Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Cinema e Multiculturalidade Transpondo Fronteiras

Cinema e Multiculturalidade Transpondo Fronteiras

Ratings: (0)|Views: 159|Likes:
Published by Paula Mar
Cinema e Multiculturalidade: Viajando Até ao fim do Mundo com Wim Wenders Paula Soares PhD Universidade de Évora psoares21@gmail.com

Área Temática: Cultura, Desenvolvimento e Turismo Palavras-chave: Cinema e Multiculturalidade, Viagem Planetária, Arquétipos Unificadores

Resumo: Pretendemos aqui reflectir sobre a Viagem Planetária que o cineasta Wim Wenders nos propõe na película Até ao Fim do Mundo (1991) no âmbito de uma abordagem que liga Cinema e Multiculturalidade. Até ao Fim do Mundo cons
Cinema e Multiculturalidade: Viajando Até ao fim do Mundo com Wim Wenders Paula Soares PhD Universidade de Évora psoares21@gmail.com

Área Temática: Cultura, Desenvolvimento e Turismo Palavras-chave: Cinema e Multiculturalidade, Viagem Planetária, Arquétipos Unificadores

Resumo: Pretendemos aqui reflectir sobre a Viagem Planetária que o cineasta Wim Wenders nos propõe na película Até ao Fim do Mundo (1991) no âmbito de uma abordagem que liga Cinema e Multiculturalidade. Até ao Fim do Mundo cons

More info:

Categories:Topics, Art & Design
Published by: Paula Mar on Jul 01, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/27/2012

pdf

text

original

 
Cinema e Multiculturalidade:Viajando
Até ao fim do Mundo 
com Wim Wenders
Paula Soares PhDUniversidade de Évorapsoares21@gmail.comÁrea Temática: Cultura, Desenvolvimento e Turismo
 
Palavras-chave: Cinema e Multiculturalidade, Viagem Planetária, ArquétiposUnificadores
Resumo:
Pretendemos aqui reflectir sobre a Viagem Planetária que o cineasta WimWenders nos propõe na película
Até ao Fim do Mundo 
(1991) no âmbito deuma abordagem que liga Cinema e Multiculturalidade.
Até ao Fim do Mundo 
 constituiu um projecto que Wenders que levou aproximadamente uma décadaa realizar. Uma produção dispendiosa que implicou o recurso a várias equipasde rodagem em múltiplos lugares do planeta. A Viagem que as personagensefectuam em torno do Planeta remete-nos para uma Percepção deMulticulturalidade que associa a Captação de Imagens Externas (
Écran Exterior 
) à Captação de Imagens Internas (
Écran Interior 
), desencadeandoprocessos de Desenvolvimento Pessoal que culminam num cenário queassocia o Laboratório de Imagem de um Cientista reconhecido aosConhecimentos Ancestrais dos Aborígenes Australianos… Se a Era daGlobalização que caracteriza a Contemporaneidade nos aponta, entre outros,para uma gradual aproximação das Culturas Planetárias, o Cinema, enquantoárea de estudo multidisciplinar, constitui-se, neste contexto, como um veículoprivilegiado para o estudo das Expressões da Multiculturalidade. Nestecontexto, procurar-se-á detectar elementos inerentes ao Inconsciente ColectivoPlanetário que possam conduzir à identificação de Arquétipos Unificadores nocontexto da Multiculturalidade.
 
 
2
Cinema e Multiculturalidade:Viajando
Até ao fim do Mundo 
1
com Wim Wenders
Paula SoaresEnquadramentoEste trabalho de investigação constitui uma ponte que interliga resultados depesquisa de doutoramento que efectuámos, entre outros, no âmbito da criaçãode uma Biografia Fílmica de Wim Wenders (Soares, 2003) e o início de umProjecto de Pós-Doutoramento em Cinema e Multiculturalidade integrado noCentro de Investigação em Educação e Psicologia da Universidade de Évora.Cinema e Multiculturalidade
2
 A área de investigação em Cinema e Multiculturalidade tem por objectivoestudar as Percepções e Projecções da Multiculturalidade através das suasrepresentações em Cinema e na Cultura Visual Contemporânea. A partir dosestudos sobre a Imaginação Criativa e a Transferência
 
(C.G. Jung), pretende-se analisar as Percepções e Projecções da Multiculturalidade que seestabelecem entre o
Écran Interior 
e o
Écran Exterior 
(Soares, 2003), tendo porobjectivo identificar os mecanismos inerentes à construção de IdentidadesCulturais e suas relações com a Percepção da Diferença. Procurar-se-á, apartir do pressuposto da Consciência Fílmica, detectar elementos inerentes aoInconsciente Colectivo Planetário que possam conduzir à identificação deArquétipos Unificadores no contexto da Multiculturalidade. Esta área deinvestigação em Cinema e Multiculturalidade pretende ainda contribuir para aCultura da Paz no Planeta integrando, para esse intuito, as linhas orientadorasda UNESCO.
1
Utilizámos a versão portuguesa para o título da película
Até ao fim do Mundo 
que no originalinglês se intitula
Until the End of the World 
, sendo o título alemão
Bis ans Ende der Welt 
. Estapelícula estreou em 1991.
2
A primeira referência encontrada que relaciona “Cinema e Multiculturalidade” remete para oCongresso de
Cinema and Multiculturalism 
organizado em 1998 pelo Departamento de Línguasda Universidade de Massachusetts-Lowell, E.U.A. As actas deste Congresso foram publicadaspor Sheryl Lynn Postman et.al. em 2001 com o título
Cinema and Multiculturalism 
pela editoraLegas.
 
 
3
Wim Wenders, Cidadão do MundoSe tivéssemos que sintetizar em poucas palavras ‘Quem é Wim Wenders?’,diríamos que é um cineasta que contribuiu para a criação do arquétipo docinema europeu. Nascido na Alemanha do pós-guerra, partiu em busca dereferências que o curso da história alemã lhe tinha negado, desenvolvendo, porisso, numa primeira fase, um cinema que retratava o arquétipo da errância e dabusca. Após uma longa caminhada que, em termos pessoais, provavelmente,teve o seu maior impacte nas duas viagens de prospecção à volta do mundoque fez com Solveig Dommartin aquando da preparação o seu filme projecto
Until the End of the World 
, encontrou a sua ‘casa’, a sua pátria como cidadãodo mundo que procura culturas e as revela, pela imagem, a quem as quisercontemplar. De alemão com um muro para o seu passado histórico passou acineasta do futuro que busca imagens reveladoras numa era que caminha parauma proliferação, não consciente, de imagens para consumo.
Até ao Fim do Mundo 
– Dança Planetária e Sonhos no ÉcranNo âmbito da Biografia Fílmica de Wenders (Soares, 2003), a película
Até ao fim do Mundo 
(1991) constitui o início da sua segunda fase de criação, a fase
Yin 
que tem como
Leitmotif 
o Explorar do Sentir. Esta fase surge na sequênciada primeira (fase
Yang 
) que engloba a sua filmografia de
Alice nas Cidades 
 (1974) a
Paris, Texas 
(1984) sob o tema da Exploração do Pensar procurandoo Sentir. Encontramos o Ponto de Viragem no âmbito da criação fílmica deWenders em
As Asas do Desejo 
(1987).
Até ao Fim do Mundo 
(
Until the End of the World 
, 1991), só teria sido realizável,em nosso entender, após a criação da Mulher e a ligação do visível ao invisívelem
As Asas do Desejo 
(1987). Estabelecem-se múltiplos fios de ligação entreas duas películas que caracterizam o explorar do sentir pelo cineasta: aprimeira ponte estabelece-se pelo recurso humano à actriz Solveig Dommartinque desempenha o papel feminino principal ao lado de William Hurt e Sam Neill.Wenders enquadra
Até ao Fim do Mundo 
, numa longa história, entre imagensiniciais de ameaça de queda de um satélite no espaço a imagens finais,também no espaço, mas mostrando Claire, a protagonista, numa navetrabalhando para a
Greenpeace 
no âmbito da protecção dos oceanos... Ametamorfose que Wenders sugere para a captação de imagens do espaço

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->