Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
40Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Agregado Miúdo - determinação da composição granulométrica

Agregado Miúdo - determinação da composição granulométrica

Ratings: (0)|Views: 6,636 |Likes:
Published by Nion

More info:

Published by: Nion on Jul 08, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/26/2013

pdf

text

original

 
UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA – UDESCCENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS – CCTDEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL – DEC
LABORATÓRIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO - ILABORATÓRIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO - I
Professora: Lígia Vieira Maia SiqueiraDisciplina: Materiais de Construção I – MCC-I
Turma: C
 
Equipe: C2
Acadêmicos: Anderson ConzattiNion Maron Dransfeld Tatiana Alessandra Fiorini FernandesData do ensaio: 13 de Abril de 2010.Ensaio:
 
1.5. Agregados Miúdos – Determinação da composiçãogranulométrica.Norma de ensaio: NBR NM 248:2003.Norma de especificação: NBR 7211:2009
1.Especificação do Material: (Tipo, depósito)
 – 
Série de peneiras: # 4,75; #2,36; #1,18; #; #0,60;#0,30; #0,15 e fundo;
 – 
Balança com capacidade mínima de 1000g e precisãode 0,1g;
 – 
500 g de agregado miúdo (depósito B);
 – 
Pinceis secos e bacias;
2.Contextualização Teórica: (Definição das propriedades econceitos envolvidos, importância e metodologia do ensaio):
Segundo Bauer (2000, p. 63), agregado é o materialparticulado, incoesivo, de atividade química praticamente nula,constituído de misturas de partículas cobrindo extensa gama detamanhos”. Os agregados seguem diversas classificações de acordocom a origem, dimensões da partícula e peso específico aparente. De
i.exe
 
acordo com as dimensões da partícula podem ser classificados emagregado miúdo (areias - partículas que passam pela peneira #4,75mm) e graúdo (britas e pedregulhos - partículas que não passam pelapeneira #4,75 mm e passam pela peneira #152 mm).Os agregados o formados por uma gama de tamanhoschamada de graduação. Sabendo a massa de agregado de cadadiâmetro presente em uma amostra tem-se eno a distribuiçãogranulométrica desse agregado. O gráfico das porcentagensacumuladas de massa desde o maior diâmetro analisado até o menorrecebe o nome de curva granulométrica.A distribuição granulométrica é determinada segundo norma daABNT por meio de peneiramento utilizando peneiras padronizadas.O procedimento adotado em laborario para ensaio deagregado miúdo foi peneiramento manual utilizando-se as peneirasda série normal (onde as peneiras têm abertura com o dobro dotamanho da abertura da peneira ligeiramente menor) com aberturas#4,75; #2,36; #1,18; #0,6; #0,3; e #0,15 mm conforme especifica aNBR 5734. Após o peneiramento manual, mediu-se a massa dematerial retida em cada peneira para o cálculo das porcentagens dematerial retidas e porcentagem retida acumulada. Além disso, foideterminado também a Dimensão Máxima Característica (
DMC
), quecorresponde à abertura da malha da peneira (em mm) na qual oagregado apresenta uma porcentagem retida acumulada igual ouimediatamente inferior a 5% da massa total, sendo que na peneira demalha imediatamente inferior a porcentagem de material retida deveser maior que 5%, e o Módulo de Finura (
M.F.
), que é a soma dasporcentagens retidas acumuladas em todas as peneiras da sérienormal dividia por 100.
3.Resultados e discussões: (Conforme formulário de dados,apresentar os resultados finais, discutindo possíveisdistorções e/ou fatos relevantes na obtenção dos resultados)
 
Abaixo seguem os cálculos para cada amostra e em anexo estáo formulário com os resultados da média das amostras.Os resultados para a amostra 1 (massa inicial = 500,4g):
Peneira(#)Peso retido(g)%Retida% RetidaAcumulada4,75
1,30,30,3
2,36
9,31,91,9
1,18
56,111,413,6
0,6
135,627,541,1
0,3
173,735,376,4
0,15
99,620,296,6
Fundo
16,63,4100,0
Total
492,2100A Dimensão Máxima Característica (
DMC
):
DMC
= 2,36 mmO Módulo de Finura (
M.F.
):
3,21009,229100riasIntermediá#eFundo-AcumuladaRetida% ..
===
 F M  
Para a amostra 2 (massa inicial = 500,5g):
Peneira(#)Peso retido(g)%Retida% RetidaAcumulada4,75
0,30,10,1
2,36
8,41,71,8
1,18
61,312,314,1
0,6
135,127,141,2
0,3
180,036,177,3
0,15
98,119,797,0
Fundo
15,03,0100,0
Total
498,2100,0A Dimensão Máxima Característica (
DMC
):
DMC
= 2,36 mmO Módulo de Finura (
M.F.
):
32,21005,231100riasIntermediá#eFundo-AcumuladaRetida% ..
===
 F M  
As diferenças entre as massas inicial e final da amostra ocorremdevido ao extravio de material durante a passagem de um recipientepara outro, por causa dos erros durante a leitura das massas e porcausa do material que ficou retido na malha da peneira e não foipesado.

Activity (40)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Bruno Breijao liked this
Lucas Silva liked this
Vitor Queiroz liked this
Cesar Godoi liked this
ruytguerra liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->