Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
43Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Contabilidade Custos Gasto, Investimento Custo, Despesa, Perda, Desembolso

Contabilidade Custos Gasto, Investimento Custo, Despesa, Perda, Desembolso

Ratings: (0)|Views: 24,415|Likes:
Published by custoscontabil

More info:

Published by: custoscontabil on Aug 15, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

06/18/2013

pdf

text

original

 
 
GESTÃO DE CUSTOS
GASTO, INVESTIMENTO, CUSTO, DESPESA, PERDA, DESEMBOLSOA contabilidade de custos utiliza-se terminologias específicas, algumas genéricas (como gastos,perdas e desembolso) e outras específicas (como custos e despesas).
GASTOGastos
são sacrifícios financeiros com os quais uma organização, uma pessoa ou um governo,têm que arcar a fim de atingir seus objetivos, sendo considerados esses ditos objetivos, aobtenção de um produto ou serviço qualquer, utilizados na obtenção de outros bens ou serviços.Todo sacrifício financeiro que implique desembolso imediato ou futuro de recursos (capital) daempresa é considerado um gasto.O gasto pode ser um investimento, custo ou despesa.
INVESTIMENTO
São gastos ativados (classificados no ativo), que gerarão suporte tecnológico, estrutural eoperacional, em função da utilidade futura de bens ou serviços obtidos. Ou seja, ativado emfunção de sua vida útil ou benefícios atribuíveis a futuros períodos.
Exemplo:
Aquisição de máquinas e equipamentos, móveis, ferramentas, etc.“Investimento – Gasto ativado em função de sua vida útil ou de benefícios atribuíveis a futuro(s)período(s).” (MARTINS, 2003)
CUSTO
Custo é um gasto relativo ao bem ou serviço utilizado na produção de outros bens ou serviços.
Exemplo:
Matéria prima utilizada na formação do produtoDe acordo com a NPC 2 do IBRACON, “
Custo é a soma dos gastos incorridos e necessários para a aquisição, conversão e outros procedimentos necessários para trazer os estoques à suacondição e localização atuais, e compreende todos os gastos incorridos na sua aquisição ou produção, de modo a colocá-los em condições de serem vendidos, transformados, utilizados naelaboração de produtos ou na prestação de serviços que façam parte do objeto social daentidade, ou realizados de qualquer outra forma.”Segundo Martins (2003) “Custos representam os gastos relativos a bens ou serviços utilizadosna produção de outros bens ou serviços. Portanto, estão associados aos produtos ou serviços produzidos pela entidade”.
DESPESA
Todos os bens ou serviços consumidos na manutenção de atividades operacionais e na obtenção
 
 de receitas, não vinculadas á produção de bens e serviços.
Exemplos:
Comissão de representante sobre as vendas efetuadas, folha de pagamento do pessoaladministrativo (contabilidade, finanças, vendas).“Despesas – Bem ou serviço consumido direta ou indiretamente para obtenção de receitas”.(MARTINS, 2003)
PERDA
São gastos incorridos de forma anormal e inesperada, de forma que não compreende o processorotineiro da empresa.Martins (2003) diz que,
“Não se confunde com despesa (muito menos com o custo), exatamente por sua característica de anormalidade, e involuntariedade; não é um sacrifício feito comintenção de obtenção de receita.
[  
...
 ] 
.”
 São considerados como perda aqueles que não são previstos, como: incêndio, desabamento,atentados e etc..
DESEMBOLSO
Pagamento resultante da aquisição do bem ou serviço. Pode ocorrer antes, durante ou após aentrada da utilidade adquirida, portanto defasada ou não do gasto.Segundo Martins (2003
), “Desembolso consiste no pagamento do bem ou serviço,independentemente de quando o produto ou serviço foi ou será consumido
.”CUSTEIO INDÚSTRIALO custo de produção do período (CPP) é a totalidade de custos incorridos na produção durantedeterminado período de tempo. É compostos por três elementos: materiais diretos, mão-de-obradireta e custos indiretos de fabricação1.
 
 Materiais Diretos (MD)
- referem-se se a todo material que se integra ao produto acabadoe que possa ser incluído diretamente no calculo do custo do produto. Ex.: matéria-prima,insumos secundários, material de embalagens.2.
 
 Mão-de-Obra Direta (MOD)
- é o custo de qualquer trabalho executado no produtoalterando a forma e natureza do material de que se compõe. Ex.: gasto total com sálariose encargos com a mão-de-obra apropriável diretamente ao produto.3.
 
Custo Indiretos de Fabricação (CIF)
- ou Gastos Gerais de Fabricação ou DespesasIndiretas de Fabricação são os outros demais custos necessários para a operação dafábrica, porém genéricos demais para serem apropriados diretatamentos ao produto. Ex.:materiais indiretos, mão-de-obra indireta, energia elétrica, seguro e aluguel da fábrica,depreciação de máquinas.Estes custos também podem ser classificados da seguinte forma:1.
 
Custos Diretos e Indiretos
- dizem respeito ao relacionamento entre o custo e o produtofeito: Os primeiros são fáceis, objetivos e diretamente apropriáveis ao produto feito. Os
 
 indiretos precisam de esquemas especiais para a alocação, tais como bases de rateio,estimativas, etc.2.
 
Custos fixos e variáveis
- são classificações que não leva em consideração o produto, esim o relacionamento entre o valor total do custo num período e o volume de produção.Fixos, como o próprio nome diz, são custos que mantém um montante fixado não emfunção das oscilações na atividade. Por outro lado, os variáveis são os que têm seu valordeterminado em função dessa oscilação.CUSTOS DIRETOSÉ aquele que pode ser identificado e diretamente apropriado a cada tipo de obra a ser custeado,no momento de sua ocorrência, isto é, está ligado diretamente a cada tipo de bem ou função decusto. É aquele que pode ser atribuído (ou identificado) direto a um produto, linha de produto,centro de custo ou departamento.Não necessita de rateios para ser atribuído ao objeto custeado.Ou ainda, são aqueles diretamente incluídos no cálculo dos produtos.Exemplos de custos diretos:
 
Matérias-primas usados na fabricação do produto
 
Mão-de-obra direta
 
Serviços subcontratados e aplicados diretamente nos produtos ou serviçosOs custos diretos tem a propriedade de ser perfeitamente mensuráveis de maneira objetiva. Oscustos são qualificados aos portadores finais (produtos), individualmente considerados.Conforme Martins (2003, p. 48) “
[
...
]
alguns custos podem ser diretamente apropriados aosprodutos, bastando haver uma medida de consumo (quilogramas de materiais consumidos,embalagens utilizadas, horas de mão-de-obra utilizada e até quantidade de forca consumida).”Os CUSTOS DIRETOS constituem todos aqueles elementos de custo individualizáveis comrespeito ao produto ou serviço, isto é, se identificam imediatamente com a produção dosmesmos, mantendo uma correspondência proporcional. Um mero ato de medição é necessáriopara determinar estes custos.CUSTOS INDIRETOSÉ aquele que não se pode apropriar diretamente a cada tipo de bem ou função de custo nomomento de sua ocorrência. São aqueles apropriados aos portadores finais mediante o empregode critérios pré-determinados e vinculados a causas correlatas, como mão-de-obra indireta,rateada por horas/homem da mão de obra direta, gastos com energia, com base emhoras/máquinas utilizadas, etc.Atribui-se parcelas de custos a cada tipo de bem ou função por meio de critérios de rateio. É umcusto comum a muitos tipos diferentes de bens, sem que se possa separar a parcela referente acada um, no momento de sua ocorrência. Ou ainda, pode ser entendido, como aquele custo quenão pode ser atribuído (ou identificado) diretamente a um produto, linha de produto, centro decusto ou departamento. Necessita de taxas/critérios de rateio ou parâmetros para atribuição aoobjeto custeado.

Activity (43)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Nany Sodré liked this
Waylord22 liked this
Phelipe Ferreira liked this
Vanessa Kelly liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->