Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
6Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
ensinomedio2010

ensinomedio2010

Ratings: (0)|Views: 1,166 |Likes:
Published by Alan Vital da Silva

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: Alan Vital da Silva on Jun 01, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/25/2013

pdf

text

original

 
1
 FÍSICA/
ENSINO MÉDIO
 
A palavra "física" é de origem grega e significa natureza, daí dizer que aFísica é uma ciência natural. É difícil delimitar precisamente onde começa umaciência e termina outra, pois há uma considerável sobreposição em muitasáreas. De maneira geral, a Física estuda os componentes da matéria e comoeles interagem entre si.A Física, por ser uma ciência, é uma atividade humana e, tal como asartes, a literatura, o esporte, faz parte de nossa cultura e nos ajuda a decidir,de maneira mais sensata e racional, sobre os problemas que enfrentamos.A Física proporciona uma interpretação do mundo, uma visão douniverso para além de nossos limites imediatos. O aprendizado da Física é,atualmente, indispensável à formação do cidadão. O conhecimento da Física,portanto, faz parte da bagagem de saberes e habilidades que as pessoasdevem ter para poder distinguir entre fatos e crendices ou superstições; avaliarcom mais clareza as atitudes a tomar; compreender um mundo que utiliza,cada vez mais, tecnologias decorrentes de descobertas científicas; discutir commaior propriedade as políticas científicas e tecnológicas de uma sociedade,exercendo a cidadania com mais intensidade.Os fenômenos da natureza, tão variados, chegam até nós por meio dosnossos sentidos. Esses fenômenos, como, por exemplo, a luz dos relâmpagos,o som dos trovões, a noção de quente e frio, o movimento dos corpos etc.,motivaram a criação dos chamados ramos clássicos da Física, como aMecânica, Óptica, Ondulatória, Termologia, Eletricidade e Eletromagnetismo ea Física Moderna.A Física, portanto, é um dos instrumentos para a compreensão domundo em que vivemos, enfocando aspectos relevantes dos elementosvivenciais e mesmo cotidianos, possuindo uma beleza conceitual que por si sótorna o seu aprendizado agradável.O programa a seguir apresenta uma orientação para estudo dos principaistópicos de cada um dos ramos da Física clássica estudados no Ensino Médio.A cada assunto do programa estão relacionadas habilidades específicasbásicas esperadas do candidato. O estudo e a compreensão de cada umadessas habilidades específicas possibilitarão ao candidato alcançar opretendido sucesso nos Exames Supletivos.
 
2
 
Conteúdo Habilidade Específica1. Mecânica1.1. Medidas e grandezas noSistema Internacional deUnidades
Reconhecer e saber utilizar corretamente símbolos,códigos e nomenclaturas de grandezas da Física. Porexemplo, nas informações em embalagens deprodutos, reconhecer símbolos de massa ou volume;nas previsões climáticas, identificar temperaturas,pressão, índices pluviométricos; no volume de alto-falantes, reconhecer a intensidade sonora (dB); emestradas ou em aparelhos, reconhecer velocidades(m/s, km/h, rpm); em aparelhos elétricos,compreender códigos como W, V ou A; em tabelas dealimentos, identificar valores calóricos.Conhecer as unidades e as relações entre asunidades de uma mesma grandeza física para fazertraduções entre elas e utilizá-las adequadamente. Porexemplo, identificar que uma caixa d’água de 2 m
3
éuma caixa de 2000 litros, ou que uma tonelada é umaunidade mais apropriada para expressar ocarregamento de um navio do que um milhão degramas.
 1.2. Cinemática da partícula
Deslocamento, Velocidade eAceleração
 
Movimento Uniforme
 
Movimento Uniformemente Variado
 
Movimento Circular
 
Queda livre e lançamentoshorizontal e oblíquo
 
Identificar diferentes movimentos que se realizam nocotidiano e as grandezas relevantes para suaobservação (distâncias, percursos, velocidade,massa, tempo etc.), buscando características comunse formas de sistematizá-los (segundo trajetórias,variações de velocidade etc.).Caracterizar as variações de algumas dessasgrandezas, fazendo estimativas tais como:
o tempo de percurso entre duas cidades;
a velocidade média de um entregador de compras;
o tempo gasto para um objeto cair do alto de umedifício;
a trajetória de uma bola de futebol chutada, sobreuma barreira, em direção ao gol;
a frequência do movimento de rotação de um motorou de um disco.
 1.3. Dinâmica da partícula
Os princípios da dinâmica – Leis deNewton
 
Atrito
 
Movimentos em trajetóriascirculares
 
Trabalho, energia e potência
 
Impulso e quantidade de movimento
 
Choques mecânicos
 
Gravitação
 
Diferenciar massa e peso.Identificar as diferentes forças que atuam em umobjeto, sejam em situações estáticas ou dinâmicas(por exemplo: a força peso, a normal, a tração, a forçade atrito etc.).Compreender a natureza inercial dos corpos (1ª lei deNewton).Conhecer e aplicar a relação entre força e aceleração(2ª lei de Newton), para prever, por exemplo, adistância percorrida por um carro após ser freado.
 
3
Conhecer a ação das forças que atuam em objetosque se movem em superfícies com atrito.Conhecer a ação da força resultante que atua emobjetos em movimento circular.
 
Avaliar o trabalho necessário para erguer um objetoou empurrar um caixote, a potência que o motor deum carro precisa para subir uma ladeira ou aquantidade de calorias para exercício de atividadesesportivas.Identificar formas e transformações de energiaassociadas aos movimentos reais, avaliando, quandopertinente, o trabalho envolvido e o calor dissipado,como, por exemplo, em uma freada ou em umaderrapagem.A partir da conservação da energia de um sistema,quantificar suas transformações e a potênciadisponível ou necessária para sua utilização,estimando, por exemplo, a energia gasta para subiruma rampa ou a potência do motor de uma escadarolante.Associar, em um sistema conservativo, as variaçõesda energia cinética com as variações da energiapotencial (gravitacional e elástica).Associar o trabalho de uma força que atue sobre umcorpo, com a variação de sua energia cinética.A partir da observação, análise e experimentação desituações concretas como quedas, colisões, jogos,movimento de carros, reconhecer a conservação daquantidade de movimento linear, e, por meio dela, ascondições impostas aos movimentos.Reconhecer as causas da variação de movimentos,associando as intensidades das forças ao tempo deduração das interações, para identificar, por exemplo,que na colisão de um automóvel, o
airbag 
aumenta otempo de duração da colisão, para diminuir a força deimpacto sobre o motorista.Utilizar a conservação da quantidade de movimento ea identificação de forças para fazer análises,previsões e avaliações de situações cotidianas queenvolvem movimentos.Conhecer as relações entre os movimentos da Terra,da Lua e do Sol para a descrição de fenômenosastronômicos (duração do dia/noite, estações do ano,fases da lua, eclipses etc.).Compreender as interações gravitacionais,identificando forças e relações de conservação, paraexplicar aspectos do movimento do sistemaplanetário, cometas, naves e satélites.
 

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->