Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Jornal Notícia 23 - Ed. 01

Jornal Notícia 23 - Ed. 01

Ratings: (0)|Views: 477 |Likes:
Published by theagoloco

More info:

Published by: theagoloco on Jun 04, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/06/2010

pdf

text

original

 
 ÍNDICE 
2 de Junho de 2010 - 1ª Edição - Ano 1 - Tiragem: 2.000 - Distribuição Gratuita
Circulação: Paulínia e região
www.noticia23.com.br 
Edson Moura diz que se voltar a serprefeito vai cancelar bolsa de estudos
com o crédito educativo, emque a prefeitura paga para oaluno e depois é reembolsada.Edson Moura tambémdeclarou que vai fazer de tudopara cassar Pavan. Pontosque ficaram mal explicados naultima entrevista de Mouracomo o auxílio a pessoascarentes também foramesclarecidos.O Jardim Botânico dePaulínia completou 18 anosnessa terça-feira e anunciouque pretende fazer umareforma. A intenção é aumentar a capacidade de produção dasespécies nativas, mudar afachada e construir um espaçopara visitantes.Em entrevista exclusiva aoNotícia 23, o ex-prefeito,afirmou que a bolsa deestudos criada pelo prefeitoJosé Pavan Júnior e anunciadadentro do pacote PrioridadeSocial é um projeto que não tem sustentação. Segundo oMoura, se ele voltasse a ser prefeito cancelaria o projeto debolsas de estudo e voltaria
 NOTÍCIA JORNAL
Dixon exclui qualquerpossibilidade de seunir a Edson Moura
não concorda com o dinheirogasto no cinema e aprovou aretirada da estatua Menina deOuro. Sobre a atualadministração, Dixon acredita tudo está muito lento.Dixon Carvalho, candidatoa prefeito pelo PT, nas últimaseleições deixou claro que o PTde Paulínia não pretende seunir com Edson Moura. Alémde criticar o ex-prefeito, opetista também afirmou que
03 ........ Política04 ........05 ........ Economia07 ........ Cultura08 ........ Social 09 ........ Cidades11 ........ Variedades Política06 ........ Esportes10 ........ Cidades
 tudo estará mais tranqüilo eorganizado.principalmente o setor infantil.O chefe geral do hospital,Andrzey Wolski, explicou que todos ainda estão passandopor adaptações e em breve
Horóscopo
Confira o que os astros prepararam pra você!
PÁGINA 11
 Variedades
 Lady Gaga iria abrir turnêde Michael Jackson
PÁGINA 11
Cultura
 Beira do Caminhofinaliza gravações
PÁGINA 7
Esportes
Copa São Paulode Motocross é um sucesso
PÁGINA 6
Eleições 2010
 Marina Silva é contracasamento gay 
PÁGINA 4
Copa do Mundo 2014
Foi aprovada alogomarca da Copa doMundo de 2014, no Brasil. Aescolha foi feita por notáveiscomo Ivete Sangalo, GiseleBündchen, Ricardo Teixeira,Oscar Nyemaier entre outrosfamosos. O logo seráoficialmente apresentado nodia 8 de julho na África do Sul.
 Venda de veículos novos cai 10%
As vendas de automóveisno mês de maio caíram emrelação ao mês de abril. Asvendas no mês passadochegaram a 235.893 unida-des, ante 262.203 em abril e237.464. Os dados são preli-minares e podem sofrer ligeiros ajustes quando foremconsolidados pelas associa-ções que representam o setor,Fenabrave e Anfavea e Produ- tos Industrializados) concedi-dos pelo governo federal.panhamos nessa terça-feira oprimeiro dia de atendimento.Apesar de toda estrutura, apopulação ainda reclama dademora para ser atendida,Na última sexta-feira, oprefeito José Pavan Júnior,inaugurou a primeira fase dareforma do Hospital Municipalde Paulínia. Nós acom-
Pavan entrega mais uma obra: 
 A Reforma do Hospital Municipal
JardimBotânicofaz 18 anos
Nessa terça-feira osfuncionários já voltaram a trabalhar normalmente. Entreas requisições para suspensãoda greve estavam garantia deemprego, aumento de salárioentre outros benefícios.
Sabespsuspendegreve
Ex-prefeito Edson Moura durante entrevista exclusiva ao Notícia 23Prefeito Pavan fala da importância desta obra para o municípioEstoque das concessionárias começam a aumentar
Pág. 3 e 4Pág. 3Pág. 10 Pág. 10 Pág. 9Pág. 6 Pág. 5 
 
 NOTÍCIA
Portal e Jornalde Paulínia e região
Anuncie em nossarede de comunicaçãoJornais, Revista e Portais
(19) 3844.3672
Profissionalismoe Pontualidade
Chegamos! 
 NOTÍCIA JORNAL
Paulínia, Quarta-Feira 2 de Junho de 2010
Página 2 
 
 NOTÍCIA JORNAL
01 ........ Turismo01 ........ Política01 ........ Turismo01 ........ Política01 ........ Turismo01 ........ Política01 ........ Turismo01 ........ Política
Paulínia, Quarta-Feira 2 de Junho de 2010
www.noticia23.com.br 
meu advogado, Arthur Alves,dando a ele um cargo como chefejurídico”.O secretário de culturaindicado por Edson Moura équem está atualmente no cargo,Emerson Alves. Porém o ex-prefeito se queixa de nãoconseguir mais falar com ele. Areportagem procurou Emersonpara se pronunciar, mas até ofechamento desta matéria ele nãoentrou em contato.
Pacote Prioridade Social
Edson Moura criticouduramente o pacote socialanunciado por Pavan. “Essepacote deveria se chamar Pacoteda Maldade, não da Bondadecomo está sendo chamado. Nomeu governo eu criei a lei 2656,que beneficiava os cidadãoscarentes com um salário mínimoe não com R$ 150, como o PavanNo dia 8 de maio o jornalCorreio Popular publicou umamatéria em que o prefeito dePaulínia, José Pavan Júnior, diziaquerer apagar a herança de EdsonMoura, ex-prefeito da cidade. Anotícia não foi bem recebida por Edson Moura que foi à rádioPaulínia FM declarar uma guerrapolítica na cidade. No meio de tudoisso ficou a vice-prefeita, SimoneMoura.De acordo com a publicação,Pavan Júnior alega não querer interferência em sua maneira degovernar e que diferente de seuantecessor pretende investir nosocial, não em obras faraônicas.Segundo Moura, Pavan nãorecebe a vice-prefeita em seugabinete e ainda tirou dela carro,celular entre outras coisas. Emabril foram demitidas 11 pessoasdo cargo de confiança de Simone.Edson Moura criticou opacote social lançado por Pavan eainda chamou o prefeito decaloteiro. O ex-prefeito revelou quenunca quis apoiar Pavan. “Euaprendi que a voz do povo é a vozde Deus e eu sigo isso. Quando fuipara São Paulo buscar a pesquisaIbope e vi que a única maneira deganhar a eleição era com essadupla [Pavan Júnior e SimoneMoura] eu fiquei chateado, porquesabia que isso não iria dar certo.Mas como era a vontade do povo,e eu sempre apoiei quem o povoquis, eu apoiei o Pavan, porém jásentia que isso não iria dar certo”.Edson afirmou que conseguiuconversar poucas vezes comPavan desde quando ele assumiuo governo e fez apenas trêspedidos ao prefeito. “Eu pediapenas três coisas para ele: aprimeira era que ele me pagasse àdívida de campanha, a segundaera que eu pudesse indicar osecretário de cultura e a terceiraera que ele tivesse gratidão pelo
Página 3
Quem traiu quem Edson Moura Pavan Simone?x
Não seria o eleitor o maior traído nessa história?
fez”.Segundo apurou areportagem do Notícia 23, a leirealmente existe, mas nunca foicolocada em pratica nem mesmodurante os cinco anos em queEdson Moura esteve no poder.Para a implantação da lei foidisponibilizado R$ 1,4 milhão por ano, que atendia no máximo duasmil famílias que morassem emPaulínia há dez anos ou mais.A lei sancionada dentro dopacote social anunciado por Pavan pretende contemplar 6,5mil famílias. O programaconcederá R$ 150 a aqueles queganham até R$ 350 per capta emais R$ 25 por cada aluno quefrequenta a escola regularmente,sendo no máximo quatro alunospor família.O ex-prefeito tambémcriticou o programa de bolsas deestudos. Em seu governo ele tirouas bolsas de estudos e concedeuaos estudantes crédito educativo.Durante a entrevista ele afirmouque o projeto não estava dandocerto por beneficiar apenas filhosde pessoas ricas.O programa atual atende 750estudantes entre cursossuperiores e técnicos. Parareceber o beneficio os moradores terão que provar carênciafinanceira para bancar osestudos. Aqueles que erambeneficiados pelo créditoeducativo terão suas bolsas deestudo pagas 100%.Edson Moura afirmou que overeador Custódio, do PT, teriaentrado com uma CEI (ComissãoEspecial de Inquérito) para cassar Pavan. Porém, o vereador revelouque isso não é verdade.“Um cidadão entrou com umprocesso de improbidadeadministrativa sobre o super-faturamento do pão e a contra- tação de bandas para o carnaval emandou uma cópia para mim. Atépoderíamos criar uma investi-gação a parte, mas como oprocesso está no judiciáriovamos aguardar. O que eu fiz foinotificar a juíza para que eupudesse entrar como parte doprocesso, já que essa era avontade do autor.”Sobre as criticas feitas peloex-prefeito à Câmara Municipal,Custódio não vê problema. “É umdireito dele criticar, nósacolhemos a critica por ele ser um cidadão comum.”Já sobre ascriticas ao pacote PrioridadeSocial, o vereador não concorda.“O pacote não tem todaintensidade que deveria, mas já éalguma coisa. O que nós temosque fazer agora é cobrar isso doprefeito.”
Ofensas
Edson Moura ofendeu o atualprefeito em vários momentos daentrevista como ao chamar-lo debarrigudo e ainda dizer que Pavancomia feijoada as suas custas.Edson Moura tambémafirmou que pagou toda acampanha eleitoral de Pavan e atéhoje não recebeu o dinheiro devolta. “Na linguagem popular dizem que quem deve é caloteiro.O Pavan não me pagou acampanha até hoje”.O ex-prefeito também deixouclaro que vai fazer de tudo paraconseguir a cassação de Pavan.O atual prefeito está sendojulgado por compra de votos.Caso Pavan seja cassado, queassumirá a prefeitura é o segundocandidato, Dixon Carvalho.Nós entramos em contatocom o prefeito e, por meio daassessoria, ele garantiu que por enquanto não vai se declarar sobre o assunto até porque nãoouviu a entrevista.
Opinião pública
A população parece não ter aprovado a entrevista de EdsonMoura. “Foi péssimo elerivalizando contra o prefeito.Agora ele é uma pessoa comum,não deve mais se meter. Aatuação do prefeito é boa”, disseo aposentado Sebastião Silva.“Com o Pavam as coisasparecem que demoram mais paraacontecer, mas o que o Edson feznão está certo. O problema dosdois deveria ser resolvido entreeles”, afirmou a dona de casaAntonia Oliveira.“O Edson Moura só fez issoporque o Pavan não deixou elecontinuar mandando”, acreditaum comerciante que não quis seidentificar.
Dixon exclui qualquer possibilidadede se unir a Edson Moura
Em entrevista à rádio PaulíniaFM, o ex-prefeito de Paulínia,Edson Moura, deixou claro o rachacom José Pavan Júnior, atualprefeito da cidade. Edson tambémafirmou que pretendia se unir aoPT de Paulínia no processo paracassar Pavan, porém o atualcandidato a prefeito do partido,Dixon Carvalho negou qualquer relação com o peemedebista.“Não sei o que ele quis dizer ao se unir ao PT, mas tenhocerteza que não há possibilidadedele se unir ao PT Paulínia. Nossaposição ética, moral e até mesmoespiritual não coincide com adele”, declarou Dixon, que naúltima eleição perdeu para PavanQuanto ao fim da aliança entreMoura e Pavan, Dixon acredita quenenhum dos dois está pensandona população. O petista tambémacredita que Edson Moura nãodeve interferir no governo. “O ex-prefeito não deve falar como oatual vai governar. O Edsonquando era prefeito não ouvianinguém.”
Cinema e a atual administração
O candidato petista tambémnão aprova o dinheiro gasto nocinema. “Eu acho que a função dopoder público é buscar fontesalternativas de recurso e isso deveser desenvolvido. O pólo decinema foi uma obra do interessepessoal do Edson Moura, tudoaquilo só é bonito porque aprefeitura investe muito lá equando se investe muito em umacoisa só também é possíveldesviar mais dinheiro. Eu não soucontra o programa cultural, masaquilo não é programa cultural,nós não vamos deixar de investir no social para investir no cinema”,afirmou.Sobre a retirada da estátuaMenina de Ouro, Dixon acredita ser uma atitude acertada. “Primeiroque aquela imagem era umdesrespeito à mulher, uma mulher nua e sem cabeça, não faz sentido.Outra coisa que o valor pago não éo que custa. Se fosse uma obra dearte ai o valor até se justificaria. Eujamais faria uma coisa daquela.”O representante do PTacredita que a atual administraçãoestá muito lenta. “Com exceção dopacote social não aconteceu maisnada”, disse Dixon. “Tudo estádevagar a saúde, educação asegurança. Faltam professoresnas escolas, produtos de limpeza,onde já se viu uma cidade comoPaulínia não ter material delimpeza. Isso são coisasinconcebíveis.”
Caco rebate criticas de Edson Moura
O ex-prefeito de Paulínia,Edson Moura, afirmou ao Notícia23 que o Caco (Centro de AçãoComunitária de Paulínia) nãoatende mais a população comoem seu governo. Segundo o ex-prefeito, em sua gestão o centropagava contas de água e luz, davacestas básicas e de natal, entreoutros benefícios à população. ONotícia 23 entrou em contato como Caco, que explicou, por meio denota, quais programas sãooferecidos aos paulinenses.“O pagamento das contas deágua e luz ainda é realizado pelaentidade, porém, somente emcasos emergenciais, quedenotem, por exemplo, prejuízo àsaúde do munícipe”, dizia odocumento.Quanto às cestas de natal,que não foram entregues no anopassado, o Caco também semanifestou. “Esclarecemos aindaque a cesta básica de Natal foiextinta não por vontade da atualcoordenação da entidade, massim, atendendo a umapontamento feito pelo Tribunal deContas do Estado de São Paulocomo despesa imprópria”.O centro ainda informou queo corte de cabelo gratuito foiextinto em 2005, junto com ocurso de cabeleireiro. Porém, apartir do segundo semestre de2010 a entidade vai voltar aoferecer o curso devido a grandeprocura da população.

Activity (3)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
alectertuliano liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->