Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
83Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
HABILIDADES MOTORAS

HABILIDADES MOTORAS

Ratings: (0)|Views: 19,154|Likes:
Published by cristianear76

More info:

Published by: cristianear76 on Jun 14, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/19/2013

pdf

text

original

 
HABILIDADES MOTORASEsteeixo curricular também é trabalhado desde o início do ano, começando com atividades mais simples eevoluindo para mais complexas. A seguir, as competências () relativas a esse eixo e as respectivas habilidades
  
 ().
 
Desenvolver um repertório motor que lhe permita atuar com independência nas situações do cotidiano:
  
 estabelecer relacionamento motor com um ou mais objetos; deslocar-se na direção horizontal ou vertical, de um ponto para outro no espaço e recuperar e manter o equilíbrio.
 
Apanhar objetos utilizando somente as mãos [Pegar].
 
Aprimorar os padrões de movimento fundamentais estabilizadores: inclinar-se; alongar-se; girar; virar; balançar; iniciar; parar; desviar; equilibrar-se.
 
Aprimorar os padrões de movimento fundamentais locomotores: caminhar; correr; saltar; saltitar; pular;galopar; deslizar lateralmente; rastejar.
 
Aprimorar os padrões de movimento fundamentais manipulativos: alcançar, segurar e soltar; lançar; pegar;chutar; encaixar; enfiar; abotoar; amarrar.
 
Caminhar e saltar com o mesmo pé ritmicamente [Galope].
 
Caminhar sobre a corda alternando passos e sem acompanhamento óculo-pedal [Caminhada direcionada].
 
Coordenar efetivamente passo e saltito [Salto misto].
 
Correr apresentando fase aérea definida, numa corrida mais eficiente e refinada.
 
Dar um passo à frente com a perna do mesmo lado do braço de lançamento [Lançar].
 
Definição do pular, com impulsão e ganho de distância e elevação na execução [Pulo].
 
Deslizar ritmicamente para ambos os lados [Deslizamento].
 
Fazer contato bem-sucedido com um objeto, retendo-o agarrado e soltando-o quando solicitado [Alcançar,segurar e soltar].
 
Saltar a uma altura de 30cm do chão [Salto vertical].
 
Saltar a uma distância de 50cm [Salto horizontal].
 
Saltar ao chão de altura de 30cm impulsionado por e aterrissando com ambos os pés [Salto de uma certaaltura].
 
Saltitar 10 vezes no mesmo pé [Saltito].
 
Significativo avanço para frente e para trás com oposição definida dos braços [Chutar].Desenvolver combinações de movimentos fundamentais
  
Combinar movimentos: correr e virar; andar e lançar/agarrar; marchar e empurrar; girar e andar; saltar e
 
 segurar etc.Explorar diferentes qualidades, dinâmicas e combinações de movimento ao interagir no espaço e com objetos
 
 de diferentes formas, tanto individual quanto coletivamente.Confiar em suas próprias capacidades.
  
 Enumerar os limites e as potencialidades do corpo e seus segmentos quando solicitado.
 
1
 
O
riginariamente, é uma brincadeira cujo foco é na discriminação cinestésica. Consta no repertório do CDPandalelê, co-produção do Centro Pedagógico da UFMG ePalavra Cantada. “Em duplas, um dos brincantesrecita o texto enquanto faz, nas costas do colega, movimentos com os dedos das mãos. No momento em que se pergunta ‘cuantos dedos há encima?’, o brincante que estava fazendo os movimentos pára, deixando umaquantidade de dedos sobre as costas do outro. Este tentará descobrir quantos dedos ‘hay en cima’. Caso erre,recita-se a segunda estrofe do texto ‘se houbiera dicho...’, dando uma nova chance de resposta. A cada vez queerrar a quantidade de dedos, o texto deverá ser recitado o mais rápido possível até que o outro acerte aquantidade de dedos colocadas em suas costas. Quando acertar, os brincantes invertem de posição.” Estadescrição e das demais brincadeiras do Pandalelê você encontra no portal de educação o governo do Paraná(emhtml) e no site da prefeitura de Botucatu-SP(em pdf).
E
sta percepção ainda é incipiente na criança pequena. Daí, adaptei a brincadeira para noções matemáticas decorrespondência, usando a cantoria para disciplinar a liberação para o banheiro: passam pelo “portão” ascrianças correspondentes ao número formado pelas mãos acima do ombro, relativo a cada uma das duas filas.
Q
uanto ao CD, é fenomenal. São, na verdade, dois. Um de áudio e outro CD Rom, que contém vídeos comadolescentes executando cada brincadeira, bastante precisos no enfoque às informações essenciais. Antes derealizar uma brincadeira, apresento o vídeo correspondente e as crianças apreendem logo a dinâmica,dispensando explicações em demasia.
S
ão bem legais as brincadeiras apresentadas no site do projeto de extensãoQuem quer brincar?, da Faculdadede Educação da UFRGS.
D
as 57 listadas por lá, boa parte delas é sucesso garantido nas aulas de Educação Física Infantil. Eu já haviaexperimentado
, 
,
e outras que, embora a denominação sejadiferente, o funcionamento é o mesmo.
A
gora, se você, além de aprender, quer compartilhar brincadeiras, dê um pulinho emABRINQuedoteca, umainiciativa pra lá de interessante da ABRINQ. Mas o site traz mais que brincadeiras, embora o brincar seja o fiocondutor da proposta. Achei extremamente útil a seção com dicas paraescolher brinquedos e jogos. Todo adultodevia lê-las antes de dar um brinquedo para uma criança.
N
o artigoA gestão da sala de aula no trabalho corporal, na seção "Saiba Mais" do site, o professor José Plácido Nogueira expõe (com primor) uma proposta para a educação física semelhante à que apresento neste blog.2
 
S
egundo Galahue (2005, p.298),o desenvolvimento das habilidades motoras é afetado, em todas as fases, pelos fatores de aptidão física(relacionados à saúde: resistência cardiovascular, força muscular, resistência muscular, flexibilidade ecomposição corporal) e de aptidão motora (relacionados ao desempenho: controle motor - equilíbrio estático edinâmico, coordenação motora rudimentar, olho-mão e olho-pé - e produção de força -velocidade, agilidade e potência.
M
einel (1984, p.289) afirma que, na idade pré-escolar, o aperfeiçoamento das habilidades motoras é mínimo emais significativo após os 5 anos. O autor relata aumento e melhoria no rendimento (especialmente navelocidade dos movimentos), na capacidade de equilíbrio, direção, adaptação e transformação motoras e naantecipação e capacidade de combinação. Informa, ainda, que o aumento é lento e pouco significativo emrelação à força [aptidão motora] e pouco esclarecido no que concerne a resistência [aptidão física].
C
onsiderando que o aperfeiçoamento da coordenação depende do equilíbrio, esteeixo curricular é trabalhadodesde o início do ano. Uma etapa já foi disponibilizada aqui através devídeo. A seguir, as competências ()
  
 relativas a esse eixo e as respectivas habilidades ().
 
Construir conceitos motores [consciência do esforço] e de força no movimento do próprio corpo.
  
Identificar e nomear os diferentes níveis de força (forte, leve e moderada) utilizados nas atividades.
 
Mover todo o corpo ou segmentos, aplicando diferentes níveis de força.
 
Conduzir e controlar objetos em diferentes espaços e direções, aplicando conceitos motores construídos.
   
Aprimorar a coordenação motora rudimentar e refinada
 
Controlar o corpo em movimento em variadas seqüências de tarefas motoras.
  
Manter o próprio equilíbrio enquanto o centro de gravidade (CG) se desloca.
 
Caminhar em trave de 5 cm
 
Equilibrar-se na "gangorra" durante 20 segundos
 
Ficar de pé sobre um dos pés por 3 segundos; saltar para frente 3 vezes seguidas sobre o mesmo pé.3

Activity (83)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Stephany Eloy added this note
KKKKKKKK, TA VIRANDO CELEBRIDADE EM STER. RSRSRS
Salo Santos liked this
Francine Marx liked this
soninhacampos liked this
Rafaela Vieira liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->