Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
25Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Do Estatuto Das Cidades Ao Plano Diretor

Do Estatuto Das Cidades Ao Plano Diretor

Ratings: (0)|Views: 2,284 |Likes:
Published by henriquembranco

More info:

Published by: henriquembranco on Aug 31, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/21/2013

pdf

text

original

 
“Do Estatuto das Cidades ao Plano Diretor: apresentação de um modeloDemocrático de gestão urbana na Cidade de Belém”
Carlos Henrique Marinho Branco*henriquembranco@gmail.com
Resumo:
Este artigo visa apresentar o processo de implementação do Plano Diretor de Belém esuas propostas de intervenção teórica na lógica produção do espaço urbano municipal. No bojo desse artigo buscou-se apresentar o caráter democrático do Plano Diretor Urbano de Belém a partir do entendimento do debate feito no processo de construção domesmo. Ao longo do trabalho apresentamos fundamentações teóricas no que dizrespeito ao entendimento de diversos autores sobre a questão do espaço urbano e ascidades, procurando travar debate com estes e a relação ao ato de planejar esses espaços.
Palavras-Chave:
Planejamento urbano, Gestão Local, Espaço urbano,Desenvolvimento, Políticas Públicas.
Abstract:
This article aims to discuss the process of implementing the Master Plan of Bethlehemand its implications for the production of the municipal urban space. In the midst of thisdiscussion trying to discuss the democratic character of the Master Plan for UrbanBethlehem from the understanding of the debate made in the process of constructing thesame. Throughout the work presenting theoretical arguments regarding theunderstanding of various authors on the issue of urban areas and cities, looking for halting debate with them and respect the act of planning these spaces.
Keywords:
Urban Planning, Local Management, Space urban, Development and PublicPolicy. __________________________ *
Professor de geografia, especialista em geografia da Amazônia: Sociedade e gestão dos recursosnaturais.
 
Do Estatuto da Cidade
1
ao Plano Diretor: apresentação de um modelodemocrático de gestão urbana na cidade de Belém
.
1 - Considerações Iniciais:
As geses municipais m enfrentado enormes desafios na regulação eorientação da produção do espaço da cidade e na promoção do desenvolvimento sócio-econômico. Belém, como em grandes cidades brasileiras, o crescimento se realiza semque haja um adequado ordenamento, dificultando as respostas às demandas dos diversosatores sociais que interagem na cidade, comprometendo assim, a perspectiva deconstrução de uma cidade mais justa e igualitária, no que diz respeito ao acesso de seusmoradores aos equipamentos urbanos.O presente artigo faz referência a um novo modelo de gestão do espaço urbanono Brasil: a implementação do Estatuto da Cidade, criado em 2001, pelo Ministério dasCidades apresentou uma nova etapa, no que diz respeito à utilização, a finalidade e omodelo de gestão dos espaços urbanos brasileiros. Aliados a isso, o Plano Diretor (PD),a lei municipal que estabelece regras para o crescimento e o funcionamento dacidade. Seu objetivo é a organização da cidade para que o interesse coletivo prevaleçasobre o interesse individual ou de um determinado grupo. Trata-se de uma forma legalde garantir a função social da cidade e da propriedade, através da justa distribuição entreos moradores dos benefícios e dos custos dos investimentos municipais, conforme prevêo Estatuto da Cidade e, por conseguinte, o Plano Diretor. Áreas metropolitanas como ade Belém, e outras cidades de médio porte agregaram a maior parte da populaçãoregional. No Pará, 66,51% da população reside em áreas urbanas. São 4.116.378 pessoas, de um total de 6.189.550 habitantes, com uma densidade demográfica de 4,96hab/km², segundo o Censo 2000/IBGE:
Belém é uma das metrópoles brasileiras e a maior cidade da Região Norte.Sua região metropolitana é composta por seis munipios (Belém,Ananindeua, Marituba, Benevides, Santa Bárbara e Barcarena, este últimorecém incorporado a RMB) totalizando 1.794.981 habitantes, sendo que amaioria da população reside em zonas urbanas. Apenas o Município deBelém possui 1.279.861 habitantes.
1
 
O Estatuto das Cidades foi criado pelo Ministério das Cidades sob a Lei Federal n° 10.257, de10/07/2001. O referido Estatuto visa coordenar a implementação de políticas de sustentabilidade nosmunicípios brasileiros, implementando ferramentas como o Plano Diretor.
 
O Município de Belém está dividido em oito Distritos Administrativos e 71 bairros, com um território de 50.582,30 ha, sendo a porção continental correspondente a17.378,63 ha ou 34,36% da área total, e a porção insular composta por 39 ilhas, quecorrespondem a 33.203,67 ha ou 65,64%. O contingente populacional na área urbanarepresenta uma taxa de urbanização muito superior à observada para o conjunto daAmazônia e para o Estado do Pará. Atualmente, Belém apresenta uma densidadedemográfica de 1.201,39 hab./km². (CODEM, 2000).O crescimento e a expansão urbana do Município também podem ser notadosatravés do aumento de unidades imobiliárias cadastradas em sua área urbana, conformelevantamento do Cadastro cnico Multifinalitário CTM. Em 1970 estavamcadastradas 120.000 unidades. Atualmente existem 362.064 cadastros. Isto se refletetambém na taxa de urbanização do Município que atinge cerca de 99,53%, segundodados do Censo 2000. A concentração de grande parte da população ocorre onde aaltitude da porção continental acha-se em áreas de cotas inferiores ou iguais a 4 metros,espaços tradicionalmente conhecidos por “baixadas”. Por apresentarem cotas inferioresa 4 metros, estas áreas sofrem influência das 14 bacias hidrográficas existentes noMunipio, o que lhes imem a condão de ocuparem terrenos alagados permanentemente, ou sujeitos a inundação periódica. (ANDRADE, 2002).A realidade sócio-econômica de Belém está pontuada através de estrutura produtiva na quais as atividades do comércio e serviços se apresentam como as maisimportantes alternativas de emprego e renda para a população. Além disso, a capitalconcentra grande parte das atividades produtivas do setor tercrio do Estado.Importante lembrar que essa estrutura é fruto do processo histórico de inserção daregião na evolução da economia nacional e mundial.De acordo com os dados da RAIS – Relação Anual de Informações Sociais – Ministério do Trabalho, para o período 1998 a 2002, e fazendo uma análise muitosucinta do número de empreendimentos legalmente instalados em Belém, observa–seque o número de empresas existentes na capital cresceu 14,39%, enquanto que naRegião Metropolitana de Belém e no Estado, essa evolução foi de 19,30% e 37,23%respectivamente. com relação ao comportamento da administração pública, asatividades econômicas que apresentaram melhor desempenho foram o comércio com19,69%, a constrão civil com 13,86% e os servos de apoio industrial queregistraram um desempenho positivo de 13,86%.

Activity (25)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Alames Fabian liked this
Andréa Carmo liked this
Evandro Ladislau liked this
Paulinha Freire liked this
Raimundo Souza liked this
Tiane Fiorin liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->