Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
CCO aula02 custos

CCO aula02 custos

Ratings: (0)|Views: 36 |Likes:
Published by predestinada

More info:

Published by: predestinada on Jun 07, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/26/2010

pdf

text

original

 
    C    u    s    t    o    C    o    n    t    á    b    i    l
    A    u    l    a    0    2   -    C    l    a    s    s    i    f    i    c    a    ç    ã    o    d    o    s    C    u    s    t    o    s
12
Faculdade On-Line UVB
Anotações do Aluno
uvb
Aula Nº 2 – Classificação dosCustos
Objetivos da aula:
Alguns custos são acilmente identifcáveis aos produtos, outros sãocomuns a vários produtos. Alguns acompanham o volume de produçãoou vendas, outros nada têm a ver com o volume de produção e vendas.O objetivo desta aula é caracterizar todos os custos para melhor identifcaros produtos, mercadorias ou serviços, apresentando exemplos práticosque acilitarão classifcá-los. Tenha uma excelente aula!
1. Custos Diretos
São os gastos necessários à produção, acilmente identifcáveis no produtoe mensuráveis em cada unidade do produto.
Exemplos:
1)Em uma ábrica de móveis, a madeira é um material essencial para aprodução e pode-se medir quanto será utilizado de madeira para abricarcada peça, portanto os gastos com esse produto utilizado na abricação demóveis é um custo direto.2)Em uma ábrica de automóveis, alguns materiais são essenciais parasua abricação, como o aço para os pneus, bancos etc. e são acilmenteidentifcáveis em cada veículo produzido, podendo seus gastos ser medidosem cada veículo, portanto são custos diretos do veículo produzido.
 
    C    u    s    t    o    C    o    n    t    á    b    i    l
    A    u    l    a    0    2   -    C    l    a    s    s    i    f    i    c    a    ç    ã    o    d    o    s    C    u    s    t    o    s
13
Faculdade On-Line UVB
Anotações do Aluno
uvb
2. Classificação dos Custos
São gastos necessários à produção, mas nem sempre podem ser identifcadose mensurados em cada unidade do produto. Para se chegar ao custo deprodução, é necessário azer um rateio desses custos para determinar oquanto cabe a cada produto.
Exemplos:
1) Para produzir os móveis, a ábrica precisa de máquinas. Essas máquinassorem um desgaste com o tempo (depreciação) e precisam de manutenção,mas você não vê, no produto, depreciação nem gastos com manutenção,e nem sequer pode medir quanto há de depreciação em cada unidadeproduzida, portanto os gastos com depreciação e manutenção são custosindiretos.2) O mesmo acontece com a indústria automobilística. Existem gastos coma supervisão da ábrica, com a supervisão das linhas de produção, mas nãoconseguimos identifcar gastos com supervisão em um automóvel qualquer.Esses gastos são rateados à produção dos automóveis para se chegar aocusto fnal do produto, portanto são custos indiretos de abricação.
3. Custos Variáveis
São gastos necessários à produção e diretamente variáveis com o volumede produção. Quanto maior ela or, maior será o custo. Os custos diretos sãosempre variáveis, mas nem todo custo variável é direto.
Exemplos:
1)Na ábrica de móveis, a madeira é uma matéria-prima para a produção eé um custo direto, pois, quanto maior or minha produção de móveis, maiorserá o custo com madeiras.2)Na indústria automobilística, o aço utilizado na produção de veículos é umcusto variável, pois, quanto mais unidades de automóveis orem produzidas,mais aço será consumido em sua produção.
 
    C    u    s    t    o    C    o    n    t    á    b    i    l
    A    u    l    a    0    2   -    C    l    a    s    s    i    f    i    c    a    ç    ã    o    d    o    s    C    u    s    t    o    s
14
Faculdade On-Line UVB
Anotações do Aluno
uvb
4. Custos Fixos
São gastos necessários à produção de bens ou serviços e passíveis demudança de valor, mas não acompanham o volume de produção, por issosão considerados fxos em relação ao volume.
Exemplos:
1) Se a ábrica de móveis estiver uncionando em um galpão alugado, ogasto com aluguel do galpão é um custo fxo, pois é necessário para quese possam produzir os móveis, mas independe do volume que se produzanesse galpão. Logicamente, o aluguel pode mudar de valor em decorrênciade um reajuste contratual, mas continua sendo um custo fxo.2) Os salários dos supervisores da ábrica são gastos necessários à produção,mas também são fxos, pois independem do volume de produção daábrica.
5. Despesas fixas e variáveis
Despesas variáveis são gastos necessários para colocar os produtos e serviçosno mercado e acompanham determinado volume. Exemplo: Os gastos comcomissões de vendedores são despesas variáveis, pois são necessárias paracolocar o produto no mercado e acompanham o volume de vendas.Despesas Fixas são gastos necessários para colocar os produtos e serviçosno mercado, mas não estão relacionados a nenhum volume. Exemplo: Osgastos com administração de vendas são necessários para controlar asvendas, o aturamento, mas são gastos fxos, não acompanham o volumede vendas.
6. Custos de produção
Matéria-prima;Mão-de-obra direta;Custos Indiretos de Fabricação – C.I.F.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->