Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
24Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
História - Pré-Vestibular Impacto - Independência das 13 Colônias Inglesas na América I

História - Pré-Vestibular Impacto - Independência das 13 Colônias Inglesas na América I

Ratings:

4.86

(7)
|Views: 31,805|Likes:
Published by História Qui

More info:

Published by: História Qui on Jun 26, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

08/18/2013

pdf

text

original

 
KL 140208
 
INDEPENDÊNCIA DAS 13 COLÔNIAS
FAÇO IMPACTO
 
A CERTEZA DE VENCER!!! 
 
PROFº: PANTOJA
   F  a   l  e  c  o  n  o  s  c  o
    w    w    w .    p    o    r     t    a     l     i    m    p    a    c     t    o .    c    o    m .     b    r
    V    E    S    T    I    B    U    L    A    R   –    2    0    0    9
 
CONTEÚDO
A Certeza de Vencer 
02
3
A independência das treze colônias inglesas naAmérica, ocorrida em 1776, foi bastante significativa nocontexto da crise do Antigo Regime, pois foi o primeiromovimento de independência das colônias americanas. Aindependência dos Estados Unidos também é chamada peloshistoriadores de Revolução Americana.A colonização inglesa não foi uniforme. Como sesabe, nas colônias do centro e do norte desenvolveu-se apolicultura, com base no trabalho livre e na pequenapropriedade. Houve o desenvolvimento da atividademanufatureira, apesar das proibições inglesas.Na área meridional, a situação era diferente. Ascolônias prestavam-se à produção de gêneros altamenteprocurados no mercado europeu. Desenvolveu-se a grandepropriedade, com base na escravidão, monocultura edependente do mercado externo. Assim, enquanto no centroe no norte encontrava-se uma maior diversidade social(profissionais liberais, burguesia comercial e inanufatureira,pequenos proprietários), no sul existia uma rica aristocraciarural exportadora e uma grande quantidade de escravos.Os colonos dispunham de assembléiasrepresentativas e imperava o princípio do "self-govemment",em grande parte estimulado pela própria Coroa inglesa, queadotava a política de "negligência salutar" para com as colônias. Com o passar do tempo, os interesses dos colonos passaram adivergir dos interesses da metrópole.Por volta de meados do século XVIII a maturidade econômica das colônias atingiu um nível elevado. Os navios doscolonos chegaram a fazer concorrência ao poderio mercantil e naval dos ingleses. Foram desenvolvidos os triânguloscomerciais, que envolviam o comércio das colônias, Antilhas, África e mesmo a Europa.A Guerra dos Sete Anos (1756-1763), travada entre a França e a Inglaterra, e que terminou com a vitória desta última,alterou substancialmente as relações entre a metrópole e a colônia. A guerra estendeu-se à América, com lutas entre colonosingleses e franceses. Os colonos adquiriram experiência militar, o que mais tarde seria útil nas lutas contra a própria Inglaterra.É importante considerar um outro aspecto. Em função da grave crise econômico-financeira que afetou a Grã-Bretanha, comoresultado do prolongado conflito com a França e outros países, o Parlamento decidiu abandonar a Política de NegligênciaSalutar, que norteou a colonização inglesa. Assim, através de leis restritivas, o governo britânico tentou impor uma rígidapolítica mercantilista, com o objetivo de aumentar as taxas e os direitos da Coroa.Em 1764 e 1765, foram aprovadas pelo Parlamento inglês a Lei do Açúcar e a Lei do Selo, respectivamente. A primeiraimpunha uma taxa aos produtos que não viessem das Antilhas Britânicas e listava outros tantos produtos que só poderiam serexportados para a Inglaterra. A segunda exigia a selagem dos documentos oficiais e legais. Os Atos Townshend, de 1767,impuseram impostos sobre as mercadorias importadas. Em 1773, o monopólio do comércio do chá foi dado às companhiasinglesas através da Lei do Chá. A reação dos comerciantes americanos se traduziu na destruição do chá que foi tirado dosnavios ancorados no porto de Boston.Em 1774, o Parlamento votou as Leis Intoleráveis, que estabeleciam o fechamento do porto de Boston e exigiam aindenização pela perda da carga de chá. Estas leis determinaram a convocação do Primeiro Congresso Continental da Filadélfia,que pediu a revogação das leis. A crise se aprofundou quando o rei da Inglaterra declarou que os atos dos colonos podiam serclassificados como de rebeldia. O panfleto de Paine (Bom Senso) incentivou os colonos a lutarem pela liberdade. O CongressoContinental de Filadélfia decretou a separação dos Estados Unidos. A guerra de independência se estendeu até 1781, Durante aGuerra da Revolução, um oficial britânico capturado passou algum tempo na plantação do Coronel Thomas Mann Randolph,um dos líderes da pequena nobreza virginiana. O inglês descreveu, com uma nota de repulsa, a chegada de três fazendeiros,membros da milícia local — a maneira como eles puxaram as cadeiras para perto da lareira, descalçaram suas botas lamacentase começaram a cuspir.Randolph explicou que esse tipo de comportamento demonstrava “o espírito de independência” na América. E, sem dúvida,qualquer americano que "pegasse em armas" durante a Revolução considerava-se a si próprio tão bom quanto qualquer dosseus vizinhos.

Activity (24)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Márcia Bernardo liked this
Itamara Santos liked this
Jonas Prado liked this
Diego Baia liked this
Ana Martins liked this
Yara Silva liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->