveis, à imagem do que já acontece no caso das Fundações em Portugal e emgrande parte nos museus ingleses.Com o modelo de gestão actualmente em vigência, os museus portugueses dispõemapenas de autonomia administrativa, ou seja, os directores e/ou conservadores não têmcapacidade de decisão perante situações não previstas nas suas competências – comopor exemplo, alteração de rubricas para fazer face a outras despesas não previstas ou atéuma simples actividade inicialmente não contemplada no seu plano – o que inviabiliza,atrasa e poderá até não permitir a prestação do melhor e mais desejável serviço públicocultural.Tendo em conta o lato sentido da missão dos museus e, para cada um, a sua específicaorientação estratégica, no âmbito do serviço cultural que lhes está sempre subjacente,um modelo de gestão sustentável para os museus, seria possível através da atribuição de

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->