Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
10Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Cinco Passos para a Libertação

Cinco Passos para a Libertação

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 615|Likes:
Published by Patricia Kenney
Existem apenas cinco passos para nos libertar da dor, da angústia, da ansiedade e do medo. Conhecendo-os e exercitando-os, nossas vidas podem mudar por completo.
Existem apenas cinco passos para nos libertar da dor, da angústia, da ansiedade e do medo. Conhecendo-os e exercitando-os, nossas vidas podem mudar por completo.

More info:

Published by: Patricia Kenney on Aug 31, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/14/2013

pdf

text

original

 
Cinco Passos para a Libertação
Por Patrícia kenney
1)
 
Não resistência- Aceitação
A
ceitação é a primeira e mais importante ação libertadora. Nunca é fácil aceitar aquilo que nãoqueremos experimentar na vida, ou conviver com quem não queremos ter por perto, ou lidarcom situações de conflito. Ninguém gosta disso e muitas vezes nos perguntamos como nosmetemos nessa. Não resistir é inaceitável para o ego, cuja primeira reação é sempre negar,fugir ou atacar e isso acontece porque, no seu entender, o que quer que seja que ele tenha queenfrentar parte de algo separado de si mesmo.
A
lém disso, o ego tem um forte apeloprimitivo de sobrevivência, portanto não é ao ego que devemos pedir que aceite uma situação,mas a alguém mais elevado e só seremos capazes de alcançar esse eu superior e, finalmente,não resistir a uma situação, quando formos aptos de compreender o todo.Depois de entendermos o processo de libertação e soubermos aplicá-lo na nossa vida, a
ACEITAÇÃO
passa a ser a ÚN
ICA
ação necessária, pois libertos somos capazes de até encarar odesafio com uma ponta de curiosidade, e nos perguntar:
O
que será que o Universo quer memostrar com isso?
A
ceitação também significa parar e olhar para sua vida e dizer:
ISSO (a situação) é o que existenesse momento,
 por enquanto
.
E, o que me perturba é uma interpretação equivocada da presença de Deus e, portanto, de uma forma que eu ainda não entendo
...
ISSO não é real!
uando eu digo erro de interpretação, não quero dizer que o que lhe parece ruim deva servisto como bom  de forma alguma!
A
verdade é que Deus, sendo
T
udo, perfeito, abundante ebom, jamais poderia aparecer de outra forma, e o que está a sua frente só pode ser uma visãodistorcida. Por exemplo, se você luta contra uma doença, sabe que está enfrentando um malque parece bem real para você. Mas, se você pode compreender que Deus não pode semanifestar de maneira ruim, então só lhe resta aceitar que esta doença não pode existir defato, mesmo que
p
or enquanto
lhe pareça real.
2)
 
Não julgamento
Não devemos julgar a situação que enfrentamos como boa ou ruim, principalmente porque jásabemos que o ego tem uma visão distorcida do mundo  construída a partir de suas crenças erepertório cultural. Por essa razão, não julgue também o
E
go.É claro que existem extremos que causam muita dor, medo e opressão, mas quanto maisliberta for a sua alma menos você se verá em situações extremas.
A
lém disso, muita gente que já se viu vivendo uma circunstância limite, geralmente sentiu conjuntamente a presença deDeus, porque nesses momentos sabemos que nada podemos fazer, chamamos por ele e nãoraro surgem as condições favoráveis para o que se pode chamar de milagre: o mundo de Deusdemonstrando que o mundo do homem não é tão real quanto ele imagina.Nossos pequenos desafios do dia-a-dia podem ser superados com uma postura de aceitação enão julgamento.
E
ssa atitude leva naturalmente ao desapego, o que nos leva ao terceiro passo.
 
3
)
 
Desa
p
ego
uando surge a aceitação e a capacidade de não fazer julgamentos, nós sentimos naturaldesapego a aquilo que antes parecia extraordinário, e o que lhe roubava a paz de espírito passaa ocupar o seu devido lugar. É apenas uma circunstância do mundo da forma, do que émanifesto, e sendo algo que pertence ao tempo e ao espaço, é passageiro  não vai durar parasempre, mesmo que lhe pareça assustador nesse momento.
T
ambém é algo que não diz quemvocê é, nem pode afetar seu verdadeiro ser.
C
om o desapego você se projeta para fora e surge uma distância, um espaço entre você e asituação.
E
sse espaço vazio é ocupado por aquilo que não é manifesto, um aparente nada quena verdade é ocupado pela consciência  você se expande  coloca o seu ego/ser material deum lado, a situação do outro e ocupa essa distância com sua consciência observadora.
A
o criaresse espaço, enfim, você deixa a consciência entrar  aquela que é UM com Deus e a única quepode fazer manifestar o mundo de Deus na
T
erra.
E
sse espaço vazio é a verdadeira P
AZ
deD
E
US.
(Esse espaço de NÃO SER da consciência está muito mais presente do que você imagina
.
É o mesmonada que permeia e suporta todo o universo, o gigantesco espaço que sustenta todos os planetas e queestá, inclusive, dentro e fora da matéria  uma vastidão de um nada que ampara cada partícula, cujamassa, em última instância é apenas energia  a vontade da Mente que se fez carne
.
Essa Vontade fazcom que tudo se manifeste, surge de um estado de NÃO SER para SER
.
A consciência encarna, sejanuma palavra, sentimento, ação, ou algo material 
.
Nós fazemos isso o tempo todo, porque somoscriadores como Deus, mas é importante ver que podemos criar segundo a mente do ego e, portantoimagem e semelhança deste, OU, podemos criar em conjunto com a mente do Pai, manifestando ummundo que pouco conhecemos ainda
.
 )
4
)
 
Cura
A
presença da consciência permite ver o mundo de outra dimensão  da dimensão do Divino,do não manifesto, Daquele que é eterno, Daquele que é onipresente (por estar em todo lugar),onisciente (porque é a única consciência) e onipotente (porque sendo UM, não tem oponentes,nem oposição, ou seja não tem com que se estressar).
O
único Ser é Deus, que só pode criarsegundo sua imagem e semelhança, só pode criar o bom, o bem e o perfeito.
uando há espaço para a consciência, ela transforma o mundo da forma, corrige imperfeições,faz manifestar na
T
erra o mundo de Deus, produz os chamados milagres que nada mais são doque a correção do erro.
E
rro, este, criado e produzido pelo
E
go humano aprisionado à crençasequivocadas.
5
)
 
P
resença
Seguindo os passos anteriores e compreendendo cada um deles, estaremos 100% presentes.
A
 
C
onsciência do Filho de Deus presente na
T
erra. Viver o agora é tudo o que há.
E
star atento aopresente e ser o observador que vê a vida do lado de fora e tem a capacidade de colher todasas informações possíveis, informações extras que o ego, preso na sua vidinha limitada e tensa,não consegue apreender.Da posição do observador, você cria o espaço necessário para perceber, também, que nãoexiste o passado e o futuro e que essas duas dimensões existem apenas para o ego, que é seupersonagem no tempo/espaço da forma.
O
ego nunca vive o presente, pois o presente é dadimensão do eterno, é o único instante onde Deus pode interferir e onde os milagres podemocorrer.Você só pode sentir a presença de Deus nesse exato instante que é tudo o que existe  o restoé o sonho da forma.

Activity (10)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
jeronimon liked this
Dafne Araújo liked this
Cley Campos liked this
Cari Luiz liked this
Jarl Peixoto liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->