Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
28Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Novaes - Miasmas

Novaes - Miasmas

Ratings: (0)|Views: 5,069 |Likes:

More info:

Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/02/2014

pdf

text

original

 
Estudos de Homeopatia Unicista
 
Professor João Novaes
(ND, Phd) – Setembro de 2002
 
A PSORA OU MODO PSÓRICO
OS SINTOMAS CARACTERÍSTICOS
Traduzem-se essencialmente por perturbações na eliminação dos diversos emunctóriosdo organismo e particularmente
a pele, sempre implicada seja na doença, seja nosantecedentes do doente.
Os diferentes emunctórios atingidos são portanto:
A pele, em que as perturbações se traduzem no mínimo por um aspecto doentio,quase sempre por acne, eczema, ou outras manifestações cutâneas com tendênciavesiculosa e pruriginosa. A pele tem que ser respeitada relativamente ao modo deeliminação frequente dos resíduos orgânicos. O tratamento intempestivo destasdermatoses através de meios locais (cremes com cortisona) corre o risco de levar aperturbações internas profundas (asma) na origem da psore agravada;
Fenómenos alérgicos da esfera ORL e pulmonar: asma, rinite;
Manifestações digestivas com perturbações do comportamento alimentar (aumentodo apetite ou fome violenta), dispepsias, diarreias e/ou obstipação;
Perturbações genito-urinárias: leucorreias, cistites;
As perturbações da termoregulação: no sentido da hipertermia (excesso deanabolismo), depois no sentido da hipotermia (excesso de anabolismo sobre reservasinsuficientes);
Uma astenia antiga e persistente com fraqueza quotidiana;
Um mau odor das secreções e das excreções devidas, ou à aversão pela lavagem dealguns indivíduos, ou mesmo devido ao odor das suas eliminações.
As grandes características do modo psórico a reter são:
-
A presença das dermatoses, das alergias e infecções respiratórias,
-
A alternância, a sucessão, a periodicidade das manifestações mórbidas cutâneas e/ourespiratórias; asma e/ou eczema, por exemplo.
EVOLUÇÃO E TERAPÊUTICA
A psore evolui em três fases:
-
Uma fase centrífuga de eliminações pelos diferentes órgãos,
-
Uma fase de fixação das eliminações,
-
Uma fase centrípeta de bloqueio das eliminações.
A fase centrífuga das eliminações
Surgem com crises reincidentes e alternantes nos diversos órgãos. Assim, por exemplo,as crises de asma alternam ou sucedem a manifestações de eczema. Esta fase centrífugaé para respeitar e para canalizar, visto que este modo de eliminação é um meio naturalpara o organismo de se libertar dos seus resíduos. O entrave das suas funções confina nafase de descompensação.Os principais remédios desta fase são
Sulfur*, Hepar sulfur*, Calcarea carbonica*, Nux vomica*.
A associação ao tratamento homeopático de uma melhor higiene de vida éindispensável neste período se se quer evitar uma descompensação deste modoreaccional.2
 
Estudos de Homeopatia Unicista
 
Professor João Novaes
(ND, Phd) – Setembro de 2002
 
A fase de descompensação com bloqueio das eliminações
Surge ou na evolução normal da psore não tratada, ou após tratamentos intempestivosque bloqueiam as eliminões naturais do organismo. Para retomar o exemploprecedente, a asma torna-se crónica e é acompanhada de sinais de insuficiênciarespiratória. Nesta fase dominam a astenia e a esclerose dos tecidos dos principaisórgãos (artérias, ossos, sistema nervoso).Os remédios desta fase são:
Sulfur*, Psorinum*, Causticum*, Silicea*, Phosphorus*,Opium, Baryta carbonica.
Apesar do estado do doente, a higiene correcta de vidapermanece uma aliada importante.
A fase de fixação das eliminações
Entre estas duas fases, existe uma fase de transição durante a qual as perturbações daprimeira fixam-se e tomam um carácter rebelde e paroxística. As crises de asma daprimeira fase alternam menos frequentemente com o eczema, em compensação tornam-se violentas e são mais difíceis de travar.Durante esta fase, os remédios de terreno indicados são
Calcarea carbonica, Graphites,Sepia, Lycopodium.
3
 
Estudos de Homeopatia Unicista
 
Professor João Novaes
(ND, Phd) – Setembro de 2002
 
A SICOSE OU MODO SICÓTICO
Este modo reaccional é caracterizado pela presença de episódios infecciosos repetidos,pela produção de tumores cutâneos e pela sensibilidade à humidade.O modo sicótico surge frequentemente, mas não exclusivamente, nos indivíduos quetêm um tipo sensível particular. Fisicamente, é reconhecido pela sua infiltraçãocelutica dolorosa, a sua tendência para a obesidade por reteão drica e,psiquicamente, pela sua tendência depressiva e as suas ideias fixas.
OS FACTORES ETIOLÓGICOS
São particularmente evocadores e activos quando surgem na criança. 
Os factores medicamentosos
-
As vacinas, as seroterapias;
-
As antibioterapias repetidas e injustificadas nas rinofaringites da criança, porexemplo;
-
A corticoterapia prolongada;
-
Os desequilíbrios hormonais naturais ou provocados (pílula contraceptiva, porexemplo);
-
Os abusos medicamentosos.
Os factores infecciosos repetidos
-
Na criança, as rinofaringites;
-
No adulto, as infecções urogenitais.
Os factores hídricos
-
Os traumatismos cranianos com aumento de peso consecutivo;
-
Os choques psíquicos que têm o mesmo efeito;
-
O habitat num local húmido.
OS SINTOMAS CARACTERÍSTICOS
A sicose é caracterizada por:
As suas modalidades particulares
-
Uma sensibilização anormal à humidade no sentido do agravamento oumais raramente do melhoramento;
-
Um melhoramento pelo movimento lento.
O seu psiquismo particular
-
Com as suas ideias fixas e obsessivas.
Os seus sinais gerais
-
Uma tendência quase “psicológica”, por um lado à retenção hídrica comcelulite dolorosa fazendo-se acompanhar de uma intolerância geral ao toque e àpressão e, por outro lado, uma transpiração excessiva localizada no rosto, nasrugas, nos órgãos genitais e, por um “ataque” nas fâneras;
-
Uma tendência patológica para produções tumorais e quísticas: verrugas,papilomas, condilomas; e, por outro lado, uma predisposição às rinofaringites ouurogenitais persistentes e reincidentes acompanhadas de escorrimentos4

Activity (28)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
pauloadriano liked this
joão_caetano_40 liked this
Cíntia Abruzzini added this note
Interessante saber que o Staphysagria é um remédio luético... Grata pelas informações muito bem colocadas.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->