Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword or section
Like this
2Activity
×
P. 1
Bmf Itr 2t10

Bmf Itr 2t10

Ratings: (0)|Views: 1,450|Likes:
Published by ValorRI

More info:

Published by: ValorRI on Aug 13, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

07/05/2013

pdf

text

original

 
 
BM&FBOVESPA S.A.
 – 
Bolsa de Valores, Mercadorias e FuturosDemonstrações Financeiras Trimestrais30 de junho de 2010
 
 
.2.
COMENTÁRIOS SOBRE O DESEMPENHO DO SEGUNDOTRIMESTRE DE 2010
Senhores(as) Acionistas,A BM&FBOVESPA S.A. submete à apreciação de V.Sas. os Comentários daAdministração referentes às atividades desenvolvidas no segundo trimestre de 2010.
DESEMPENHO OPERACIONAL
Entre os principais destaques do segundo trimestre de 2010, apontamos os volumestotais no Segmento BM&F, que apresentou aumento de 6,3% em relação ao trimestreanterior, enquanto o do Segmento Bovespa cresceu 4,6%. Já as médias diáriascresceram 2,8% no Segmento BM&F e 1,3% no Segmento BOVESPA na comparaçãoentre o 1T10 e o 2T10.No segmento BM&F, destaca-se o aumento do volume negociado por investidores dealta frequência, que atingiu 6,0% do total no período, bem como a utilização do DMA(Acesso Direto ao Mercado), que respondeu por 17,6% do volume total negociado.Além disso, especificamente no mês de abril, tivemos o segundo maior volume denossa história, alcançando uma média de 3,05 milhões de contratos negociados por dia.Já no segmento Bovespa, o destaque fica por conta da elevação da participação dosinvestidores institucionais locais, que representaram 34,6% do volume negociado noperíodo, ante uma participação de 29,9% no 1T10. Vale destacar que o desempenho dovolume em maio, cuja média negociada alcançou R$7,28 bilhões, contribuiu paramanter a média diária em R$6,7 bilhões, uma vez que o volume de junho sofreu osefeitos da redução da capitalização média de mercado das companhias listadas e dos jogos da copa do mundo.A seguir, apresenta-se o detalhamento do desempenho operacional da Companhia.
Segmento BM&F
O volume médio diário de contratos negociados no 2T10 cresceu 54,2% em relação aomesmo período de 2009, tendo passado de 1,64 milhão para 2,52 milhões, recordehistórico do segmento. Essa alta deve-se, principalmente, aos aumentos de 70,5% nosvolumes negociados de contratos de taxas de juros em reais e de 33,3% no caso doscontratos de taxa de câmbio.No 2T10, o volume negociado de contratos de taxa de juros foi positivamenteinfluenciado pela diversidade de expectativas do mercado em relação à atuação doComitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) que já ajustou a taxa básica de juros três vezes este ano, com duas altas de 0,75 ponto percentual e uma alta de 0,50ponto percentual, o que elevou a Selic para 10,75%. Outros fatores que impactaram ovolume negociado foram: o aumento da exposição a risco do mercado bancário(crescimento do volume de crédito não direcionado) e a elevação do patrimônio dosfundos de investimento, principalmente dos fundos multimercado.
 
 
.3.
Além disso, o número médio de contratos de taxa de juros em aberto cresceu 172% no2T10 em relação ao 2T09. Entre o 1T10 e o 2T10, o volume negociado subiu 2,8%, comdestaque para o crescimento dos contratos de Índices de Ações e dos Mini contratos,ambos em 16,6%.
Segmento BM&F - Evolução do Volume Médio Diário Negociado (milhares de contratos)
 Fonte: BM&FBOVESPA.
A Receita Média por Contrato (RPC) do Segmento BM&F foi de R$1,14 no 2T10, 17,5%inferior à do 2T09. Tal queda frente ao 2T09 se deve:
à maior intensidade do volume negociado de Contratos de Taxa de Juros emReais que possuem uma RPC inferior aos demais produtos;
à valorização cambial de 18%
1
, que impactou negativamente o preço médio doscontratos de taxa de câmbio, de taxas de juros em dólares e dos contratos de
commodities 
, uma vez que os preços desses contratos são referenciados emUS$, levando a uma queda de 21,2%, 29,3% e 10,7% nas RPCs,respectivamente;
ao aumento do volume, uma vez que a política de preço considera um descontoprogressivo de acordo com o volume negociado pelos investidores; e
aos descontos concedidos aos participantes para o uso do DMA e para osinvestidores de alta frequência, cuja participação têm crescido substancialmentenos últimos meses.Em relação à evolução entre o 1T10 e o 2T10, a RPC subiu 1,7%, principalmentedevido aos efeitos dos contratos de Taxa de Juros em R$, cuja RPC subiu 8%.
1
Média da taxa de câmbio que foi referência para os contratos de futuro e opções de câmbio caiu deR$2,155 para R$1,775.
2T102T091T10Var.2T10/2T09Var.2T10/1T101S101S09Var.1S10/1S09
Taxas de Juros em R$1.635,7959,31.605,870,5%1,9%1.621,0910,578,0% Taxas de Câmbio603,5452,6589,833,3%2,3%596,8415,643,6% Índices de Ações99,380,185,224,1%16,6%92,376,420,9% Taxas de Juros em US$84,573,977,914,3%8,5%81,283,2-2,4% Commodities10,19,411,57,2%-12,2%10,89,810,7% Mini Contratos79,551,268,255,2%16,6%73,951,244,4% Balcão10,89,815,39,7%-29,6%13,07,378,0%
Total2.523,41.636,32.453,654,2%2,8%2.489,01.554,060,2%

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->