Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Conhecimentos Gerais e Atualidades - Toq02 Mercosul

Conhecimentos Gerais e Atualidades - Toq02 Mercosul

Ratings:

4.5

(2)
|Views: 3,498 |Likes:
Published by Geografia Geoclasy

More info:

Published by: Geografia Geoclasy on Jun 08, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/12/2012

pdf

text

original

 
Conhecimentos Gerais e Atualidades 1 Prof. Márcio Vasconcelos
Questões comentadas de Conhecimentos Gerais eAtualidades dos principais concursos públicos – Parte 1.Prof. Márcio Souza Vasconcelos
01)
(ABIN-2004) “Mercado Comum do Sul (MERCOSUL) ganha uma sede oficial parafuncionamento do Tribunal Permanente de Revisão do bloco, que vai funcionarcomo última instância no julgamento das pendências comerciais entre os países-membros. Melhorar o mecanismo de solução de controvérsias é um dos requisitospara o fortalecimento do MERCOSUL, vide as últimas divergências entre Brasil eArgentina. As decisões do tribunal terão força de lei. Sua sede será Assunção, noParaguai. Até agora, quando os países-membros divergiam sobre assuntoscomerciais, era acionado o Tribunal Arbitral. Quem estivesse insatisfeito com oresultado do julgamento, no entanto, tinha de apelar a outras instânciasinternacionais, como a Organização Mundial do Comércio (OMC).” 
Gisele Teixeira. MERCOSUL ganha tribunal permanente.In: Jornal do Brasil, ago./2004 (com adaptações).
A propósito do texto acima e considerando a abrangência do tema nele tratado, julgue os itens que se seguem.1_ A existência do MERCOSUL insere-se no quadro mais geral da economiacontemporânea, que, crescentemente globalizada e com notável grau decompetição entre empresas e países, estimula a formação de blocos econômicoscomo forma de melhor inserção de seus participantes nesse mercado mundial.2_ O ponto de partida para a constituição do MERCOSUL foi a aproximação entreBrasil e Argentina, ainda nos anos 80 do século passado. O passo seguinte foi aincorporação do Paraguai e do Uruguai a esse esforço de integração, sendo essesos quatro países integrantes do bloco.3_ Infere-se das informações do texto que um dos pontos frágeis do funcionamentodo MERCOSUL está no mecanismo de solução de controvérsias entre os países queo compõem.4_ Ao mencionar as “últimas divergências entre Brasil e Argentina”, o texto sereporta à decisão do país platino de impor obstáculos à importação deeletrodomésticos brasileiros, como ocorreu com as geladeiras.5_ Ao escolherem Assunção para sede do Tribunal Permanente de Revisão, éprovável que os países integrantes do MERCOSUL tenham considerado o grandepotencial paraguaio na produção de manufaturados e sua reconhecida vocação paraa formação de juristas.6_ Com a criação do tribunal a que o texto se refere, o MERCOSUL iguala-se àUnião Européia quanto ao número, à diversidade e à abrangência de instituiçõescriadas para dar suporte ao processo integracionista.
Gabarito 01- VVVVFF
Com entário: 
Na questão acima percebe-se a necessidade de relacionar aformação dos blocos econômicos com a nova tendência econômicamundial, a globalização. No item 2 é cobrado o contexto histórico daformação do Mercosul. Já no Item 4 é importante conhecer em que setoresdo comércio estão ocorrendo os principais problemas entre os membros doMercosul. Nos itens 5 e 6, o candidato deve conhecer o real potencialprodutivo de cada país do Mercosul, assim como poder comparar ascaracterísticas do Mercosul com a União Européia.
 
Conhecimentos Gerais e Atualidades 2 Prof. Márcio Vasconcelos
02)
(Polícia Federal-2001) “O fim da Guerra Fria revolucionou a agenda do debateacerca das relações internacionais. No começo, ainda não se falava a respeito doimpério americano, mas, logo depois da euforia inicial — sintetizada pela idéia do “fim da História” —, estabeleceu-se uma polêmica com relação ao futuro do sistemapolítico e econômico mundial, que percorreu toda a década de 90 do séculopassado.” 
José Luís Fiori-60 lições dos 90 – uma década de neoliberalismo. Riode Janeiro: Record, 2001, p. 118 (com adaptações).
A partir do texto acima, julgue os itens que se seguem, referentes ao cenáriointernacional contemporâneo.1 A Guerra Fria a que se refere o autor corresponde ao sistema bipolar de podermundial que, logo após a Segunda Guerra, contrapôs os interesses soviéticos enorte-americanos, identificados nos sistemas socialista e capitalista,respectivamente.2 O citado “fim da Guerra Fria” decorreu da falência da União das RepúblicasSocialistas Soviéticas (URSS) e, em uma espécie de efeito dominó, dadesintegração das chamadas Repúblicas Socialistas do Leste europeu.3 A expressão “fim da História” sintetiza a idéia de ter acabado a disputa entre asprincipais ideologias.4 O incontrastável poderio militar norte-americano, após a Guerra do Golfo contraSaddam Hussein, reflete a posição ocupada pelos Estados Unidos da América (EUA)no cenário mundial posterior à Guerra Fria.5 O fracasso da URSS fez-se acompanhar pelo declínio da República Popular daChina, cuja tentativa de modernizar a sua economia sucumbiu ante a intransigênciados militares comunistas, o reduzido mercado interno e a incapacidade de ampliar aprodução.
Gabarito 02- VVVVFComentário: Nessa questão é trabalhado o contexto político-econômicovivido entre o período do pós guerra e a década de 90, ou seja, o sistemabipolar e a guerra fria. Em outro ponto é exigido do candidato a corretaanálise do fim do bloco comunista e das características do novo cenáriopolítico-mundial, ressaltando-se o novo papel exercido pelos EstadosUnidos como única super-potencial mundial.03)
(Polícia Federal-2001) A expressão
Consenso de Washington
, cunhada em1990, traduz, em linhas gerais, um conjunto de teses e idéias neoliberaisdefendidas por altos funcionários da área econômica dos Estados Unidos daAmérica (EUA) e pelos organismos multinacionais lá sediados. Esse ideário, espéciede esteio da economia dita globalizada, estabeleceu o tom da evolução econômica efinanceira mundial desde então, angariando adeptos e opositores pelo mundo afora.Relativamente a esse tema, julgue os itens que se seguem.1 O Consenso de Washington defendia a austeridade fiscal como condição essencialao sucesso dos programas de estabilização monetária, de que decorria a adoção deum programa de corte dos gastos públicos e reformas administrativas,previdenciárias e fiscais.2 Tendo em vista a abertura e a desregulação do mercado cada vez maisinternacionalizado, o Consenso de Washington propunha — e praticou — que ocapital fosse pesadamente taxado para não colocar em risco as economias maisfrágeis.3 O modelo de industrialização adotado pelos países periféricos após a SegundaGuerra Mundial, que envolvia sensível presença estatal, segundo a perspectiva deWashington, estava ultrapassado e, como tal, deveria ser desmontado.4 Paradoxalmente, ao mesmo tempo que propunha a desregulação do mercadofinanceiro, o Consenso de Washington estimulava a presença mais ativa do Estado
 
Conhecimentos Gerais e Atualidades 3 Prof. Márcio Vasconcelosna defesa do trabalho,ampliando a legislação trabalhista como forma de impedirconflitos sociais.5 Ampla abertura comercial e privatização das empresas e dos serviços públicosforam alguns dos aspectos mais marcantes do receituário elaborado pelo Consensode Washington.
Gabarito 03- VFVFFVComentário: Nessa questão é interessante observar como é trabalhadagrande parte do conjunto de idéias do sistema capitalista neoliberal. Emtodos os itens é exigida uma avaliação correta do que é a tendênciaeconômico-mundial vivida nos dias de hoje, abordando diversos temascomo: reformas administrativas e fiscais, abertura de mercado,desestatização industrial, privatizações e as novas relações de trabalho nocontexto globalizado.
 
04)
(Banco do Brasil-2001-adaptado)O capitalismo, ao contrário do comunismo e do socialismo, não é, de formaalguma, um “ismo”. Não é um sistema sonhado por filósofos, políticos oueconomistas e depois posto em prática por decisão de governos. Trata-se de umevento natural, uma peça orgânica no progresso humano. A História mostra que ocapitalismo ocorre nas sociedades humanas quando elas atingem certo nível deprogresso tecnológico e as pessoas com dinheiro percebem que podem lucrar ao seorganizarem para investir.Acontecendo naturalmente, o capitalismo não tem necessidade de ajuda dosgovernos. Pode-se dizer que ele é inevitável, a não ser que o governo tomedeterminadas medidas para impedi-lo. Ocorreu em larga escala, pela primeira vez,na Inglaterra, na segunda metade do século XVIII, e foi possível porque asociedade britânica era relativamente livre, com poucas leis que impedissem asmudanças econômicas e técnicas. O governo não teve praticamente nada a ver comele. O fenômeno foi chamado de Revolução Industrial, mas esse nome supõemudança dramática e violência. Não houve nada disso. Nem houve grandes planos,regras ou decisões grandiosas.Assim, o capitalismo nasceu de decisões não-coordenadas e meramentecoincidentes de muitos milhares de pequenos fabricantes, comerciantes, artesãos,poupadores, investidores e instituições financeiras. Os grandes bancos nãodesempenharam papel algum, pois simplesmente não existiam.
Veja, 27/12/2000, p. 163 (com adaptações).
Com relação ao texto e à conjuntura político-econômica atual do continenteamericano, julgue os itens abaixo.1 Infere-se do texto que o capitalismo confunde-se e identifica-se com a economiade mercado, dela sendo sinônimo, existindo em qualquer ambiente econômico detrocas, independentemente de seu estágio de desenvolvimento.2 Segundo o texto, o pioneirismo britânico no processo de industrialização modernadeveu-se à inexistência de um Estado formal naquele país, condição essencial paraque o capitalismo tivesse liberdade para impor-se e expandir-se.3 As recentes transformações econômicas verificadas na República Popular daChina, estimuladas a partir do governo de Deng Xiao Ping, contestam a tesepresente no texto: foi graças à ação do Estado que a China tornou-se capitalista,realidade hoje visível em todos os setores de sua economia e nas suas diversasregiões.4 Os grandes bancos, tal como se apresentam na atualidade, são fruto do processode expansão da economia capitalista.

Activity (5)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Pamela Tays liked this
smcarlos liked this
resoarres liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->