Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
6Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
funções de várias variáveis

funções de várias variáveis

Ratings: (0)|Views: 1,480|Likes:

More info:

Published by: José Felipe De Almeida on Jul 08, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

01/07/2013

pdf

text

original

 
Capítulo 2
FUNÇÕES DE VÁRIASVARIÁVEIS
2.1 Introdução
Como noCálculo deuma variável, nestecapítulo estudaremosuma dasnoçõescen-trais da Matemática, o conceito de função. Uma função de várias variáveis reais éuma regra que descreve como uma quantidade é determinada por outras quantida-des, de maneira única. Através das funções de várias variáveis poderemosmodelaruma grande quantidade de fenômenos dos mais diversos ramos da Ciência.
Definição 2.1.
Seja
A
R
n
,
n
= 2
ou
n
= 3
. Uma função
definida no subconjunto
A
com valores em
R
é uma regra que associa a cada
u
A
um único número real
(
u
)
.
u
é chamada variável independente da função e a notação é:
:
A
R
n
R
.
Se
n
= 3
, denotamos a variável independente por
u
= (
x,y,z
)
e a função por:
w
=
(
x,y,z
)
.
Se
n
= 2
, denotamos a variável independente por
u
= (
x,y
)
e a função por:
z
=
(
x,y
)
.
Exemplo 2.1.
[1] O número de indivíduos
Q
de uma certa colônia de fungos depende essenci-almente da quantidade
de nutrientes (
gr
), da quantidade
de água (
cm
3
), datemperatura
(
0
)edapresençadeumacertaproteina
L
(
ml
). Experimentalmente47
 
2.1. INTRODUÇÃO 
49Por exemplo, uma pessoa que mede
1
.
65
m
e pesa
98
quilos, tem
IM
(98
,
1
.
65) =35
.
9
; logo segundo a tabela está obeso. Agora uma pessoa que mede
1
.
80
m
e pesa
75
kg
, tem
IM
(98
,
1
.
65) = 23
.
1;
logo, segundo a tabela tem peso normal.[5] Da lei gravitacional universal de Newton segue que dada uma partícula demassa
m
0
na origem de um sistema de coordenadas
xyz
, o módulo da força
exercida sobre outra partícula de massa
m
situada no ponto
(
x,y,z
)
é dado poruma função de 5 variáveis independentes:Figura 2.2: Exemplo [5].
(
m
0
,m,x,y,z
) =
gm
0
mx
2
+
y
2
+
z
2
,
onde
g
é a constante de gravitação universal.[6] A lei de um gás ideal confinado (lei de Gay - Lussac) é
P
=
k
, onde
éa pressão em
N/u
3
(
=Newton,
u
=unidades de medida),
é o volume em
u
3
,
é a temperatura em graus e
k >
0
uma constante que depende do gás. Podemosexpressar o volume do gás em função da pressão e da temperatura; a pressão dogás em função do volume e da temperatura ou a temperatura do gás em função dapressão e do volume:
(
P,
) =
k,
(
V,
) =
k
e
(
P,
) =
P k.
[7] Quando um poluente é emitido por uma chaminé de
h
metros de altura, a con-centração do poluente, a
x
quilômetros da origem da emissão e a
y
metros do chãopode ser aproximada por:
(
x,y
) =
ax
2
e
h
(
x,y
)
+
e
k
(
x,y
)
,
onde
h
(
x,y
) =
bx
2
y
h
2
e
k
(
x,y
) =
bx
2
y
+
h
2
.O poluente
é medido em
µg/m
(
µg
=microgramas), onde
a
e
b
são constantes quedependem das condições atmosféricas e da taxa de emissão do poluente. Sejam

Activity (6)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Amorim Silva liked this
Jussa Cassamo liked this
rovillare liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->