Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
64Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Raja-yoga de Swami Vivekananda

Raja-yoga de Swami Vivekananda

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 2,136 |Likes:
Published by frateraec

More info:

Published by: frateraec on Jun 29, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/27/2013

pdf

text

original

 
Prefácio do Autor
Atualizado pela última vez no dia 29/12/2009 04:26:49 e.v. Escrito porSwami Vivekananda
Desde a aurora da História, vários fenômenos extraordináriosregistraram-se entre os seres humanos. Não faltamtestemunhas, nos tempos atuais, para atestar dessesacontecimentos, até mesmo onde a ciência moderna impera,em toda sua efulgência. O grande acervo de tantas evidênciasé duvidoso, pois vêm de pessoas ignorantes, supersticiosas oudesonestas. Em muitos casos, os chamados milagres oimitações. O que imitam? Não é próprio da mente sincera ecientífica descartar nada, sem primeiro investigar. Cientistassuperficiais, incapazes de explicar os vários femenosmentais extraordinários, pretendem ignorar-lhes a existência.São, por isso, mais culpados que os que crêem que suas precessão atendidas por um ser ou seres acima das nuvens, ou dosque acre ditam que por seus pedidos, tais seres modificarão ocurso do universo. Os últimos têm a desculpa da ignorância,ou, ao menos, de um sistema defeituoso de educação, que osensinou a serem dependentes de tais seres, dependência quese tornou parte de sua natureza debilitada. Os primeiros nãotêm tal desculpa.Esses fenômenos foram estudados, investigados egeneralizados, há milhares de anos; todo o campo dasfaculdades religiosas do homem foi, assim, analisado; o
 
resultado prático desses estudos é a ciência chamada Raja- Yoga. A Raja-Yoga, o nega, à maneira imperdoável dealgumas ciências modernas, a existência de latos difíceis deserem explicados; ao contrário, gentil, mas firmemente, eladeclara aos supersticiosos que os milagres, as respostas àsorações, os poderes da fé, conquanto fatos verdadeiros, não setornam compreensíveis pelas explicações supersticiosas, queos atribui à intervenção de um ser ou seres dissimulados pelasnuvens. Declara que cada homem é somente um conduto parao oceano infinito de conhecimento e potência que existe portrás da Humanidade. Ensina que os desejos e as necessidadesestão no homem, que o poder de satisfazê-los também é dohomem e que onde e sempre que um desejo, uma necessidadeou uma prece é satisfeita, foi daquele depósito infinito que veioa satisfação e não de um ser sobrenatural. À idéia de seressobrenaturais pode acirrar, até certo grau, o poder de ação nohomem, mas traz consigo, também, a decadência espiritual. Traz dependência, medo, superstição. Degenera na terrívelcrença que o homem é naturalmente débil. o existe osobrenatural, lis o yogui. Na natureza, manifestõesdensas e sutis. As sutis são as causas, as grosseiras, os efeitos.Estas podem ser facilmente percebidas pelos sentidos;aquelas, não tanto. A prática de raja-yoga conduz á obtençãodas percepções sutis. Todos os sistemas ortodoxos da filosofia hindu têm um mesmoobjetivo: a liberação da alma pela perfeição, O método é ayoga. A palavra joga abarca um campo vasto. Tanto a filosofiaSamkhya como a Vedanta referem-se à voga, sob urna formaou outra.O assunto deste livro é a forma de yoga conhecida como Raja Yoga. Os Aforismos de Patanjali constituem a mais excelsaautoridade sobre Raja-Yoga. o o seu manual. Os outrosfilósofos, ocasionalmente diferindo de Patanjali sobre algunspontos de filosofia, aceitam, regra geral, o método de práticapor ele preconizado. A primeira parte deste livro compreendevárias aulas dadas pelo autor, em Nova York. A segunda parte étradução algo livre dos Aforismos (Sutras) de Patanjali, com umbreve comentário. Fez-se um esforço para evitar tecnicismostanto quanto possível, atendo- se à forma livre e cômoda doestilo de conversação. Na primeira parte o-se diretivassimples e especificas aos estudantes interessados em praticar;
 
mas tais estudantes o especialmente e sinceramenteadvertidos que, salvo algumas exceções, Raja-Yoga somentepode ser aprendida sem riscos, pelo contato direto com uminstrutor. Se estas conversações conseguirem despertar odesejo de maiores esclarecimentos sobre o assunto, o instrutornão faltará.O sistema de Patanjali baseia-se sobre a filosofia Samkhya,sendo bem poucos os pontos de divergência. As duas maioresdifereas o: a primeira, que Patanjali admite o DeusPessoal, sol a forma do Primeiro Instrutor, enquanto que oúnico Deus que a. Samkhya admite é um ser quase-perfeito, acargo, temporariamente, de um ciclo de criação. A segunda, osyoguis afirmam que a mente é igualmente onipenetrante comoa Alma ou Purusha, o que a Samkhya não admite.VIVEKANANDA
Introdução
Atualizado pela última vez no dia 29/12/2009 04:29:37 e.v. Escrito porSwami Vivekananda
 Todo nosso conhecimento repousa sobre a experiência O quechamamos conhecimento inferente, no qual se vai do particularpara o geral ou vice-versa, tem a experiência por base. Naschamadas ciências exatas, chega-se facilmente verdade,porque eia diz respeito às experiências específicas de todo serhumano. O cientista o exige que acreditemos em algo,cegamente; obteve certos resultados, que são fruto de suaspróprias experiências e quando, fazendo delas a base de seuraciocínio, deseja que aceitemos suas conclusões, ele faz apeloa alguma experncia universal da Humanidade. Em todaciência exata há uma base que pertence a toda Humanidade,de modo que podemos imediatamente perceber a verdade ou afalsidade de suas conclusões. A pergunta, agora, é esta: possuia religo tal base? Responderei tanto afirmativa, comonegativamente.A religião, como geralmente ensinada, fundamenta-se na fé ena crea, e na maioria dos casos, consiste somente dediferentes esquemas de teorias; eis porque vemos religiõescontra religiões. Essas teorias também repousam sobrecrenças. Alguém me diz que existe um grande Ser sentado

Activity (64)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
akivasha_lua liked this
Jonatan Luis liked this
Lucas Campos liked this
lopo2005 liked this
Martyn Stubbs liked this
Martyn Stubbs liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->