Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
PS4_Rev 0.1_Portuguese_CLEAN

PS4_Rev 0.1_Portuguese_CLEAN

Ratings: (0)|Views: 6|Likes:
Published by IFC Sustainability

More info:

Published by: IFC Sustainability on Jun 17, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/01/2013

pdf

text

original

14 de abril de 2010
1
Padrão de Desempenho 4 – Revisão 0.1
Saúde e Segurança da Comunidade
Introdução

1. O Padrão de Desempenho 4 reconhece que, de modo geral, as atividades, equipamentos e a infraestrutura de um projeto trazem benefícios às comunidades na forma de emprego, serviços e oportunidades de desenvolvimento econômico. Entretanto, esses mesmos projetos podem também aumentar o potencial de exposição de uma dada comunidade a riscos e impactos decorrentes das atividades do projeto. Comunidades já sujeitas aos impactos da mudança climática podem sofrer uma aceleração desses impactos em virtude das atividades do projeto. Embora reconheça o papel do poder público na promoção da saúde e segurança da população, este Padrão de Desempenho considera que cabe ao cliente a responsabilidade de evitar ou minorar os riscos e impactos decorrentes das atividades do projeto sobre a saúde e a segurança da comunidade.

2. O nível dos riscos e impactos descrito neste Padrão de Desempenho pode ser mais alto em projetos situados em áreas de conflito e pós-conflito, onde a necessidade do uso de forças de segurança e seu impacto potencial podem ser maiores.

Objetivos
Evitar ou reduzir riscos e impactos à saúde e segurança das partes interessadas
durante o ciclo de vida do projeto decorrentes de situações rotineiras ou não.
Assegurar que a salvaguarda de pessoas e bens seja realizada de forma legítima
e que evite ou reduza os riscos à segurança das partes interessadas.
Âmbito de Aplicação

3. A aplicabilidade deste Padrão de Desempenho é determinada durante o processo de avaliação dos riscos e impactos socioambientais, ao passo que a implementação das ações necessárias ao cumprimento dos requisitos deste Padrão de Desempenho é gerida pelo sistema de gestão socioambiental do cliente. O processo de avaliação de riscos e os requisitos do sistema de gestão encontram-se descritos no Padrão de Desempenho 1.

4. Este Padrão de Desempenho trata de potenciais riscos e impactos decorrentes das atividades de um determinado projeto para a comunidade. Os requisitos de saúde e segurança ocupacional encontram-se no Padrão de Desempenho 2 e as normas ambientais para prevenção de impactos resultantes de poluição sobre a saúde humana e o meio ambiente encontram-se descritas no Padrão de Desempenho 3.

Requisitos
Requisitos de Saúde e Segurança da Comunidade
Requisitos Gerais

5. O cliente avaliará os riscos e impactos sobre a saúde e a segurança das partes interessadas durante o ciclo de vida do projeto e adotará medidas de prevenção e controle em conformidade com as boas práticas internacionais (GIIP) adotadas pelas Diretrizes Ambientais, Sanitárias e de Segurança do Grupo do Banco Mundial (EHS Guidelines) compatíveis com os riscos e impactos identificados. Essas medidas darão maior prioridade à prevenção do que à redução de riscos e impactos.

14 de abril de 2010
2
Padrão de Desempenho 4 – Revisão 0.1
Saúde e Segurança da Comunidade
Segurança da Infraestrutura e dos Equipamentos

6. Ao cliente caberá a elaboração, construção, operação e desativação dos elementos ou componentes estruturais do projeto de acordo com as boas práticas internacionais do setor (GIIP) e visando prevenir danos às pessoas. Quando novos prédios e estruturas demandem ser acessados pelo público, o cliente dará particular atenção à possível exposição a riscos naturais. Os elementos estruturais serão projetados e construídos por profissionais habilitados e experientes e homologados ou aprovados por autoridades ou profissionais competentes. Quando elementos ou componentes estruturais tais como barragens, lagoas de contenção de resíduos ou depósitos de cinzas volantes estejam situados em áreas de alto risco e a falha ou mau funcionamento daqueles possa ameaçar a segurança da comunidade, o cliente procurará um ou mais peritos habilitados e com experiência relevante e reconhecida em projetos semelhantes, distintos daqueles peritos responsáveis pela elaboração e construção do projeto, para executar com a máxima brevidade uma revisão no plano de desenvolvimento do projeto e ao longo das fases de desenho, construção e ativação do projeto. Para projetos que operem equipamento móvel em estradas públicas e em outras formas de infraestrutura, o cliente procurará evitar a ocorrência de incidentes e lesões decorrentes da operação de tal equipamento.

Gestão e Segurança de Materiais Perigosos

7. O cliente evitará ou reduzirá o potencial de exposição da comunidade a materiais perigosos que possam vir a ser produzidos pelo projeto. Onde haja a possibilidade de que a comunidade (inclusive os trabalhadores e suas famílias) fique exposta a riscos, particularmente aqueles que possam representar uma ameaça à vida, o cliente tomará especial cuidado para evitar ou reduzir sua exposição, modificando, substituindo ou eliminando a condição ou substância causadora dos riscos. Onde materiais perigosos façam parte da estrutura existente do projeto, o cliente tomará especial cuidado ao levar a cabo as atividades de desativação, a fim de evitar exposição da comunidade. Além disso, o cliente envidará esforços comercialmente razoáveis para controlar a segurança das entregas de matéria-prima e do transporte e destinação final de lixo, e implantará medidas para evitar ou controlar a exposição da comunidade a pesticidas, de acordo com os requisitos do Padrão de Desempenho 3.

Questões Ambientais e de Recursos Naturais

8. Mudanças decorrentes do uso ou alteração dos recursos naturais de um determinado projeto que possam ser potencialmente agravadas pela mudança climática podem acarretar impactos adversos ás comunidades. Tais impactos podem incluir a intensificação dos efeitos decorrentes de riscos naturais tais como deslizamentos de terra ou enchentes, ou a redução do aproveitamento por parte da comunidade de serviços do ecossistema, como, por exemplo, de água. Ao cliente caberá evitar esses impactos adversos resultantes das atividades do projeto.

Exposição da Comunidade a Doenças

9. O cliente evitará ou reduzirá o potencial de exposição da comunidade a doenças transmitidas pela água ou por vetores e a outras doenças transmissíveis decorrentes das atividades do projeto, levando em consideração a exposição e o grau desse impacto sobre grupos vulneráveis (particularmente os mais jovens, os mais velhos e as mulheres enquanto prestadoras de cuidados). Quando da ocorrência de determinadas doenças endêmicas em comunidades localizadas dentro da área de influência do projeto, o cliente buscará, durante o ciclo de vida do projeto, oportunidades para melhorar as condições ambientais de modo a reduzir a incidência dessas endemias.

10. O cliente evitará ou mitigará a propagação de doenças transmissíveis que possam estar
associadas ao influxo de mão-de-obra temporária ou permanente contratada para o projeto.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->