Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
104Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Física - Aula 17 - Espelhos

Física - Aula 17 - Espelhos

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 35,266|Likes:

More info:

Published by: Física Concurso Vestibular on Jun 14, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/10/2013

pdf

text

original

 
AULA 17
ESPELHOS
1-
 
INTRODUÇÃO
Neste capítulo estudaremos as leis da reflexão, a formação deimagens nos espelhos planos e nos espelhos esféricos.
2-
 
LEIS DA REFLEXÃO
A reflexão da luz ocorre quando um raio de luz ao tentar passar pelasuperfície que separa um meio A de um meio B, ele não passa para omeio B e volta a se propagar no meio A.Na figura abaixo vemos um raio de luz incidente (I) se propagandono meio A indo para o meio B. Ao chegar na superfície que separa osdois meios o raio de luz refletido (R) retorna ao meio A. O raio incidente(I) forma com a reta normal à superfície (N) o ângulo de incidência (i) eo raio refletido (R) forma com a reta normal à superfície (N) o ângulo dereflexão (r).
 
 
Primeira lei da reflexão.
O raio incidente (I), o raio refletido (R) e a reta normal (N) àsuperfície que separa os meios A e B pertencem ao mesmo plano.
 
Segunda lei da reflexão.
O ângulo de incidência (i) e o ângulo de reflexão (r) são iguais.
3-
 
TIPOS DE RFLEXÃO
Quando a luz incide em uma superfície totalmente lisa e polida,ocorre a reflexão regular ou especular. Este tipo de reflexão é o queocorre, por exemplo, nas superfícies espelhadas. Por outro lado, quandoa luz incide em uma superfície irregular, ocorre a reflexão difusa.
 
4-
 
SIMETRIA E IMAGEM DE UM PONTO
Considere um ponto objeto O diante de um espelho plano. Consideretambém dois raios de luz saindo deste objeto na direção do espelho esofrendo reflexão nele. O prolongamento dos raios refletidos se cruzamformando a imagem I do referido objeto.Veja que o espelho se encontra no ponto médio do segmento OI, ouseja, a distância do objeto ao espelho é igual a distância da imagem aoespelho.
 
Pela figura acima observamos por congruência de triângulos que oobjeto e a imagem são simétricos.
5-
 
TRANSLAÇÃO DE ESPELHOS
Considere um objeto (o) diante de um espelho plano, e a umadistância y dele. Para este objeto, temos uma única imagem (i) atrás doespelho, e a uma distância y dele. Se mantivermos o objeto fixo e oespelho se afastar do objeto de uma distância x a nova distância entre oobjeto e o espelho será y+x que também será a distância entre oespelho e a nova imagem. Com isso observamos que a imagemtransladou-se de uma distância z.Como a distância entre o objeto e a nova imagem pode ser calculadade duas formas (y+y+z e y+x+y+x), temos:

Activity (104)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Julival Rocha liked this
Carmem Cabral liked this
Marcia Marotta liked this
Vanessa Souza liked this
Bruno Fronteira liked this
Filipe Marçal added this note
muito bom

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->