Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
24Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Terapia Antineoplásica - Farmácia Hospitalar - Caroline Tannus - UNIME

Terapia Antineoplásica - Farmácia Hospitalar - Caroline Tannus - UNIME

Ratings: (0)|Views: 1,847 |Likes:
Published by Etcy Tal
Slide da professora Caroline Tannus (dado em sala de aula) da Disciplina de Farmácia Hospitalar com o tema: Terapia Antineoplásica
Slide da professora Caroline Tannus (dado em sala de aula) da Disciplina de Farmácia Hospitalar com o tema: Terapia Antineoplásica

More info:

Categories:Types, Resumes & CVs
Published by: Etcy Tal on Jun 10, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/09/2014

pdf

text

original

 
Disciplina Farmácia HospitalarCaroline Tannus
TERAPIA ANTINEOPLÁSICA
ONCOGÊNESE
O câncer é um distúrbio celular caracterizado por alterações no processo de
duplicação do DNA, resultando em proliferação celular alterada, de forma desordenada.Qualquer que seja a causa do câncer, este é basicamente uma doença celular,caracterizado por um desvio dos mecanismos de controle das células.
Estas, uma vez que sofreram transformação neoplásica, expressam sinais deimaturidade aparente e podem exibir anormalidade cromossômica qualitativa ou
quantitativa que são expressas por translocações e aparecimento de seqüências gênicasamplificadas.
Os fatores que determinam o surgimento do câncer ainda não estão bem
esclarecidos, mas sabe-se, no entanto, que duas propriedades hereditárias regem o
processo da oncogênese:1) elas se reproduzem em detrimento das células normais;2) possuem o poder de invasão a outros tecidos, próximos ou distantes do seu ponto deorigem.TERAPIA ONCOLÓGICAA terapia oncológica consiste no tratamento dos pacientes portadores de câncer, atravésde qualquer das modalidades disponíveis à prática médica. São as intervençõescirúrgicas, radioterapia, imunoterapia e quimioterapia, que podem ser aplicadas sozinhasou associando-se uma modalidade à outra. Atualmente o recurso mais empregado é o daquimioterapia, a qual utiliza os medicamentos antineoplásicos, através de protocolos deum ou mais medicamentos, dependendo do tipo e do estágio do tumor. A hipertermia é
considerada um adjuvante terapêutico bastante promissor, tanto no diagnóstico,
melhorando o contraste das imagens na ressonância magnética (RM), quanto notratamento em associação a outras técnicas. É uma modalidade de tratamento que visa aerradicar as células cancerosas através da elevação da temperatura na massa tumoral,aplicando-se microondas, ondas de radiofreqüência e agulhas eletromagnéticas no tecidolesado.
 
Disciplina Farmácia HospitalarCaroline TannusMEDICAMENTOS ANTINEOPLÁSICOSCARACTERÍSTICASOs antineoplásicos são agentes químicos usados no tratamento do câncer para
inibir ocrescimento celular, atuando sobre as moléculas que controlam a divisão e o
desenvolvimento das células. O grupo farmacológico dos antineoplásicos inclui vários
agentes que atuam por mecanismos complexos, através de interações destes com o
ácido desoxirribonucléico (DNA), ácido ribonucléico (RNA), e proteínas. O processo deinteração não está bem esclarecido, sabe-se, no entanto que os agentes antineoplásicos
atuam de forma semelhante à radiação ionizante. Eles não destroem diretamente as
células cancerosas, porém impedem e/ou diminuem a habilidade de replicação do DNA,
não possuindo ação seletiva sobre os tecidos neoplásicos, e apresentando efeitoscumulativos. O efeito antineoplásico é dependente da ação citotóxica, afetandoindistintamente tanto as células normais, quanto às células alteradas, especialmente
aquelas que se dividem rapidamente, como as da medula óssea, epitélio gastrointestinal,pele, folículo piloso, epitélio germinativo das gônadas e as estruturas embrionárias. Ospacientes terapeuticamente expostos a esses agentes podem apresentar reaçõesadversas, como náuseas, vômitos, alopecia, hiperpigmentação, reações cutâneas eefeitos tóxicos em diversos órgãos: coração, rins, pulmões.CLASSIFICAÇÃO
A classificação dos antineoplásicos é feita de forma empírica, com base no
mecanismo de ação sobre o ciclo de reprodução celular.Estão distribuídos entre os grupos: alquilantes, antimetabólitos, antibióticos, agentesnaturais e agentes diversos. O agente que age em uma fase específica do ciclo
celular,como por exemplo, etoposido, hidroxiuréia, alcaloides da vinca e bleomicina, é
denominado ciclo celular específico, e quando a sua ação é independente de uma faseespecífica no ciclo celular, é denominado ciclo celular inespecífico.ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA AO PACIENTE ONCOLÓGICOA eficácia dos fármacos antineoplásicos é alcançada mediante o seu potencialcitotóxico. Isto indica que pequenas variações nas doses podem gerar graves danos ao
 
Disciplina Farmácia HospitalarCaroline Tannuspaciente. Se forem preparadas doses ligeiramente menores do que as prescritas poderãonão produzir o efeito esperado, se as doses forem ligeiramente maiores poderão gerar umquadro de toxicidade, que pode ser letal. As doses prescritas devem ser rigorosamente
atendidas. Deve-se ainda considerar que os doentes portadores de câncer são
imunossuprimidos, quer pela doença de base, quer pelo fármaco que lhe está sendo
administrad06. É necessário, portanto, a utilização de uma técnica rigorosamenteasséptica para o preparo das soluções parenterais, contribuindo desta maneira para evitarquadros de infecção e septicemia.O farmacêutico que atende ao paciente oncológico poderá ajudar na detecção de
sintomas indicativos de sobreposição de toxicidades, ou seja, quando dois ou mais
medicamentos, que são administrados simultaneamente, apresentam efeitos adversos
que se potencializam. É aconselhável que o farmacêutico sugira a diminuição das dosesde pelo menos um dos componentes do esquema terapêutico. Em qualquer situação éaconselhável que o farmacêutico acompanhe a evolução clínica do paciente se inteirandodas reações colaterais significantes, verificar se o medicamento está sendo administradono tempo prescrito pelo médico, e a forma como está sendo acondicionado na clínica.CENTRAL DE MANIPULAÇÃO DE ANTINEOPLÃSICOS
A Central de Manipulação de Antineoplásicos é um setor onde são realizadas
todas asatividades envolvendo a operação farmacêutica de preparo das soluções
parenteraisdestinadas ao tratamento do câncer. As soluções são manipuladas de acordo com aprescrição médica destinada a cada paciente, de forma individual e personalizada.As técnicas empregadas para diluir os antineoplásicos são extremamente
complexas,tornando-se aconselhável à centralização das atividades de manipulação
dessesfármacos. A manipulação centralizada apresenta as seguintes vantagens:
- melhor controle dos riscos decorrentes da exposição dos trabalhadores
envolvidoscom agentes antineoplásicos e meio ambiente;- garantia de qualidade das soluções parenterais e dos serviços prestados aos pacientesoncológicos;- redução dos custos com recursos humanos, fármacos e material utilizado namanipulação dos antineoplásicos;
- melhor gerenciamento do setor, visando a alcançar eficácia, eficiência e
efetividade

Activity (24)

You've already reviewed this. Edit your review.
Mylena Paris liked this
1 hundred reads
1 thousand reads
Re Miranda liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->