Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
34Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Componentes de Proteção contra Surtos Elétricos

Componentes de Proteção contra Surtos Elétricos

Ratings:

4.75

(4)
|Views: 5,752 |Likes:
Published by Ricardo Araujo

Análise das características funcionais e aplicações dos principais tipos de componentes para a supressão de surtos elétricos.

Análise das características funcionais e aplicações dos principais tipos de componentes para a supressão de surtos elétricos.

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: Ricardo Araujo on Jun 12, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/29/2013

pdf

text

original

 
 
EMField Consultoria em Ensaios Elétricos Ltda
Rua Emiliano Perneta , 174 – 10º Andar - CentroCep 80010-050 Curitiba PRFone (041) 3077 2105 *ricardo@emfield.com.brhttp://www.emfield.com.br
 
Componentes para a Supressão de Surtos Elétricos
(EMField,
short paper 
03 - 2008)
Ricardo L. Araújo*, Leonardo M. Ardjomand, Artur R. Araújo e Danilo Martins
EMField Consultoria em Ensaios Elétricos Ltda
1
 
RESUMO
Este artigo apresenta as características dos principais componentes utilizadospara a proteção de equipamentos e sistemas contra surtos elétricos, além deconsiderações sobre a seleção de tais componentes para cada tipo de aplicação e osprincipais cuidados com a instalação.Em diversas ocasiões, durante trabalhos de consultoria, a EMField observa autilização indiscriminada de componentes de supressão, resultando em gastosfinanceiros desnecessários e na carência de efetividade na proteção de equipamentossensíveis. Esta é a motivação principal para a elaboração deste trabalho.
2
 
INTRODUÇÃO
É comum a utilização de componentes para a proteção contra surtos elétricos emdiversas situações. O emprego de um componente (varistor, diodo ou centelhador) nãodeve ser feito sem um perfeito entendimento das características operacionais de cada umdestes componentes bem como das precauções que envolvem sua instalação.
2.1
 
Surtos Elétricos
Este termo define sinais elétricos caracterizados por freqüência elevada e queocorrem durante um curto espaço de tempo.Os surtos podem ser de tensão ou corrente e ter origens diversas como descargasatmosféricas, descargas eletrostáticas e o chaveamento de cargas elétricas indutivas oucapacitivas.
 
 
EMField Consultoria em Ensaios Elétricos Ltda
Rua Emiliano Perneta , 174 – 10º Andar - CentroCep 80010-050 Curitiba PRFone (041) 3077 2105 *ricardo@emfield.com.brhttp://www.emfield.com.br
 
Os mecanismos de supressão de surtos existentes no mercado visam à limitaçãode surtos de tensão com energia suficiente para danificar equipamentos ou componenteseletrônicos sensíveis.Na Figura 1 é apresentado um surto de tensão originado por uma descargaatmosférica e na Figura 2 um surto originado por uma descarga eletrostática. Em ambasas figuras pode-se verificar através da escala de tempo o quão rápidos são estesfenômenos, o que resulta em componentes de freqüências elevadas.Devido às freqüências elevadas, todas as impedâncias envolvidas na instalaçãode um supressor de surtos devem ser as menores possíveis de maneira que taisdispositivos possam trabalhar adequadamente.
Figura 1 - Surto de origem atmosféricaFigura 2 - Surto originado por descarga eletrostática
 
 
EMField Consultoria em Ensaios Elétricos Ltda
Rua Emiliano Perneta , 174 – 10º Andar - CentroCep 80010-050 Curitiba PRFone (041) 3077 2105 *ricardo@emfield.com.brhttp://www.emfield.com.br
 
A função primordial de um componente supressor de surtos é a manutenção datensão de entrada de um circuito ou equipamento dentro de níveis condizentes com asuportabilidade elétrica destes.Na Figura 3 é apresentado um exemplo de surto propagado até um equipamentosensível através da rede de alimentação em corrente alternada. Pode-se verificar que osurto possui tensão superior à suportabilidade do equipamento, o que pode levar a suaqueima.Na Figura 4 o mesmo surto é suprimido, ficando com sua tensão máxima abaixoda tensão suportável pelo equipamento a ser protegido. A tensão do surto não étotalmente eliminada e o valor resultante após a ação do supressor é conhecida como“tensão residual”.A manutenção da tensão residual em um nível compatível com a suportabilidadedo equipamento a ser protegido depende da escolha adequada do mecanismo desupressão e normalmente é feita através do catálogo do fabricante.
Figura 3 - Surto em rede de alimentaçãoFigura 4 - Surto suprimido

Activity (34)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Carpatec Soluções added this note
Ola, quais as amperagens que tem um resistor, e se eu usar a maior amperagem significa que o sistema vai resistir mais aos surtos ou não?
Nicholas Hahn liked this
Emerson Souza Campos added this note
Este material é de muita importância pois, além de ser professor sou engenheiro eletricista e este assunto pode ser abordado tanto para quem está começando os estudos ou para quem quer se atualizar. Prof.º Eng.º Emerson Campos
Ruth Santos liked this
Ruth Santos liked this
Flavia Pens liked this
Vítor Sulzbach liked this
Analu Ferreira liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->