Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
40Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
mantra OM e meditação

mantra OM e meditação

Ratings:

5.0

(3)
|Views: 8,682 |Likes:
Published by anon-638443

More info:

Published by: anon-638443 on Jun 22, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/07/2013

pdf

text

original

 
 
Para nós, ocidentais, meditasignifica
 
refletir 
 
a respeito de algumacoisa. No oriente, meditar é algo bemdiferente. É entrar num estado deconsciência onde se torna mais fácilcompreender a si mesmo. Nisargadatta Maharaj, um mestreindiano, nos explica comsimplicidade no seu livro
 
 I am That 
:"Nós conhecemos o mundo exterior de sensações e ações mas, do nossomundo interior de pensamentos e sentimentos, nós conhecemos muito pouco.O objetivo primário da meditação é que nos tornemos conscientes e que nosfamiliarizemos com a nossa vida interior. O objetivo final é alcançar a fonteda vida e da consciência."Assim, através da meditação vamos prestar atenção e descobrir comofuncionamos. Como agimos em determinadas situações, porque respondemosuma coisa quando gostaríamos de dizer outra, porque fugimos daquilo quemais queremos, porque vivemos mergulhados na ansiedade, na depressão e nocansaço quando queremos apenas a tranqüilidade.Grande parte dessa confusão é criada pela mente. Podemos dizer que ela é oinstrumento de nossa consciência e contém a somatória de nossoscondicionamentos, padrões de pensamento, nossa memória e nosso ladoracional. A mente é como um lago agitado. Ao ver a lua refletida nesse lagoturbulento poderíamos supor que a própria lua é algo disforme e agitado, masestaríamos totalmente enganados. Da mesma forma, quando olhamos para oreflexo do nosso Eu-Superior no lago inquieto de nossa mente, oconseguimos perceber sua verdadeira natureza. Meditar nada mais é do queaquietar os turbilhões dos pensamentos, serenar a mente para que possamosreconhecer com clareza nossa essência. Durante esse processo de aquietar amente nos damos conta de nossos padrões de pensamento e de ação e, assim, podemos transformá-los.
D
ICAS PARA A
P
RÁTICA
1
 
A prática da meditação, embora simples, requer bastante disciplina eregularidade. Abaixo estão algumas dicas de como iniciar sua prática demeditação.
Escolha um lugar sereno onde vopossa sentar-se de maneiraconfortável e com a coluna ereta. Pode ser numa cadeira ou no chãocom as pernas cruzadas. Sentar-se sobre uma pequena almofada ajuda amanter as costas eretas. Use roupas que não apertem nem incomodem.
 
Acender um incenso ou colocar uma música bem suave pode ajudar acriar um clima de tranqüilidade no início. Depois de algum tempo, podeser que você prefira dispensá-los.
 
Evite meditar quando estiver com sono ou muito cansado. Você sesentirá frustrado por não conseguir se concentrar e desanimará de sua prática diária. Um bom horário para meditar é pela manhã, quandoestamos mais tranilos e descansados. Pom, isso também éindividualizável. Se você sentir que consegue melhores resultados ànoite, escolha esse horário.
 
Comece com dez minutos diários. Coloque um relógio para despertar após esse tempo, assim sua mente não poderá sabotá-lo fazendo-oacreditar que já se passaram muito mais que dez minutos.
 
 Não se mova durante esse tempo. O corpo é como um pote e a mente éa água dentro dele. Mover o recipiente faz com que a água também semova e, lembre-se, o que você quer é que sua mente permaneça quietae imóvel.
 
A atenção deve estar voltada para o objeto da meditação (a respiração,um símbolo, etc.) sem que isso necessite de grandes esforços. Casovocê disperse, reconduza sua atenção suavemente ao objeto escolhido.
 
Qualquer coisa que aconteça estará bem. Se houver um monte de pensamentos desfilando pela sua cabeça, se você tiver vontade dechorar ou de rir, se você achar que nunca vai conseguir se concentrar,tudo bem. Apenas continue sentado e, sempre que possível, volte a suaatenção para o objeto sobre o qual está meditando.
 
E
 XERCÍCIOS DE
M
EDITAÇÃO
1.
Um dos exercícios mais simples é observar a respiração. Sinta o ar entrando e saíndo pelas narinas. Acompanhe seu caminho por todo ocorpo. Repare nos movimentos da barriga, do peito. Veja se
2
 
movimentos ou sensações na pelve, pernas, cabeça, etc. Esteja com oar o tempo todo.
 2.
Quando estiver em contato com a natureza, sente-se diante de uma paisagem e observe-a. Ouça os sons, veja as cores, sinta os aromas masnão fique dando nome às coisas ou analisando-as: "esse cheiro deve ser daquela flor", "como é bonita a forma daquela montanha", "o somdesses passarinhos me deixa tão relaxado...". Apenas ouça, veja e sintasem criar frases na sua mente, sem ficar tagarelando internamente.
 3.
Sente-se diante de uma janela e deixe que a claridade invada seu corpo.Sinta a luz penetrando pelo alto de sua cabeça e fluíndo por todo ocorpo. Mantenha sua atenção nesse fluxo.
 4.
Repita o mantra OM durante todo o tempo da sua meditação. Mantrassão sons que trazem uma determinada qualidade de energia para quemos vocaliza. O mantra OM é um dos mais antigos do hinduísmo e suaqualidade é o equilíbrio e a serenidade. Ele nos traz energia e ajuda aclarear a mente.
 5.
Olhe atentamente para um símbolo ou um objetoque lhe chame a atenção naturalmente. Pode ser um desenho, uma estatueta, um yantra (diagramascósmicos do hinduísmo), etc. No Yoga, usamos osimbolo do OM para meditar (veja o desenho aolado). Olhe para esse símbolo e envolva-se comele. Observe-o atentamente até que você possa mantê-lo com clareza nasua mente, mesmo de olhos fechados.
 6.
Sente-se em silêncio e preste atenção a cada som que surgir ao seuredor. Ouça tudo ao mesmo tempo. Não se detenha em nenhum deles. Nenhum é mais importante do que os outros, nenhum é melhor ou maisagradável. Não julgue, apenas ouça. Evite relacioná-los com os objetosou seres que os produzem. Permita-se ouvir o som puro e perceber suaqualidade intrínseca.
 7.
Você pode meditar com as cores também. Pergunte ao seu corpo dequal cor ele necessita para estar em harmonia. Aceite qualquer cor quelhe venha à mente. Imagine um grande jorro de luz dessa cor fluindosobre você ou mergulhe num oceano tingido com a cor escolhida. Nãose preocupe em "ver" a cor, você pode apenas sentí-la com seussentidos interiores.
 8.
Observe seus pensamentos e tente perceber o espaço que existe entreum e outro. Mesmo numa mente completamente confusa, os pensamentos surgem e desaparecem deixando um breve espaço entre si.Descubra esse espaço, nem que seja apenas um segundo. Observe-o evocê vai perceber que ele começará a se ampliar. Ao penetrar nesseespaço em branco, você estará além da mente.
 
O O
BSERVADOR
P
 ASSIVO
3

Activity (40)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
vitoriasantanna liked this
Martyn Stubbs liked this
Ivone Cirqueira liked this
Anna Cykman liked this
Eliana Olliveira liked this
Eliana Olliveira liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->