Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
31Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Biologia - Pré-Vestibular Impacto - Genética - Conceitos Básicos

Biologia - Pré-Vestibular Impacto - Genética - Conceitos Básicos

Ratings:

4.58

(12)
|Views: 8,491 |Likes:
Published by Biologia Impacto

More info:

Published by: Biologia Impacto on Jun 25, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/09/2014

pdf

text

original

 
MA060208
CONCEITOS BÁSICOS
 
Frente: 01 Aula: 01PROFº: RINALDO BARRAL
A Certeza de Vencer 
FAÇOIMPACTO
A CERTEZA DE VENCER!!! 
   F  a   l  e  c  o  n  o  s  c  o
    w    w    w .    p    o    r     t    a     l     i    m    p    a    c     t    o .    c    o    m .     b    r
 
    E    N    S    I    N    O     M    É    D    I    O   -    2    0    0    8
 
O Conceito de herança biológica
s seres vivos herdam de seus pais ascaracterísticas básicas de sua espécie, além decaracterísticas individuais, isso constitui achamada
herança biológica,
ou
hereditariedade.
O que são genes?
Na realidade, o que herdamos de nossos pais não sãopropriamente as características, e sim informações para produzi-las. Essas informações são os
genes
(do grego
genos,
origem),transmitidos de pais para filhos pêlos gametas
. Um gene é umsegmento de uma molécula de DNA, o principal constituintedos cromossomos.
Se a molécula de DNA que constitui umcromossomo fosse comparada a uma fita magnética cominformações gravadas em sequência, cada informação seria umgene.
 A Relação entre genótipo e fenótipo
 
As características observáveis de um ser vivoconstituem seu
fenótipo
(do grego
phenos,
evidente,
e typos,
característica). A cor das flores, o tipo de folha de uma planta, acor da pelagem de um cachorro, o tipo sanguíneo de umapessoa etc. são exemplos de características fenotípicas. Já ostipos de genes que um indivíduo possui constituem seu
genótipo
(do
grego genos,
origem, e
typos,
característica).Quando dizemos, por exemplo, que uma planta possui genespara produzir flor vermelha, ou que uma pessoa possui genespara olhos castanhos, estamos nos referindo ao seu genótipo.Os cientistas concluíram que
o fenótipo resulta dainteração entre o genótipo e o ambiente.
Por exemplo, duaspessoas com exatamente os mesmos genes para cor da peleterão diferentes fenótipos (pele mais clara ou mais escura),dependendo do tempo que cada uma delas fica exposta ao sol.Outro exemplo que mostra bem o papel do ambiente naexpressão dos genes é a reação da pelagem de certos animaisà temperatura. Coelhos da raça himalaia e gatos siameses, porexemplo, apresentam um tipo de constituição genética que fazos pêlos serem mais escuros nas extremidades do corpo(focinho, orelhas, patas e cauda). Isso ocorre porque, nessesanimais, o gene que controla a produção de pigmento dos pêlosse expressa de maneira diferente dependendo da temperatura.Nas extremidades corporais, em que a temperatura é mais baixadevido à perda de calor por irradiação, o gene é ativo edetermina a produção de pigmento, tornando os pêlos escuros.Nas outras partes do corpo, em que a temperatura érelativamente alta, o gene em questão não funciona e, como nãoocorre produção de pigmentos, os pêlos são mais claros.
 Alelos: as diferentes formas de um gene
 
Um organismo com reprodução sexuada, como umaplanta ou um animal, recebe, de cada um de seus genitores, umconjunto completo de genes, característico da espécie. Assim,
cada indivíduo apresenta duas cópias de cada gene, uma deorigem materna, outra de origem paterna.
As "versões" materna e paterna de cada genepodem não ser idênticas. Um gene que determina a corda pelagem em ratos, por exemplo, ocorre em duasversões, uma que condiciona pelagem marrom e outraque condiciona pelagem branca; um gene para cor da florda planta boca-de-leão também ocorre em duas versões,uma que determina flores vermelhas e outra quedetermina flores brancas; na espécie humana, um geneque determina o tipo de lobo da orelha também possuiduas versões, uma para lobo preso ou aderente (grudadoao rosto) e outra para lobo solto ou livre. As diferentesversões de um gene são chamadas
alelos.
 
Indivíduos homozigóticos e indivíduosheterozigótiços
 
Um indivíduo que apresenta dois alelos idênticosde um gene é chamado
homozigótico
ou
puro
. Umindivíduo que apresenta dois alelos diferentes do gene échamado
heterozigótico
ou
híbrido.
Ex. AA, Aa
Relação entre genes e cromossomos
 
Conceito de Genoma:
O conjunto completo de genes de uma espécie é seu
 genoma.
O tamanho do genoma, em termos de número degenes, varia entre as espécies. O genoma humano, porexemplo, tem entre 30 mil e 40 mil genes; o genoma dopequeno verme
Caenorhabditis elegans 
tem pouco mais de18.400 genes; o do arroz
(Oryza salina)
tem cerca de 50 milgenes, o da planta
Arabidopsis thaliana 
tem 25.498 genes, e oda bactéria
Xylella fastidiosa 
tem pouco menos de 2.800 genes.
Cromossomos e gene
 
Os genes são segmentos de moléculas
 
de
DNA
(ácidodesoxirribonucléico); em geral, uma única molécula de DNAcontém milhares de genes diferentes, que se distribuem aolongo de seu comprimento. Por exemplo, os 4.289 genes queconstituem o genoma da bactéria
Escherichia coli 
fazem partede uma única molécula circular de DNA, que constitui ocromossomo bacteriano.O genoma das espécies de organismos eucarióticos(protozoários, algas, fungos, plantas e animais) distribui-se pordiversas moléculas de DNA contidas no núcleo celular, cadauma constituindo um
cromossomo.
O genoma da espéciehumana, por exemplo, constitui-se de 24 moléculas de DNA,que formam os 22 autossomos (cromossomos que não variamentre homens e mulheres) mais os cromossomos sexuais X e Y.No arroz, o genoma está distribuído em 12 cromossomos.
Cromossomos Homólogos
 
Nos organismos diplóides, os dois cromossomos de umpar vieram, respectivamente, um da mãe e outra do pai. Elessão equivalentes, tendo mesmo tamanho, centrômero namesma posição relativa e os mesmo tipos de genes, distribuídosexatamente nas mesmas posições. Devido a essa semelhança,os cromossomos de um par são chamados
cromossomoshomólogos
. Por exemplo, uma célula diplóide humana tem 23pares de cromossomos homólogos, totalizando 46cromossomos (os cromossomos sexuais X e Y presentes noshomens não constituem um verdadeiro par, pois alguns de seusgenes são alelos).A posição que determinado gene ocupa em um cromossomo éseu
lócus gênico.
Os cromossomos de um par de homólogostêm, portanto, os mesmos lócus gênicos, ou seja, tê genesequivalentes situados nas mesmas posições elativas. Comovimos, um gene pode se apresentar em duas ou mais formas,ou alelos. Assim, os cromossomos de um par podemapresentar, e determinados lócus, alelos diferentes, condiçãodenominada heterozigótica
 
O

Activity (31)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Yara Vieira added this note
muito bom achei oq eu procurava ....
Alesson Duarte liked this
Jullya Lima liked this
Mateus Ghomez liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->