Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
16Activity
P. 1
Dion Fortune - As Ordens Esotericas e seu Trabalho

Dion Fortune - As Ordens Esotericas e seu Trabalho

Ratings: (0)|Views: 3,082|Likes:
Published by frateraec

More info:

Published by: frateraec on Aug 18, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/20/2013

pdf

text

original

 
 1
Biblioteca Esotérica Virtualhttp://www.pgem.hpg.com.br
 
AS ORDENS ESOTÉRICAS E SEU TRABALHO
 Dion Fortune
 
SUMÁRIO
INTRODUÇÃO.............................................................2
 
ESOTERISMO, OCULTISMO E MISTICISMO.....................................4
 
A ORIGEM DOS MISTÉRIOS.................................................6
 
AS TRÊS GRANDES TRADIÇÕES..............................................8
 
OS CAMINHOS DA TRADIÇÃO OCIDENTAL.....................................14
 
A EVOLUÇÃO E A FUNÇÃO DOS MESTRES.....................................20
 
O TREINAMENTO E O TRABALHO DE UM INICIADO.............................26
 
AS ESCOLAS OCULTAS....................................................30
 
ORDENS, FRATERNIDADES, GRUPOS.........................................34
 
O USO E O PODER DO RITUAL.............................................40
 
JURAMENTOS E OBRIGAÇÕES...............................................42
 
OS CAMINHOS DIREITO E ESQUERDO........................................46
 
PROCURANDO O MESTRE...................................................49
 
A ESCOLHA DE UMA ESCOLA OCULTA........................................59
 
O CAMINHO DA INICIAÇÃO................................................62
 
pG9@gmx.netcadppus@yahoo.com
 
 2
INTRODUÇÃO
Em todos os tempos, e entre todas as raças, tem existido uma tradiçãoreferente a certas escolas esotéricas, ou fraternidades, onde umconhecimento secreto, desconhecido da maioria da humanidade, podia serapreendido, e cuja admissão era obtida através de uma iniciação, na qualos testes e o ritual tinham a sua parte. Quem quer que estejafamiliarizado com a literatura do folclore e da Antropologia, sabe queessa crença existe entre povos primitivos, dos esquimós do Círculo Árticoaos mineiros indígenas da Terra do Fogo. Quem quer que tenha estudadohistória também sabe que isso prevaleceu desde a primeira aurora dacultura humana. Hoje, nos centros do mundo civilizado, essa crença aindaestá viva e, embora possa ser ridicularizada pelos que têm mentalidadeortodoxa, um observador imparcial não pode deixar de notar que alguns doshomens mais nobres estiveram entre os seus defensores, e que asinteligências mais criativas têm, quase sem exceção, dado testemunho deuma fonte de inspiração vinda do Invisível.É difícil acreditar que esse rumor pudesse se difundir tão amplamente epudesse manter tão longa existência se fosse inteiramente destituído defundamento; ademais, o fato de ter ele a mesma forma entre raças que nãotiveram relacionamento umas com as outras, tal como os egípciosprimitivos e os primitivos mexicanos, é prova maior em favor dessaverdade. Não é possível demonstrar, àqueles que estão fora dos limites, aexistência de organizações como aquelas a que nos referimos, porque,desde que haja a revelação dos seus segredos, vem, com isso, aobrigatoriedade do silêncio. É permissível, contudo, dar informaçõessuficientes para capacitar aquele que busca com ardor discernir o caminhopelo qual pode aproximar-se da entrada de uma ou de outra dessas escolas,e, com esse propósito, o ensinamento que se segue, concernente às ordensesotéricas e às suas funções, é colocado diante do leitor, embora asprovas das declarações aqui contidas devam ser recusadas, até que ele setenha qualificado para recebê-las.As diferentes escolas de ocultismo declaram-se detentoras de uma ciênciatradicional, secreta, a elas comunicada, em primeiro lugar, pelosfundadores divinos, e enriquecida e revisada, de tempo em tempo, porgrandes mestres. Essa ciência refere-se ao estudo das causas que estãopor trás dos fenômenos perceptíveis, e os condicionam. Depois de testespreliminares quanto ao caráter e à aptidão, as fraternidades ocultasestão preparadas para transmitir a teoria dessa ciência aos candidatosaceitos, e, subsequentemente, transmitir também os poderes para seu usoprático, por meio das iniciações rituais. São essas, em resumo, asafirmações feitas em favor das escolas esotéricas, por aqueles que estãoem condição de falar por elas.Frequentemente, e com muita razão, pergunta-se por que as sociedades queconfessam terem sido formadas para servir a humanidade, e têmensinamentos tão valiosos a dar, não se comunicam livremente com todos osque as procuram. Não deveriam, ademais, estar antes fazendo propagandaativa do seu trabalho, a fim de induzir as pessoas a procurá-las e acompartilhar da sua sabedoria, e não, como parece estarem fazendo,esconderem-se como que procurando todos os recursos possíveis para evitarobservação e impedir que sejam descobertas por aqueles que aprenderiamcom elas?A resposta a essa pergunta será encontrada quando a natureza da ciênciaoculta for compreendida. O caso refere-se aos poucos conhecidos poderesda mente humana, e a certos aspectos pouco compreendidos da Natureza. Se
pG9@gmx.netcadppus@yahoo.com
 
 3as pesquisas quanto a esses assuntos fossem puramente teóricas, nãohaveria necessidade de guardar suas descobertas tão cuidadosamente, mas oconhecimento dos fatos assim descobertos revela imediatamente suasaplicações práticas. O conhecimento confere poder nesse campo depesquisa, ainda mais do que nos campos explorados pela ciência ortodoxa,porque o poder que se faz assim disponível é o poder da mente, e osefeitos do uso desse poder são de tão grande alcance, para o bem comopara o mal, que não é coisa para ser levianamente confiada às mãos dequalquer ser humano. Tal como a lei sobre drogas perigosas restringe acompra e a administração de drogas fortes, os que são os guardiões desseantigo conhecimento tradicional procuram salvaguardar o seu uso. Sendo denatureza tão sutil, é impossível evitar os abusos se ficarem em mãosinescrupulosas; portanto, seus guardiões fazem tudo quanto lhes épossível para que tais pessoas não tenham acesso a ele. Daí as restriçõesque cercam o seu ensinamento. Tais restrições, entretanto, não são maisseveras do que as que se fazem na prática da medicina, para a qual cincoanos de pesado aprendizado são necessários. Estamos, contudo, tãohabituados a ver o ensino espiritual dado livremente, a ouvir o chamado:"Olá! Todos os que têm essa sede, venham às Aguas da Vida e bebamlivremente", que não podemos entender o sistema que recusa qualquer fluxosaído de tal fonte aos que estão sedentos.A razão está no fato, que não pode ser muito claramente entendido pelospresumíveis neófitos, de que a ciência oculta é uma coisa mental, nãoespiritual, não é boa nem má em si mesma, mas só na forma pela qual éusada. É poderosa, tanto para o bem como para o mal, pode salvar almasdas quais nenhum outro meio pode aproximar-se, e também pode, mesmo semmá intenção, destruí-las. Não é brinquedo de criança, e são poucos os queestão preparados para o caminho que leva às alturas. Não obstante, paraos que podem aventurar-se por ele é uma nobre procura para a alma, umaverdadeira cruzada contra os Poderes das Trevas e a iniquidade espiritualem altas regiões. Nos lugares ocultos do mundo, bem pouco suspeitadospelos que não estiveram face a face com eles, é que homens e mulheres decoragem, força, e o conhecimento indispensável são necessários paratratar com eles.O treinamento dado nas escolas ocultas destina-se a preparar o adepto, umser humano que, pelo exercício intensivo, elevou-se acima dodesenvolvimento comum da humanidade, e está dedicado ao serviço de Deus.Certo trabalho, em conexão com a evolução e com o desenvolvimentoespiritual e a salvaguarda das nações, é empreendido por homens emulheres altamente treinados, embora seu trabalho nunca seja visto e olocal de treinamento jamais se faça conhecido. Seu treinamento real, podedizer-se, é feito nos Planos Interiores, e só o treino preliminar, que osprepara para as Escolas Ocultas, tem lugar nos planos físicos. APercepção é preparada para a sua Grande Busca, e aventura-se, sozinha,pelo Invisível.Não se pode dizer muito mais em relação a esse treinamento, e não muitosestão aptos para ele, mas foi dito o bastante para alimentar opensamento.
pG9@gmx.netcadppus@yahoo.com

Activity (16)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
AlegnaMary liked this
Sonia Oliveira liked this
Pitter Sun liked this
AlegnaMary liked this
Gudye liked this
jose_mairena liked this
Gudye liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->