Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
55Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Apostila 5 - Variáveis aleatórias

Apostila 5 - Variáveis aleatórias

Ratings: (0)|Views: 4,694 |Likes:
Published by Allan Reis

More info:

Published by: Allan Reis on Jun 06, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/24/2013

pdf

text

original

 
 1
Universidade Federal do Piauí Campus Universitário “Prof 
a
. Cinobelina Elvas” – Bom Jesus, PIProfa. Gisele
V - VARIÁVEIS ALEATÓRIAS1. INTRODUÇÃO
Ao descrever o espaço amostral de um experimento aleatório, o resultado individualnão necessariamente é um número. Por exemplo: no lançamento de duas moedas consecutivaspodemos obter: S = {cara-cara, cara-coroa, coroa-cara, coroa-coroa}. Contudo, em muitassituações experimentais, estaremos interessados na mensuração de alguma coisa e no seuregistro como um número. Ou seja, desejamos atribuir um número real x a todo elemento
a
doespaço amostral
S.
Portanto, no caso do lançamento consecutivo de duas moedas, podemostransformar os resultados de S em números, atribuindo-se de acordo com a contagem doNÚMERO DE COROAS obtidas, ou seja, S ={0, 1, 2}, ou de acordo com o NÚMERO DECARAS obtidas, ou seja, S ={2, 1, 0}.A este procedimento de obter uma função X, que associe aos elementos
a
pertencentesa
S
um número real, X
(a)
, é denominada VARIÁVEL ALEATÓRIA.
2. CONCEITOS DE VARIÁVEL ALEATÓRIADefinição simplificada:
Uma vez que os valores da variável estão relacionados a umexperimento aleatório ou probabilístico, VARIÁVEL ALEATÓRIA é toda variável cujosresultados estão associados a uma probabilidade.
Experimentos aleatórios são aqueles que, repetidos em idênticas condições,podem produzir resultados diferentes. Embora não se saiba qual o resultado que iráocorrer num experimento, em geral, consegue-se descrever o conjunto de todos osresultados possíveis que podem ocorrer. As variações de resultados, de experimentopara experimento, são devidas a uma multiplicidade de causas que não podemoscontrolar, as quais denominam acasoacasoacasoacaso.
 
 2
Definição estatística:
Seja E um experimento aleatório e S o espaço amostralassociado a este experimento. Uma função X, que associe a cada elemento
a
pertencente a
S
um número real, X
(a)
, é denominada VARIÁVEL ALEATÓRIA.
Ex
: Considere o experimento probabilístico ou aleatório: lançamento de duas moedasconsecutivas, logo:S = {cara-cara; cara-coroa; coroa-cara; coroa-coroa}Considere agora que X é a variável aleatória definida como o NÚMERO DE COROASobtidas, ou seja:X = {0, 1, 2},Portanto,X
(cara-cara)
= 0 (NENHUMA COROA NO LANÇAMENTO DE DUAS MOEDAS)X
(cara-coroa)
= X
(coroa-cara)
= 1 (UMA COROA NO LANÇAMENTO DE DUAS MOEDAS)X
(coroa-coroa)
= 2 (DUAS COROA NO LANÇAMENTO DE DUAS MOEDAS)Em que,S = espaço amostral original correspondente a todos os possíveis resultados do experimento(numérico ou não);R = novo espaço amostral associado à variável aleatória X, representando todos os valoresnuméricos de interesse (todos os valores possíveis e definidos de X
(a)
de
a
em
S
).
Cara-caraCara-coroaCoroa-caraCoroa-coroa012
SRa X
(a)
 SRv.a.X
 
 3
Observações:
a)
 
Apesar da terminologia “variável aleatória”, ela é uma função cujo domínio é oconjunto S e o contradomínio é o conjunto R;b)
 
O uso de variáveis aleatórias equivale a descrever os resultados de um experimentoaleatório por meio de números ao invés de palavras, o que apresenta a vantagem depossibilitar melhor tratamento estatístico;c)
 
Nem toda função é uma variável aleatória, pois uma vez que ao mesmo
s
forematribuídos diferentes X
(a)
, a relação não poderá se caracterizar uma relação funcionalou função.
 Lembrete
:
Uma quantidade é uma função de outra quando, para cada quantidade da variávelindependente (x), corresponde a um único valor denominado f(x) (variável dependente). Oconjunto em que os valores de x podem ser tomados é chamado de domínio da função, e oconjunto dos valores que
 f 
assume para cada
 x
é denominado imagem da função.As variáveis aleatórias serão sempre representadas por letras maiúsculas (X, Y, Z, W,etc.). As realizações (ou variações) dessas variáveis em um dado elemento da população serãosempre representadas por letras minúsculas (x, y, z, w, etc.).Quando o resultado do experimento probabilístico for registrado como um úniconúmero x ter-se-á uma VARIÁVEL ALEATÓRIA UNIDIMENSIONAL, que poderá ser
discreta
ou
contínua
.Porém, quando para um determinado experimento, cada resultado é proveniente daavaliação simultânea de dois caracteres, como por exemplo, estudar a estatura X e o peso Y,de alguma pessoa escolhida ao acaso, o resultado será (x,y), e ter-se-á uma VARIÁVELALEATÓRIA BIDIMENSIONAL. Nota-se, nesse caso, que cada resultado é identificado porcada um dos valores que as variáveis aleatórias unidimensionais assumem.aX
(a)
Y
(a)
Sv.a.Xv.a.Y

Activity (55)

You've already reviewed this. Edit your review.
camillamat liked this
1 thousand reads
1 hundred reads
stonebalboa liked this
Júlio Teofilo liked this
sanches liked this
Amanda Gonzales liked this
Adriano Oliveira liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->