Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
As Causas Da Primeira Guerra Mundial

As Causas Da Primeira Guerra Mundial

Ratings: (0)|Views: 552 |Likes:
Published by DanielMGuedes
As principais causas da primeira guerramundial.
As principais causas da primeira guerramundial.

More info:

Published by: DanielMGuedes on Jun 14, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/02/2012

pdf

text

original

 
AS CAUSAS DA 1ª GUERRA MUNDIAL
A primeira guerra mundial foi um conflito ocorrido em 28 de julho de 1914 á 11de novembro de 1918. Essa guerra ocorreu entre a Tríplice Entente e a Tríplice Aliançaque foi derrotada. Esse conflito causou um grande colapso que modificou radicalmenteo mapa da Europa e do Oriente Médio.
- Causas
O arquiduque Francisco Ferdinando, herdeiro do trono Austro-Húngaro e suaEsposa, foram assassinados em 28 de julho de 1914 pelo sérvioGavrilo Princip, que erade um grupo de terrorista chamado mão negra, que lutava pela unificação dos territóriossérvios. O assassinato desencadeou o eventos que rapidamente deram começo a grande primeira guerra, mas suas causas são muito mais complexas.OTratado de VersalheseTratado de St.Germain, acusava tanto aAlemanha  quanto oImpério Austro-Húngaropela responsabilidade daguerra. A explicação para tal não era completamente infundada, era um fato que oImpério Austro-Húngaro,apoiado por Berlim, tinha atacado aSérviaem29 de julhoe que aAlemanhatinha invadido aBélgicaem3 de agosto.Sendo assim, aAlemanhae oImpério Austro- Húngarotinham sido os primeiros a atacar, o que teria levado àguerra. A corrida naval entreInglaterraeAlemanhafoi intensificada em1906pelo surgimento doHMS Dreadnought, um revolucionário navio de guerra. Uma evidentecorrida armamentista na construção de navios desdobrava-se entre as duas nações. Essasduas Nações acreditavam que o controle do mar era vital a uma Nação. Este período,entre1885e1914, ficou conhecido como aPaz Armada. O presidente dosEUA  Woodrow Wilsone outros observadores americanos culpam o militarismo pelaguerra.  A tese é que aaristocraciae a elite militar tinham um controle grande demais sobre aAlemanha,Itáliae oImpério Austro-Húngaro, e que aguerraseria a conseqüência de seus desejos pelo poder militar e o desprezo pelademocracia.
O poder naval das grandes nações em 1914NaçãoTripulaçãoMaiores naviosTonelagem
Rússia54.0004328.000França68.00010731.000Grã-Bretanha209.000292.205.000
Total331.000433.264.000
Alemanha79.000171.019.000Áustria-Hungria16.0003249.000
Total95.000201.268.000
O famoso defensor Lênin dizia que o sistema imperialista vigente no mundo erao responsável pelaguerra. Para corroborar as suas idéias ele usou as teorias econômicasdeKarl Marxe do economistainglêsJohn A. Hobson, que antes já tinha previsto as conseqüências do imperialismo econômico na luta interminável por novos mercados,
 
que levaria a um conflito global, em seu livro de1902chamado Imperialismo. Talargumento provou-se convincente no início imediato daguerrae ajudou no crescimentodoMarxismoeComunismono desenrolar do conflito. Os líderes civis das nações Européias estavam na época enfrentando uma ondade fervor nacionalista que estava se espalhando pelaEuropahá anos, como memórias deguerrasenfraquecidas e rivalidades entre povos, apoiados por uma mídia sensacionalistae nacionalista. Os frenéticos esforços diplomáticos para mediar a rixa entre oImpérioAustro-Húngaroe aSérviaforam irrelevantes, já que a opinião pública naquelas nações  pediam pelaguerrapara defender a chamada honra nacional. Já aaristocraciaexercia também forte influência pelaguerra, acreditando que ela poderia consolidar novamenteseu poder doméstico. No final do século do século XIX e começo do XX, as nações européias passaram a investir fortemente na fabricação de armamentos. O aumento das tensõesgerava insegurança, fazendo assim que os investimentos militares aumentassem diantede uma possibilidade de conflito armado na região.A partilha das terras da África e Ásia, pouco antes do fim do século XIX,gerou muitos desentendimentos entre as nações européias. Enquanto Inglaterra eFrança ficaram com grandes territórios com muitos recursos para explorar,Alemanha e Itália tiveram que se contentar com poucos territórios de baixovalor. Este descontentamento ítalo-germânico permaneceu até o começo doséculo XX e foi um dos motivos da guerra, pois estas duas nações queriam maisterritórios para explorar e aumentar seus recursos.A concorrência econômica entre os países europeus aumentou a disputa por mercados consumidores e matérias-primas. Muitas vezes, açõeseconomicamente não leais eram tomadas com o apoio do governo por determinados países ou empresas. A questão do nacionalismos também esteve presente na Europa pré-guerra. Além das rivalidades como Alemanha eInglaterra, havia o pan-germanismo e o pan-eslavismo. O pan-germanismo era aidéia alemã de formar um grande império, unindo os países de origemgermânica. Já o pan-eslavismo era um sentimento forte da Rússia que envolviatambém outros países de origem eslava.A guerra localizada entre oImpério Austro-Húngaroe aSérviateve como principal motivo oPan-eslavismo, o movimento separatista dosBálcãs.  OPan-eslavismoinfluenciava a política externa russa, principalmente peloscidadãoseslavosno país e os desejos econômicos de um porto em águasquentes. O desenrolar daGuerra dos Bálcãsrefletia essas novas tendências de poder das nações européias. Para os germânicos, tanto asGuerras Napoleônicas quanto aGuerra dos Trinta Anosforam caracterizados por invasões que tiveramum grande efeito psicológico; era a posição precária daAlemanhano centro daEuropaque tinha levado a um plano ativo de defesa como oPlano Schlieffen.
Resumo
 
A primeira grande guerra iniciou-se na Europa em 1914, devido a umconjunto de antagonismos econômico, coloniais e político-militar, entre as principais potências industriais da Europa. As diferenças causaram uma fortecorrida armamentista com a instalação de uma “Paz armada”.O assassinato do príncipe Francisco Ferdinando, herdeiro do tronoAustro-Húngaro, por um jovem Sérvio, foi o estopim para o conflito. O impérioAustro-Húngaro declarou guerra à Sérvia, que pediu ajuda a Rússia. AAlemanha aliou-se a Áustria-Hungria, Itália, Bulgária e a Turquia, enquantoSérvia, Rússia, França, Inglaterra e Japão assinavam o pacto da Tríplice Entente.Mais tarde a Itália e outros países mudaram de lado, assim como Portugal,China, Estados Unidos, Brasil, entre outros que aliaram-se, alcançando, oconflito, o status de guerra mundial.Em fevereiro de 1915, a Alemanha lançamão dos U-boats, afim de bloquear o comércio etransporte de suprimentos para o front. Uma das primeiras vítimas foi o navio britânico Lusitânia.Porém a pressão americana, obrigou a Alemanhaa cessar este tipo de ataque.Em 1917, a Alemanha desencadeia uma guerra submarinairrestrita, em volta das águas da Europa, o que provocaria a entrada dos Estados Unidosna guerra.A guerra estendeu-se até 1918.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->