Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
15Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Gravuras Rupestres No Rio Negro - EIAA I - 2008

Gravuras Rupestres No Rio Negro - EIAA I - 2008

Ratings: (0)|Views: 699 |Likes:
Published by Raoni Valle

More info:

Categories:Types, Research, History
Published by: Raoni Valle on May 28, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/24/2013

pdf

text

original

 
Registrosrupestres dorio Negro,
AmazôniaOcidental -panoramapreliminar 
 Raoni Valle
 
319
A
presentamos aqui alguns dados preliminares sobre o panorama dos registros rupestres(petroglifos ou gravuras rupestres) que vêm sendo encontrados na bacia do rio Negro.Trata-se de uma área pouco conhecida da arqueologia amazônica, onde se estádesenvolvendo atualmente um esforço de pesquisa incipiente sobre o tema, marcadamente nobaixo e médio curso da bacia.A perspectiva é cobrir um perímetro que se estende do município de Barcelos ao municípiode Novo Airão (coordenadas S02°17’ W61°03’ a S01°16’ W62°17’). Temos, porém, nosconcentrado inicialmente entre a foz do rio Jaú (Parque Nacional do rio Jaú) e a foz do rioUnini (Reserva Extrativista do Unini), afluentes do Negro.Esta área possui algumas características ambientais interessantes por estar muito próximade uma confluência de bacias oriundas de regiões bem distintas (rios Negro e Branco) e porapresentar uma geodiversidade específica onde o escudo cristalino das Guianas contata aformação sedimentar Alter do Chão, esses são fatores que, acreditamos, podem influenciarsignificativamente a variabilidade do fenômeno rupestre na área em questão.Basicamente, os sítios encontrados não apresentam condições de escavação, portanto, nãosendo possível a obtenção de cronologias absolutamente datadas nem indiretas para essematerial, nem tampouco correlação com os vestígios arqueológicos de outros sítios escavados,datados e melhor conhecidos na região (as Terras Pretas). Esses sítios rupestres poderãounicamente, a partir do conhecimento disponível no momento, ser objeto de uma análisegráfico-estilística preliminar e de um diagnóstico de conservação. O estabelecimento derelações contextuais com o registro arqueológico mais amplo da região, como no caso darelação com grafismos na decoração cerâmica das tradições e fases conhecidas na AmazôniaCentral, por enquanto, não é possível.
UmUmUmUmUmbreve históricobreve históricobreve históricobreve históricobreve histórico
As primeiras referências à arte rupestre na Amazônia Ocidental brasileira são encontradasna literatura não arqueológica do século XIX e começos do XX, em relatos de viajantes,naturalistas e antropólogos. Alfred Russel Wallace (1979 [1889]), Ermano Stradelli (1900),Theodor Koch-Grünberg (1907; 2005[1909]) e Bernardo Ramos (1930) assinalam ocorrênciade gravuras rupestres ao longo da bacia do rio Negro, principalmente no seu alto curso nosrios Uaupés e Içana, e no médio Amazonas, no rio Urubú. Alguns desses autores chegaram aelaborar as primeiras tentativas de análise do acervo rupestre, porém, seguindo metodologiaspróprias, estavam destituídos de um quadro teórico-metodológico arqueológico. Nessacategoria Ramos (1930) é quem melhor se encaixa, pois logrou nos anos 20 “traduzir” asgravuras rupestres no Médio Amazonas, do fenício e do grego para o português negando-lhesa origem indígena.

Activity (15)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Larisse Araújo liked this
J. Rodríguez liked this
GasparMorcote liked this
Carlos Barros liked this
Carlos Barros liked this
FABIODUTRAPERES liked this
perdigota liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->