Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
18Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
MÓDULO+8

MÓDULO+8

Ratings: (0)|Views: 469|Likes:
Published by Sandrina Veiga

More info:

Published by: Sandrina Veiga on Jun 16, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/10/2013

pdf

text

original

 
MÓDULO 8 -
 Animação em Turismo
1. Contexto Histórico do Lazer1.1. O Lazer e o turismo na sociedade moderna2. Animação em Turismo2.1. Noção e enquadramento da animação em turismo2.2. Principais características da animação2.3. Actividades e conceitos relacionados com a animação3. Classificação e Tipologia das Actividades de Animação Turística3.1. Culturais3.2. Desportiva3.3. Aventura e de descoberta3.4. Recreação e entretenimento3.5. Eventos especiais4. O Animador Turístico4.1. Perfil e funções5. Intervenção em animação turística5.1. Âmbito e diversidade de animação turística5.2. Métodos e técnicas de animação turística6. A Comunicação na animação turística7. O planeamento de actividades de animação8. O enquadramento legal e legislação
Breve história do turismo e suas repercussões no conceito de tempolivre e animação.
 
As Rotas do turismo moderno continuam associadas às transformaçõesindustriais, económicas e sociais que ocorreram durante o século XIX e primeirametade do século XX.Foram factores do seu surgimento:- Inovação tecnológica- Aumento dos níveis sociais e culturais- Aumento do tempo livre- Urbanização- Trabalho industrialEmbora já na antiguidade por exemplo em Roma fosse possível identificar umapredisposição para o turismo (embora só para as classes dominantes) só no fimdo século XIX se dá a “democratização do turismo” no entanto já no fim do séculoXVIII com a invasão do “Grand Tour” por parte da burguesia a aristocraciaabandona o tradicional Tour Europeu e procura lugares mais exclusivos o queconsistia num sinal que essa democratização estava a chegar.O Século XIX é sem dúvida um dos períodos mais importantes da história doturismo e embora fosse uma actividade gozada por uma não muito grande parteda população o caso Inglês é sintomático em que o número de turistas inglesespassou de
40 mil
no início do século para
100 mil
em meados do século paraatingir o número mágico de
1
 
milhão
no início do século XX.O factor responsável foi o progresso tecnológico (caminho de ferro) mas asmudanças na estrutura da sociedade também determinaram onde, quando, ecomo os diferentes grupos sociais iriam participar no turismo. Assim e apesar domaior incremento turístico ter sido registado na 2ª metade do século XX as basespara esse facto foram lançados no século XIX.À medida que as termas entravam em declínio (fim século XVIII) a atenção dosturistas virou-se para a
praia.
Até 1830 a praia era um refúgio das classes mais prósperas devido a 2 factores:- Os banhos de mar eram uma actividade medicinal e não de lazer- As viagens eram grandes, lentas e caras.A partir de 1830 surge o caminho de ferro, um transporte rápido, barato e seguroo que permite a deslocação das populações em direcção à praia.Não foi só a melhoria nos transportes que conduziu a esta mudança, idênticaimportância tiveram as mudanças sociais que levaram à criação de tempos livres,de dinheiro e talvez o aspecto mais importante o desejo de participar neste“movimento turístico”Essas mudanças sociais consistiram num aumento generalizado do rendimentoper capita da população, na introdução do meio dia de descanso, introdução pelopatronato de períodos de férias, em férias pagas e numa urbanização semdimensão humana criando o desejo de fuga.O turismo de massas é uma consequência da revolução industrial e o turismo deum modo geral passou a ser visto como um meio de normal de escape e fuga aostress e tensão provocados pela vida moderna.
 
O turismo continuou a crescer depois da I Grande Guerra especialmente naEuropa que passou a ser um destino turístico para os Americanos que visitavam aEuropa aos milhares tirando partido do desenvolvimento dos naviostransatlânticos e especialmente da aviação.O aparecimento do automóvel durante as décadas de 20 e 30 contribuiu parauma maior mobilidade da classe média, mas foi a partir da 2ª Guerra Mundial emresultado dos avanços técnicos que as viagens aéreas se tornaram num fiável erápido meio de transporte para turista.Outro factor de importância vital para a pratica do turismo foi o aumento dotempo livre socialmente permitido. Durante a segunda metade do século XIXproduziu-se alguma legislação que melhorava as condições de trabalho, contudoé no século XX no final da década de 30 que as férias pagas são instituídas.A 2ª Guerra Mundial foi nefasta para o turismo mas os 50 anos que se seguiramforam espectaculares no que respeita ao desenvolvimento do mesmo, o turismopassa a internacionalizar-se e a ser visto como algo que faz parte do modo devida dos indivíduos, passa a ser uma necessidade, uma actividade de massa enão um luxoEm 1950 existem 25 milhões de chegadas internacionais, mas em 1994 essenúmero sobe para 500 milhões. Para este notável crescimento são responsáveis 3factores tempo, dinheiro e tecnologia. O factor tecnologia (expansão da industriade transportes e do charter) tende a aumentar a oferta, o factor tempo tambémtende a aumentar 35h/S, 35 S/A 35 anos de trabalho. O aumento da riquezaequivale ao aumento dos ordenados e a um aumento nas viagens.
2. Animação o que é
Animação, é uma palavra que vem do latim, Anima, que significa DAR ALMA(animar a alma). Na nese da palavra Animão eso os vobulosAnima/ânimo. No latim Animus, sugere Dinâmica, Força Activa e Vida. Na raiz deAnimus encontra-se Alma que retirada do seu contexto religioso sob o prismafilosófico significa Criar, Dar Vida.Assim temos:
ANIMAÇÃO = CRIAR/DAR VIDA/DINÂMICA/ACÇÃO
A Animação implica 3 processos conjuntos:
i.
Processo de revelação, ao criar condições para que todo ogrupo e todo o indivíduo se revele a si mesmo
ii.
Processo de relacionamento, de grupos entre si ou destescom determinadas obras, criadores ou centros de decisão,seja através do diálogo e da concertação, seja através doconflito
iii.
Processo de criatividade, pelo questionamento dosindivíduos e dos grupos relativamente ao seudesenvolvimento, à sua capacidade de expressão, deiniciativa e de responsabilidade
2.1.Definição de conceitos Lazer, Recreação, Turismo e AnimaçãoTurística

Activity (18)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Ricardo Gomes liked this
Helder Farinha liked this
kinhascosta liked this
Ana Miguel liked this
Ana Miguel liked this
joaquimcristhus liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->