Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
104Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Física - Aula 17 - Espelhos

Física - Aula 17 - Espelhos

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 35,147|Likes:

More info:

Published by: Física Concurso Vestibular on Jun 14, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

08/10/2013

pdf

text

original

 
AULA 17
ESPELHOS
1-
 
INTRODUÇÃO
Neste capítulo estudaremos as leis da reflexão, a formação deimagens nos espelhos planos e nos espelhos esféricos.
2-
 
LEIS DA REFLEXÃO
A reflexão da luz ocorre quando um raio de luz ao tentar passar pelasuperfície que separa um meio A de um meio B, ele não passa para omeio B e volta a se propagar no meio A.Na figura abaixo vemos um raio de luz incidente (I) se propagandono meio A indo para o meio B. Ao chegar na superfície que separa osdois meios o raio de luz refletido (R) retorna ao meio A. O raio incidente(I) forma com a reta normal à superfície (N) o ângulo de incidência (i) eo raio refletido (R) forma com a reta normal à superfície (N) o ângulo dereflexão (r).
 
 
Primeira lei da reflexão.
O raio incidente (I), o raio refletido (R) e a reta normal (N) àsuperfície que separa os meios A e B pertencem ao mesmo plano.
 
Segunda lei da reflexão.
O ângulo de incidência (i) e o ângulo de reflexão (r) são iguais.
3-
 
TIPOS DE RFLEXÃO
Quando a luz incide em uma superfície totalmente lisa e polida,ocorre a reflexão regular ou especular. Este tipo de reflexão é o queocorre, por exemplo, nas superfícies espelhadas. Por outro lado, quandoa luz incide em uma superfície irregular, ocorre a reflexão difusa.
 
4-
 
SIMETRIA E IMAGEM DE UM PONTO
Considere um ponto objeto O diante de um espelho plano. Consideretambém dois raios de luz saindo deste objeto na direção do espelho esofrendo reflexão nele. O prolongamento dos raios refletidos se cruzamformando a imagem I do referido objeto.Veja que o espelho se encontra no ponto médio do segmento OI, ouseja, a distância do objeto ao espelho é igual a distância da imagem aoespelho.
 
Pela figura acima observamos por congruência de triângulos que oobjeto e a imagem são simétricos.
5-
 
TRANSLAÇÃO DE ESPELHOS
Considere um objeto (o) diante de um espelho plano, e a umadistância y dele. Para este objeto, temos uma única imagem (i) atrás doespelho, e a uma distância y dele. Se mantivermos o objeto fixo e oespelho se afastar do objeto de uma distância x a nova distância entre oobjeto e o espelho será y+x que também será a distância entre oespelho e a nova imagem. Com isso observamos que a imagemtransladou-se de uma distância z.Como a distância entre o objeto e a nova imagem pode ser calculadade duas formas (y+y+z e y+x+y+x), temos:

Activity (104)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Julival Rocha liked this
Carmem Cabral liked this
Marcia Marotta liked this
Vanessa Souza liked this
Bruno Fronteira liked this
Vinício Araújo liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->